Aulas sobre Batismo

  • View
    2.643

  • Download
    67

Embed Size (px)

Text of Aulas sobre Batismo

IGREJA CRIST MARANATA AULAS DE BATISMO

NDICE

1

AULA AULA

BATISMO (significado, trindade e tipos de batismo) (Antes do batismo) IDOLATRIA (Durante o batismo) MORTE E SEPULTAMENTO (Aps o batismo) RESSURREIO: BNOS, LUTAS E PROVAES CEIA DO SENHOR ARMAS INFALVEIS BBLIA, A PALAVRA DE DEUS BBLIA, A PALAVRA DE DEUS CONSULTA PALAVRA ORAO CLAMOR PELO SANGUE DE JESUS MADRUGADA JEJUM LOUVOR DZIMO DONS ESPIRITUAIS CORPO CULTO PROFTICO HIERARQUIA NA IGREJA

2 3 4 5 6 7 8 9

AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA AULA

10 11 12 13 14 15 16 17 18 19

1 AULA - BATISMOO catecmeno (candidato ao batismo) deve compreender a carreira crist por que se definiu. Primeiramente, deve visualizar a vida at o momento de ser mergulhado. Em seguida, reconhecer o porqu de seu corpo ser imerso. E enfim, aprender a agir no perodo entre o emergir e o arrebatamento da igreja. I CONCEITO DE BATISMO BATISMO = Mergulho. O batismo se realiza pela imerso completa. H casos em que o batismo feito por asperso, como a enfermos ou idosos, cuja condio os impossibilite de descer s guas. II POR QUE BATIZAR? uma ordenana de Jesus para quem cr no Seu nome. (Mt 28:19). III QUEM PODE? O novo testamento ensina que quem, arrependido dos seus pecados, sinceramente confessar a Jesus como seu nico Salvador e definir-se por seguir a Jesus, pode receber o batismo cristo (At 8:35-38; 10:47,48; 16:33) O batizando deve ter convico de sua salvao (aceitar a Jesus como seu salvador). Quem deseja se batizar, precisa ser provado a fim de que se veja nele bons frutos, bom testemunho, e tenha uma vida totalmente regenerada pelo Filho de DEUS. O batismo algo srio. compromisso assumido com o Senhor. Goza de aprovao divina quem tem um corao puro e sincero diante de Deus. Seno, o batismo ser apenas um banho. um ato de obedincia a Deus e, ao mesmo tempo, capacita o servo a tornar-se mais til Obra do Senhor; fazer parte de grupos e estar em comunho com o Corpo. O batismo no salva. A Bblia diz: batismo, no do despojamento da imundcia da carne, mas da indagao de uma boa conscincia para com Deus, pela ressurreio de Jesus Cristo (I Pe 3:21). O batismo ordenana, e faz parte do processo de salvao. O que salva a GRAA mediante a F em JESUS (Ef 2:8). IV A TRINDADE O batismo ministrado em nome da Trindade (Mt 28:19). A escritura se refere a um nico DEUS que se manifesta de modo especfico em trs pessoas. O Pai Deus, mas o E.S. Deus (Jo 4:24 - II Co 3:17), e Jesus Deus (Is 9:6; Jo 1:1; Tt 2:13). A Trindade no deve ser entendida pela razo humana, mas, sendo um mistrio, deve ser aceita pela F (Mt 3:16, 17; II Co 13:13) V ESPCIES DE BATISMO A Bblia registra 3 tipos de batismo: a) Nas guas batismo em nome da trindade, em nome do Senhor, ou em nome de Jesus Cristo (At 8:35-38) b) Com o E. Santo (Jl 2:28, 29; At 2:1-13) Pode ocorrer antes, durante ou depois do batismo nas guas (At 10:44-48; 19:1-7). Dons espirituais se manifestam aps o batismo com o E.S. (At 19:6). Lnguas estranhas no so a nica evidncia do batismo com o E.S. Nem todos falam em mistrios (I Co 12:29,30). Quem batiza com o E.S. JESUS (Mt 3:11; Mc 1:8). H duas grandes finalidades do batismo com o E.S.: - Poder para testemunhar (At 1:18). - Preparo para o arrebatamento (Mt 25:1-13). a) De arrependimento At 19:4 O batismo de Joo era preparatrio para esperar aquele que viria (JESUS). Esse batismo findou com a morte do profeta Joo Batista, mas o batismo ordenado por Jesus para os que crem em Seu Nome e o aceitam por Salvador de suas almas.

2 AULA - IDOLATRIAAINDA QUE ESSES TRS HOMENS ESTIVESSEM NO MEIO SENHOR JEOV, QUE NEM A FILHOS NEM A FILHAS LIVRARIAM; S ELES FICARIAM (EZ 14:16) FILHINHOS, GUARDAI-VOS DOS DOLOS. AMM! (I JO 5:21) SABEIS QUE, OUTRORA, QUANDO REIS GENTIOS, DEIXVEIS CONDUZIR-VOS AOS DOLOS MUDOS, SEGUNDO REIS GUIADOSLIVRES, E A TERRA SERIA ASSOLADA. DELA, VIVO EU, DIZ O

I CORNTIOS 12:2

I CONCEITO DE IDOLATRIA Idolatria o ato de pr qualquer coisa ou pessoa no mesmo plano ou acima de Deus. GENTIO: no tem um pacto (aliana) com DEUS. DOLO: tudo que se torne mais importante que DEUS em nossas vidas. No apenas imagens de escultura, mas qualquer objeto de abominao ao SENHOR. IDLATRA no apenas aquele que adora um dolo, mas tambm o que possui o dolo, pois o Senhor disse: NO TERS. Idlatra, em resumo, aquele que consente o dolo. Isto muito srio, pois est escrito: Ficaro de fora os ces, e os feiticeiros, e os que se prostituem, os idlatras e qualquer que ama ou comete a mentira (Ap 22:15) Ora, as obras da carne so manifestas, as quais so: prostituio, impureza, lascvia (devassido, corrupo), idolatria, feitiaria, inimizades, porfias, emulaes, iras, pelejas, dissenses, heresias, invejas, homicdios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como j antes vos disse, que os que cometem tais coisas no herdaro o Reino de DEUS (Gl 5:19-21). Conhecereis a verdade e a verdade vos libertar (Jo 8:32). Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e EU vos aliviarei. Tomai sobre vs o meu jugo, e aprendei de MIM, que sou manso e humilde de corao e encontrareis descanso para as vossas almas (Mt 11:28, 29). Mas o fruto do E.S. : amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, f, (fidelidade), mansido, temperana (domnio prprio). Contra estas coisas no h lei (Gl 5:22, 23) II O QUE A BBLIA DIZ A RESPEITO

No ters outros deuses diante de mim. No fars para ti imagens de escultura, nem alguma semelhana do que h em cima nos cus, nem embaixo na terra, nem nas guas debaixo da terra. No te encurvars a elas nem as servirs: porque EU, o Senhor teu DEUS, sou DEUS zeloso (Ex 20:3-5). Porque os costumes dos povos so vaidade; pois cortaram do bosque um madeiro, obra das mos do artfice, com machado. Com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que no se mova. So como a palmeira, obra torneada, mas no podem falar; necessitam de quem os leve, porquanto no podem andar. No tenhas receio deles, pois no podem fazer mal, nem tampouco tm poder de fazer bem (Jr 10:3-5). Os dolos das naes so prata e ouro, obra das mos dos homens. Tm boca, mas no falam; tm olhos, e no vem; tem ouvidos, mas no ouvem, nem h respiro algum nas suas bocas. Semelhantes a eles se tornem os que os fazem, e todos os que confiam neles (Sl. 135:15-18) Portanto meus amados, fugi da idolatria. Mas que digo? Que o dolo alguma coisa? Ou que o sacrificado ao dolo alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demnios, e no a Deus. E no quero que sejais participantes com os demnios. No podeis beber o clice do Senhor e o clice dos demnios; no podeis ser participantes da mesa dos demnios. (I Co 10:14, 19-21). E os outros homens, que no foram mortos por estas pragas, no se arrependeram das obras de suas mos, para no adorarem os demnios, e os dolos de ouro, e de prata, e de pedra, e de madeira, que nem podem ver, nem ouvir, nem andar (Ap 9:20). III EXEMPLOS DE IDOLATRIA a) SIMPATIAS Receita para se ganhar mais dinheiro. b) SUPERSTIO No passar debaixo de escadas; medo de gato preto, horscopo (prtica pag antiga e muito arraigada ao homem Is 47:13). c) AMULETOS OU TALISMS

Fitinhas, teros, p de coelho, ferradura, trevo de quatro pontas, cristais energticos, pirmides, baralho, instrumentos de ler a sorte, leitura de mos, prespio. d) FESTAS IDLATRAS Quaisquer eventos em templos onde haja imagens (casamentos, batizados etc.), cultos a padroeiros, festividades marianas, dia de Cosme e Damio, festas juninas. IV JESUS CRISTO, O NICO INTERCESSOR E MEDIADOR ENTRE DEUS E OS HOMENS E em nenhum outro h salvao, porque tambm debaixo cu nenhum outro nome h, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. (At 4:12) Porque h um s Deus, e um s Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. (I Tm 2:5) V ANJOS NO RECEBEM ADORAO E eu, Joo, sou aquele que vi e ouvi ESTAS COISAS. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos ps do Anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha no faas tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. (Ap 22:8, 9). OBSERVAO: Quando a Escritura mostra um servo se prostrando diante do anjo, porque este o prprio Jesus no Velho Testamento. (Js 5:13-15) VI O QUE A PALAVRA DIZ A RESPEITO DE MARIA

E, falando ele (Jesus) ainda multido, eis que estavam fora sua me (Maria) e seus irmos, pretendendo falar-lhe. E disse algum: Eis que esto ali fora tua me e teus irmos, que querem falar-te. Porm ele, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem minha me? E quem so meus irmos? E estendendo a sua mo para os seus discpulos, disse: Eis aqui minha me e meus irmos; porque qualquer que fizer a vontade de meu Pai, que est nos cus, este meu irmo, e irm e me. (Mt 12:46-50) E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multido, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bemaventurados os que ouvem a palavra de Deus e as guardam. (Lc 11:27, 28) OBSERVAO: No se nega que Maria era uma serva agraciada por Deus (Lc 1:28), mas no h fundamentao bblica para lhe atribuir a condio de intercessora. Mesmo porque ela prpria reconhecia que necessitava de salvao: Disse ento Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu esprito se alegra em Deus meu Salvador, porque atentou na baixeza de sua serva. (Lc 1:46-48a). VII MATERIALISMO Hoje h uma tendncia de se representar Jesus e as coisas espirituais com objetos. Este tipo de comportamento est presente em algumas igrejas ditas evanglicas. Lenos ungidos, o copo santo da gua abenoada, a rosa ungida, a bala ungida, e at mesmo o lpis com o qual se faz prova para passar em qualquer concurso. VIII IMPORTANTE Sendo ns, pois, gerao de Deus, no havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou prata, ou pedra esculpida por art