Click here to load reader

Flex TV -Apresentação Câmara

  • View
    214

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

apresentação Camara de Londrina

Text of Flex TV -Apresentação Câmara

  • GRUPO SERCOMTEL

    e

    LYNXCOM(FLEXTV)

  • SNTESE DOS FATOS:

    Em outubro de 1998 foi confeccionado Estudo de Mercado deTV por assinatura pelo grupo de novos negcios doSERCOMTEL, nas cidades de Londrina, Cambe, Ibipor,Jataizinho e Rolndia.

    ESTUDO DE MERCADO DE TV POR ASSINATURA

    O Estudo demonstrou grande interesse da populao nessesservicos, havendo a anlise competitiva, estudo deinformaes scio-econmicas e demogrficas da rea empotencial, concluindo pela viabilidade e prosperao dosservios de Tv por assinatura.

  • 1

  • No ano de 2000 seguindo as tendnciasmercadologicas houve a criao da empresalondrinense FLEXTV.

    Sendo que todas as questes jurdicas de criao daempresa foram elaboradas e discutidas internamentecom o Grupo Sercomtel.

    A FLEXTV

    Em 2006 entra em operao comercial a FLEXTV,realizando a venda de pacotes de assinaturas noSistema Analgico

    Final de 2007, incia-se a oferta de pacotes de Servicos Digitais.

  • RELACIONAMENTO SERCOMTEL & FLEXTV

    Apos o incio do Sistema Digital (no fim de 2007), oSercomtel abordou a FLEXTV, convidando essa para umaparceria e realizarem o lanamento de um Pacote durante aFeira Agropecuria de Londrina que seria realizada emabril/2008.

    Tratava-se a parceira de um forte apelo mercadolgico,oferecendo TELEFONIA FIXA + TELEFONIA MOVEL +INTERNET + TV POR ASSINATURA GRATIS

    Lanamento DO BOX TV SERCOMTEL emabril/2008 lanamento na FeiraAgropecuria

  • 2

  • 3

  • 4

  • ASSINATURA DO CONTRATO DE PARCERIA DEPRESTAO DE SERVIOS 26/05/2008

    Em 26/05/2008, sob o ttulo: A MAIS COMPLETA!SERCOMTEL OFERECE PACOTES COM TV POR ASSINATURAGRTIS, o presidente do SERCOMTEL divulgou ao oferecerpacotes com preos acessveis e agregando TVgratuitamente, a SERCOMTEL vai ajudar a ampliar oacesso ao servio.

  • 5

  • 6

  • O contrato tinha vigncia de 12 meses podendo ser

    prorrogado por iguais perodos, o objeto deste (Clusula

    Primeira) era a formao de parceria para incluir nos servios

    disponibilizados pelo conglomerado SERCOMTEL, a prestao

    de servios de TV por assinatura com cobertura na cidade

    Londrina e regio circunvizinha, sendo que a projeo pactuada

    de atendimento indicava a adeso ao pacote promocional,

    de 5.000 (cinco mil) usurios/clientes/ano conforme

    Pargrafo Primeiro, Clusula Primeira, alnea d) do tem 9.2

    da Clusula Nona e ANEXO I.

    CONTRATO DE PARCERIA DE PRESTAO DE SERVIOS PROJEO DE 5.000 CLIENTES/ANO

  • 7

  • Fora pactuada uma adeso 5.000 clientes/ano ao pacote BOXTV SERCOMTEL, em que at o momento da rescisocontratual haveria um acumulado aproximado de 15.000usurios/clientes/assinantes (o Contrato teve vigencia por 3anos).

    A projeo anual pactuada, era tratada pelo prprioDepartamento de Marketing da SERCOMTEL comopessimista diante da grande quantidade de clientesSERCOMTEL (em mdia 140.000 telefones fixos, 55.000celulares e 60.000 usurios de Internet ADSL).

    Sendo que em decorrncia dos descumprimentos contratuaispor parte do SERCOMTEL, jamais a projeo pactuada foraalcanada.

    DESCUMPRIMENTOS CONTRATUAIS

  • 8

  • Ao longo de 3 anos de parceria, o SERCOMTEL nose empenhou em divulgar a oferta do produtopromocional, BOX TV, aos clientes e para toda asociedade, sendo que com essas atitudes descumpriucom o OBJETO contratual (Clusula Primeira,Pargrafo Primeiro), sendo que mesmo notificada em04 de agosto de 2009 das falhas havidas na conduodos procedimentos contratuais, esta continuou aquedar-se inerte.

    DESCUMPRIMENTOS CONTRATUAIS

  • 9

  • GESTO FERNANDO LOPES KIREEFF NOMEADOPELO PREFEITO BARBOSA NETO

    No obstante, no Terceiro Termo Aditivo ao Contrato deParceria, para atender um pedido do Diretor do SERCOMTEL,Fernando Kireeff (Scio-Proprietrio do canal de televisoMULTITV CIDADES com transmisso em Londrina e outrascidades pela NET), a FLEXTV reduziu ainda mais o preo dosPacotes de Canais iniciais para oferecimento no BOX TV,passando ao preo de R$ 19,90.

    Segundo esse Diretor seria uma forma de alavancar o negcio,o que demonstrou ser o golpe fatal do SERCOMTEL e deKireeff junto FLEXTV, pois continuaram descumprindo ocontrato e desvirtuando sua finalidade.

  • 10

  • 11

  • Nos ltimos meses de 2010, em razo do no pagamentopelo SERCOMTEL do valor mensal apurado nos moldesda clusula terceira do Contrato (repasses mensais doassinantes), demonstrou ser devida a aplicao dapenalidade que ficou pactuada na Clusula Quarta.

    Por sua vez, para apontar o devido saldo devedoracumulado do SERCOMTEL com a FLEXTV, essa contratouservio de Auditoria Financeira que em 31/12/2010apurou o montante devido.

    DESCUMPRIMENTO CONTRATUAL

  • 12

  • Por sua vez, o Contrato de Parceria previa na Clasula Nona, item

    9.2, alnea j) e Clusula Dcima, a exclusividade e limitao de

    operao de servios da FLEXTV, trazendo limitaes comerciais

    de crescimento, situao que era totalmente suportvel e prevista

    no caso do cumprimento do Contrato pelo SERCOMTEL, mas que

    tornou-se um engessamento conduzindo a FLEXTV ao calvrio

    de sua atividade comercial, debatendo-se no mercado

    enquanto o SERCOMTEL e seu Diretor, acompanhavam a

    conjuntura sem que tomassem qualquer providncia para

    alavancar a parceira e cumprir o contrato.

    Desta forma, diante de descumprimentos contratuais por parte DoSERCOMTEL (Clusula Stima, Pargrafo Segundo, a), b) e d).), aFLEXTV em 18/05/2011 notificou da Resciso Contratual, sendodevido o pagamento esta pelo SERCOMTEL de multacorrespondente a 20% do total dos pagamentos at entorepassados pelo SERCOMTEL FLEXTV

    RESCISO CONTRATUAL

  • 13

  • COMPRA DA FLEXTV PELO SERCOMTEL

    No bastando a situao de que o SERCOMTEL minguoutodas as perspectivas da FLEXTV em crescimento no anode 2010 (em plena vigncia do Contrato de Parceria) aDiretoria do SERCOMTEL chamou a FLEXTV para umareunio, sendo expressamente manifestado o interessedo Grupo SERCOMTEL em adquirir esta.

  • Em 01 de setembro de 2010, fora assinado o Acordo deConfidencialidade da FLEXTV com o SERCOMTEL parafornecimento de todo o Know how desta atravs de um Acordode Confidencialidade em que o SERCOMTEL analisaria aincorporao da empresa ao conglomerado.Transcorrida a vigncia de 1 (um) ano do Acordo, o representanteda FLEXTV notificou o SERCOMTEL em 23/08/2011 para queapresentassem a proposta para aquisio da empresa no prazo de3 dias teis, quedando-se inerte o SERCOMTEL, deixando claroque se aproveitaram de todo conhecimento mercadolgico,tratando de desenvolverem um paralelo produto de Tv porassinatura.

    Inclusive, previsto no Acordo de Confidencialidade na Clusula 4que o SERCOMTEL deveria devolver imediatamente quando darequisio da FLEXTV todos os documentos que instruiram oacordo de confidencialidade, sendo devidamente notificada esteno o fez.

    ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE PARA COMPRA DA FLEXTV

  • 14

  • 15

  • 16

  • PREJUZOS

    Ainda, destaca-se que o SERCOMTEL e asociedade londrinense sempre forambeneficiadas com o Contrato de Parceria com aFLEXTV, conforme o prprio presidente da Anatel,Sr. Joo Resende (ex-presidente SERCOMTEL)divulgou em matria no Jornal Folha de Londrinade 14/04/2011: que a Anatel quer facilitar oacesso da populao TV por assinatura.Rezende afirma que isto ser possvel com aconvergncia tecnolgica, ou seja, uma mesmaoperadora dever, oferecer os servios detelefonia, internet e TV.

  • 17

  • O descumprimento contratual trouxe enormes prejuzos FLEXTV que mantinha o contrato de exclusividade,bem como para toda a sociedade londrinense, visto quea FLEXTV contribui a inserir a cidade de Londrina no 3lugar no ranking de Municpios mais bem atendidos emTelecomunicaes, assim foi publicado no ATLASBrasileiro de Telecomunicaes no ano de 2011,vinculando em toda mdia jornalstica o excelentedesempenho londrinense, servindo este comoexcelente marketing para a SERCOMTEL, para a COPEL epara agentes polticos.

    PREJUZOS A SOCIEDADE

  • 18

  • 19

  • Insta ressaltar, que na Audincia Pblica para venda decoligadas Sercomtel, realizada em 26/10/2011 naCmara de Veradores de Londrina, a equipe tcnica doSERCOMTEL ao fazerem a exposio para justificarem avenda das atividades comerciais das coligadas em outrascidades do Brasil, e tratarem de falar dos investimentos naTV Sercomtel, fundamentaram e deixaram bem claro que aconcorrncia no ramo de TV por assinatura possuia umpreo muito competitivo (pacotes de canais em torno deR$ 39,90) e que o mercado para a Sercomtel seria muitodifcil por no conseguir concorrer com as GrandesOperadoras desse Setor, mas mesmo assim elesentrariam no mercado para fidelizarem o clienteSercomtel com o oferecimento do combo de servios.

    VENDA DAS COLIGADAS e TV SERCOMTEL

  • LANAMENTO DA NOVA TV, VENDA DE COLIGADAS,LICITAES E INVESTIMENTOS

    A equipe do SERCOMTEL j avaliaram as deficincia para expansode mercado e j previram a existncia de concorrncia forte e compreos mais baixos do que eles conseguiram oferecer,demonstrando claramente que no conduziram as novasoperaes de TV pelo preo mdico de R$ 19,90 mensais (como aFLEXTV fazia).

    Neste tocante, obscuras as razes para que o Grupo Sercomteldescumprissem o contrato com a FLEXTV, que ocasionou suaquebra e retirada de suas atividades no mercado de TV porassinatura. Restando tao somente o interesse na venda deoperaes das coligadas, na realizao de licitaes e noprovimento de uma TV por assinatura que ter entraves diante dacompetitividade agressiva das grandes Operadoras de TV porassinatura e que no atingir as camadas inferiores da sociedade.

  • DEFICINCIA DAS COLIGADAS QUE CULMINARAM NA VENDA:

    -ALTO CUSTO DA EVOLUO TECNOLGICA

    -AUSNCIA DE RECURSOS PARA INVESTIMENTOS

    - CONCESSO DE NOVAS LICENAS EM2014, AUMENTO DA CONCORRNCIA

    Segundo a administrao pblica:

  • 20

  • INVESTIMENTOS DE MILHES DE REAIS PARA COMPETIRNUM MERCADO DE GRANDES CONCORRENTES EGRUPOS INTERNACIONAIS.

    QUAL A RAZO PARA O DESCUMPRIMENTO CONTRATUALQUANDO A TV POR ASSINATURA ERA OFERECIDA PELOSERCOMTEL AO PRECO DE R$ 19,90 (preo jamaispraticado pelos concorrentes)?

    SER FEITOS INVESTIMENTOS DE MILHES PARAOFERECER O MESMO PRODUTO (TV POR ASSINATURA)POR PREO MAIOR?

    UMA RE-APOSTA EM CONVERGENCIA DIGITAL?

    TV SERCOMTEL

  • 21

  • Por qual razao foi feita a nomeao ao cargo dePresidente do GRUPO SERCOMTEL, o proprietrio docanal de televiso MULTITVCIDADES, canal transmitido e

    que possui parceria com o grupo NET, concorrentedireto do SERCOMTEL, uma vez que na gestode Kireeff o pacote BOXTV afundou com osnumerosos decumprimentos contratuais?

    Lembrando que: NET, CLARO e EMBRATEL SOCONCORRENTES DA SERCOMTEL

    EX-PRESIDENTE SERCOMTEL

  • 22

  • PONTOS IDENTIFICADOS

    Investimentos, para com o surgimento de um mercado a serexplorado, oportunizando e justificando a venda de operaescomerciais para a captao de dinheiro, com o fim de fazerlicitaes e contratos que envolvem milhes de reais, negociaesrealizadas com o dinheiro pblico atravs de seus agentes GIRODE CAIXA.

    Nomeao ao cargo de Presidente do GRUPO SERCOMTEL, oproprietrio do canal de televiso MULTITVCIDADES, canaltransmitido e que possui parceria com o grupo NET (parceiros daCLARO e EMBRATEL), todos concorrentes diretos do SERCOMTEL.

    Contemplao e oportunidade de transmisso de canais regionais(ex. MULTiTVCIDADES) em areas maiores de transmisses (atravsda TV SERCOMTEL), disponibilizando a esses canais crescimento eexpanso.

  • CONCLUSO

    PREJUZOS DA SOCIEDADE LONDRINENSE E REGIO, QUE NOTERAM PREOS MDICOS (R$ 19,90) A TV POR ASSINATURA ANTESDISPONIBILIZADA, CESSANDO A INCLUSO DIGITAL NAS CAMADASDA SOCIEDADE.

    FATOS QUE VO EM DESACORDO COM A MISSO E VALORES DOGRUPO SERCOMTEL E COPEL - INCLUSO DIGITAL ECONSEQUENTEMENTE INCLUSO SOCIAL.

    SERO FEITOS INVESTIMENTOS DE MILHES DE REAIS PARA

    QUE SEJAM PRATICADOS PREOS MAIORES DO QUE

    ANTERIORMENTE PRATICADOS PARA OFERECIMENTO DO

    MESMO PRODUTO O QUE FERE O PRINCPIO DAECONOMICIDADE DA ADMINISTRAO PBLICA.