Click here to load reader

Avaliação da visão funcional em baixa visão

  • View
    465

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Avaliação da visão funcional em baixa visão

  • 1. Avaliao da Viso Funcional em Baixa Viso Autores: Carla Costa, Manuel Oliveira e Emlia Mouga.1

2. Funo Visual e Viso Funcional Funes visuais: do funcionamento do olho;informaosobreoViso funcional: d informao sobre a forma como o indivduo executa as suas actividades visuais no dia-a-dia (Colenbrander, 2003).2 3. Viso Funcional Conceito viso funcional no se limita descrio do rgo - capacidades do indivduo. Avalia o seu desempenho na realizao de tarefas - uma propriedade do indivduo que se reflecte na execuo das actividades da vida diria (Colenbrander, 2003).3 4. Viso Funcional A maioria dos objectos presentes no ambiente: Apresentam pouco contraste; Possuem iluminao varivel; Raramente surgem num fundo vazio; Mesmo que haja concentrao numa tarefa, como a leitura, encontram-se presentes muitas variveis: a iluminao, a qualidade da impresso, a dificuldade do texto, etc (Colenbrander, 2005). 4 5. Funo visual e Viso Funcional Funes Visuais Acuidade Visual Campo Visual Sensibilidade ao Contraste Sensibilidade Luminncia Viso Cromtica Controlo culo-motor Adaptao ao EscuroViso Funcional Leitura Escrita Orientao Deslocao Reconhecimento de pessoas e objectos Tarefas do quotidiano: cozinhar; trabalhos manuaisLueck, A. (2004). Funcional Vision A Practitioners Guide to Evaluation and Intervention. AFB Press. New York.5 6. Avaliao da viso funcional Acuidade visual funcional para diferentes distncias, sob condies luminosas e contraste diferentes; As escalas de acuidade visual de ETDRS foram desenvolvidas pelo National Institute of Health (Ferris et al, 1982) para o estudo do tratamento precoce da retinopatia diabtica.Fonte: http://www.metrovision.fr/ 6 7. Campo visual funcional dinmico e esttico Localizao da pessoa no circundantes (Corn, 1996);seuquotidianoeobjectosRecolha de informao sobre a percepo da informao nas vrias zonas do campo visual (Corn, 1996); O campo visual perifrico importante em actividades como a deslocao e a conduo - segurana dos indivduos(Lueck, 2004). O campo visual central interfere principalmente com a viso dos pormenores, na leitura ou na identificao de uma cara, sendo de extrema importncia na execuo das tarefas da vida diria (Lueck, 2004). 7 8. Campo visual funcional dinmico e esttico A diminuio da capacidade de leitura tem influncia na qualidade de vida pois grande parte da informao adquirida educacional, profissional e socialmente tem suportes escritos (Papageorgiou et al, 2007).8 9. Campo visual ProcedimentoMapaAplicaes clnicasndice de incapacidadeAt 65 de excentricidade , estmulo IIITesta aptido para conduzir em casos de Baixa VisoEstmulo VTeste para simples Baixa VisoAptides Baixa VisoFonte: http://www.metrovision.fr/ 9 10. Campo visual atencional A conduo requer a recolha rpida de uma grande quantidade de informao visual. O campo visual atencional determina as alteraes da ateno visual. til para determinar a forma o individuo actua no desempenho de tarefas (ex. locomoo). As alteraes atencionais tm sido habitualmente correlacionadas com acidentes de carro (BALL & all, 1988, BALL & al, 1993, GABAUDE, 2003, MOESSINGER, 2002). A aplicao em indivduos com deficincia sensorial visual pode permitir determinar a aptido do individuo para compensar a sua deficincia nas tarefas da vida diria. 10 11. Campo visual atencional Tarefa Simples HemianopsiaFonte: http://www.metrovision.fr/11 12. Campo visual atencional Tarefa de ateno dividida HemianopsiaFonte: http://www.metrovision.fr/12 13. Campo visual atencional Tarefa de ateno selectiva HemianopsiaFonte: http://www.metrovision.fr/13 14. Sensibilidade ao contraste Uma baixa sensibilidade ao contraste aponta para dificuldades nas actividades da vida diria; Os dfices na sensibilidade ao contraste, no equilbrio e na mobilidade afectam tarefas como subir, descer escadas e identificao de objectos (Lueck, 2004 e Lord, 2006).Fonte: http://www.metrovision.fr/Baixas frequncias espaciaisAltas frequncias espaciais14 15. Sensibilidade ao contraste Discriminao cromtica e do contraste;Alta miopiaFonte: http://www.metrovision.fr/15 16. Avaliao da viso funcional Aptides oculares motoras (fixao, localizao, scanning, tracing, e leitura de materiais impressos); Estudo do tipo de iluminao e tcnicas para eliminar o deslumbramento, diminuindo o tempo de adaptao;16 17. Deslumbramento (glare) Na mobilidade e orientao da pessoa com deficincia de viso muito importante: Deslumbramento; Mudana nas condies de iluminao; Mudanas no terreno; Coliso com objectos e pessoas; Aptido para manter a orientao.CORN, A., Koening, A. (1996). Foudations of Low Vision: Clinical and Functional Perspectives. New York: Editors Press.17 18. Deslumbramento (glare)Fonte: http://www.metrovision.fr/18 19. Novas perspectivasRessonncia Magntica Funcional19 20. Avaliao da Viso Funcional em Baixa Viso FIM Carla Costa ESTeSL IPL [email protected] pela ateno 20

Search related