CO LI - .4.As provas terão a duração de quatro horas, já incluídas nesse tempo a marcação

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CO LI - .4.As provas terão a duração de quatro horas, já incluídas nesse tempo a marcação

  • A tabela peridica dos elementos qumicos est disponvel no verso da capa.

  • CL

    ASS

    IFIC

    A

    O

    PE

    RI

    DIC

    A D

    OS

    EL

    EM

    EN

    TO

    S (c

    om m

    assa

    s at

    mic

    as re

    ferid

    as a

    o is

    top

    o 12

    do

    carb

    ono)

    1

    18

    1

    2

    1 H

    H

    e

    1,00

    8

    4,00

    3

    4

    56

    78

    910

    2 L

    i B

    e

    B

    C

    N

    O

    F

    Ne

    6,

    949,

    01

    10,8

    12,0

    14,0

    16,0

    19,0

    20,2

    11

    12

    1314

    1516

    1718

    3 N

    a M

    g

    A

    l Si

    P

    S C

    l A

    r

    23,0

    24,3

    27

    ,028

    ,131

    ,032

    ,135

    ,539

    ,9

    19

    2021

    22

    23

    2425

    2627

    2829

    30

    3132

    3334

    3536

    4 K

    C

    a Sc

    T

    i V

    C

    r M

    n Fe

    C

    o N

    i C

    u Z

    n G

    a G

    e A

    s Se

    B

    r K

    r

    39,1

    40,1

    44,9

    47

    ,9

    50,9

    52,0

    54,9

    55,8

    58,9

    58,7

    63,5

    65

    ,469

    ,772

    ,674

    ,978

    ,979

    ,983

    ,8

    37

    3839

    40

    41

    4243

    4445

    4647

    48

    4950

    5152

    5354

    5 R

    b Sr

    Y

    Z

    r N

    b M

    o T

    c R

    u R

    h Pd

    A

    g C

    d In

    Sn

    Sb

    T

    e I

    Xe

    85

    ,587

    ,688

    ,9

    91,2

    92

    ,995

    ,998

    ,910

    1,1

    102,

    910

    6,4

    107,

    9 11

    2,4

    114,

    811

    8,7

    121,

    812

    7,6

    126,

    913

    1,3

    55

    5657

    - 71

    72

    73

    7475

    7677

    7879

    80

    8182

    8384

    8586

    6 C

    s B

    a S

    rie d

    os

    Lant

    and

    ios

    Hf

    Ta

    W

    Re

    Os

    Ir

    Pt

    Au

    Hg

    Tl

    Pb

    Bi

    Po

    At

    Rn

    13

    2,9

    137,

    3

    178,

    5 18

    0,9

    183,

    818

    6,2

    190,

    219

    2,2

    195,

    119

    7,0

    200,

    620

    4,4

    207,

    220

    9,0

    209

    (210

    )(2

    22)

    87

    8889

    - 10

    3 10

    4 10

    510

    610

    710

    810

    9

    7 Fr

    R

    a S

    rie d

    os

    Act

    ind

    ios

    Rf

    Db

    Sg

    Bh

    Hs

    Mt

    (223

    )(2

    26)

    (2

    61)

    (262

    )(2

    63)

    (264

    )(2

    65)

    (266

    )

    S

    rie d

    os L

    anta

    ndi

    os

    57

    5859

    6061

    6263

    64

    6566

    6768

    6970

    71

    La

    Ce

    Pr

    Nd

    Pm

    Sm

    Eu

    Gd

    Tb

    Dy

    Ho

    Er

    Tm

    Y

    b L

    u 13

    8,9

    140,

    114

    0,9

    144,

    2(1

    45)

    150,

    415

    2,0

    157,

    3 15

    8,9

    162,

    516

    4,9

    167,

    316

    8,9

    173,

    017

    5,0

    Srie

    dos

    Act

    ind

    ios

    89

    9091

    9293

    9495

    96

    9798

    9910

    010

    110

    210

    3

    Ac

    Th

    Pa

    U

    Np

    Pu

    Am

    C

    m

    Bk

    Cf

    Es

    Fm

    Md

    No

    Lr

    (227

    ) 23

    2,0

    (231

    )23

    8,0

    (237

    )(2

    44)

    (243

    )(2

    47)

    (247

    )(2

    51)

    (252

    )(2

    57)

    (258

    )(2

    59)

    (260

    )

    2 1

    3

    14

    15

    1

    6

    17

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    1

    2

    Z S

    mbo

    lo

    A

  • UFG/CS PREFEITURA DE GOINIA CONCURSO PBLICO/SADE/2012

    CONHECIMENTOS GERAIS EM SADE PBLICA

    QUESTO 01 De acordo com a Lei n. 8080/1990, tambm denominada de Lei Orgnica da Sade, que criou o Sistema nico de Sade (SUS), determina que os servios de sade para a populao sero prestados

    (A) pelos rgos e instituies pblicas federais, estaduais e municipais, da administrao direta e indireta e das fundaes mantidas pelo poder pblico.

    (B) pelos rgos e instituies pblicas e privadas e por fundaes.

    (C) pelos hospitais pblicos e privados e postos de sade municipais.

    (D) pelo Ministrio da Sade, as Secretarias Estaduais de Sade e as Secretarias Municipais de Sade.

    QUESTO 02 A Constituio Federal/1988 e a Lei Orgnica da Sade determinam as competncias da Unio, dos Estados e dos Municpios no mbito do Sistema nico de Sade. Segundo essa legislao,

    (A) os Municpios so responsveis por realizar as aes de vigilncia sanitria nos portos e aeroportos existentes no seu territrio.

    (B) os Estados devem executar os servios de ateno a sade no mbito dos municpios do estado.

    (C) os Municpios devem controlar e fiscalizar os procedimentos dos servios privados de sade.

    (D) a Unio deve executar as aes de vigilncia epidemiolgica nos estados e municpios.

    QUESTO 03 O Decreto n. 7508/2011, que regulamenta a Lei n. 8080/1990, conceitua Regio de Sade e determina as aes mnimas que devem ser prestadas no mbito dessas regies. Entre as aes, est

    (A) a ateno psicossocial.

    (B) a produo de medicamentos.

    (C) a vigilncia sanitria de alimentos.

    (D) a vigilncia dos agravos transmissveis.

    QUESTO 04 A Portaria/GM 687/2006 estabelece a Poltica Nacional de Promoo da Sade e define algumas aes especficas de promoo relativas

    (A) sade reprodutiva da populao brasileira.

    (B) controle da dengue em rea urbana.

    (C) expanso da estratgia sade da famlia nos municpios brasileiros.

    (D) reduo da morbimortalidade por acidentes de trnsito.

    QUESTO 05 Sobre os principais Sistemas de Informaes em Sade existentes no SUS, considera-se que

    (A) as notificaes de violncia contra crianas, mulheres e idosos so informadas ao Sistema de Informaes sobre Agravos de Notificao SINAN.

    (B) o Sistema de Informaes de Mortalidade (SIM) apresenta como documento base a declarao de bito, que deve ser preenchida por mdicos e enfermeiros.

    (C) o Sistema de Informaes Hospitalares (SIH) alimentado pelas autorizaes de internaes hospitalares oriundas dos hospitais pblicos, filantrpicos e privados contratados e no contratados pelo SUS.

    (D) o Sistema de Informaes sobre Nascidos Vivos (SINASC) apresenta como documento base a certido de nascimento, emitida pelo registro civil.

    QUESTO 06 Publicaes recentes mostraram o perfil epidemiolgico das doenas crnicas no transmissveis no Brasil, entre 1996 e 2007. Com base nesses dados observou-se que

    (A) as doenas cardiovasculares apresentaram uma tendncia de aumento de 31%.

    (B) as doenas respiratrias apresentaram uma reduo de 38%.

    (C) a mortalidade por doenas crnicas no transmissveis, nas regies Norte e Nordeste, diminuiu significativamente.

    (D) o cncer de estmago e o cncer de mama nas mulheres apresenta uma tendncia de aumento.

    QUESTO 07 Nos ltimos anos, vrias polticas e programas de sade foram implantados com o objetivo de melhorar os indica-dores de sade da mulher. Alguns fatores esto relaciona-dos com a melhoria desses indicadores, como

    (A) o uso de mtodos modernos de contracepo, o acesso ao pr-natal e o aumento dos partos cirrgicos.

    (B) a utilizao de mtodos contraceptivos menos evasivos, a melhoria da qualidade da assistncia ao pr-natal e o aumento dos partos cirrgicos.

    (C) o uso da camisinha feminina e o incentivo ao partos normal, principalmente na rede pblica de sade.

    (D) a utilizao do DIU e a disponibilizao da plula do dia seguinte como mtodos contraceptivos para a populao de baixa renda.

    especialista-saude-conhecimentos-gerais-saude-publica

  • UFG/CS PREFEITURA DE GOINIA CONCURSO PBLICO/SADE/2012

    QUESTO 08 Atualmente, o Brasil convive com uma carga dupla de do-enas: infecciosas agudas e crnicas. A tendncia de au-mento da morbimortalidade por causas crnicas est rela-cionada

    (A) falta de diagnstico precoce, dificuldade de acesso aos servios de sade e s desigualdades sociais.

    (B) ao envelhecimento da populao, mudanas no padro de consumo, nos estilos de vida e urbanizao acelerada.

    (C) falta de intervenes tecnolgicas efetivas, s iniquidades sociais e ao aumento da pobreza.

    (D) s mudanas demogrficas, falta de um modelo de ateno s doenas crnicas e transio epidemiolgica.

    QUESTO 09 O Brasil figura entre os pases de maior desigualdade so-cial e, consequentemente, de iniquidades em sade. Os principais fatores que tm contribudo para a reduo das desigualdades regionais e socioeconmicas so:

    (A) o programa Fome Zero e a insero do jovem no mercado de trabalho.

    (B) o programa Bolsa famlia e a melhoria de infraestrutu-ra nas cidades.