"Igreja Viva e Peregrina" setembro-outubro 2012

  • View
    217

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Boletim Informativo Bimestral da Paróquia São Roque "Igreja Viva e Peregrina" bimestre setembro-outubro de 2012

Text of "Igreja Viva e Peregrina" setembro-outubro 2012

  • Publicao Bimestral da Parquia So Roque

    Igreja Viva

    e Peregrina

    Planto Inf. / Conclio Vaticano II - Parte 1

    Mensagem do nosso Vigrio Paroquial

    Avaliao Bblica / Humor / Agenda Paroquial

    Past. Carcerria / Past. Familiar / P.J. / E.C.C.

    Comunidades

    Atividades Permanentes

    Catequese

    Festa do Divino 2013

    Festas de Agosto 2012 e 2013

    lbum dos Ex-Festeiros (52)

    Expediente

    Pg. 02

    Pg. 02

    Pg. 03

    Pg. 04

    Pg. 05

    Pg. 06

    Pg. 06

    Pg. 06

    Pg. 07

    Pg. 08

    Pg. 08

    LEITURA ORANTE DA BBLIA

    Tem

    po d

    e p

    edir

    ao S

    enhor

    que i

    lum

    ine n

    ossos c

    oraes

    com

    a s

    ede d

    a S

    ua P

    ala

    vra e

    de f

    azer a

    nossa p

    arte

    ...

    (Pgin

    a 0

    2)

    Pe. Daniel Balzan Proco

    Existem inmeros mtodos de se ler a Bblia: um deles a Leitura

    Orante! Este mtodo permite voc: ler, meditar, rezar e contemplar o

    texto bblico de modo que compreenda o que Deus disse para o povo no

    passado e o que est querendo dizer para ns hoje!

    Este mtodo comeou por um monge de nome Guigo, Prior da Ordem

    Cartuxa, em 1150! No intuito de ajudar os irmos na prtica da orao e

    no conhecimento da Bblia, construiu uma escada de quatro degraus que

    todo monge devia seguir. Sentia que a Palavra de Deus comprometia; por

    isso props a Lectio Divina. Guigo percebia que, no texto bblico,

    estavam presentes trs nveis de compreenso: Literrio - ligado ao

    texto; Histrico - ligado ao tempo em que o texto foi escrito; e

    Teolgico - relacionado com a mensagem de Deus.

    Certo dia, durante o trabalho manual, quando ele estava refletindo

    sobre a atividade do esprito humano, de repente, apresentou-se a sua

    mente, uma escada de quatro degraus espirituais: Leitura, Meditao,

    Orao e Contemplao. Era a escada que levava os monges ao cu.

    Leitura: ler o texto com ateno, sem pressa, para ver o que ele diz. Se

    necessrio, ler vrias vezes at criar uma maior familiaridade. Entrar em

    contato com o texto utilizando-se de muita ateno, respeito, escuta... A

    leitura responde pergunta: O que diz o texto? preciso ver o texto

    dentro do seu contexto e origem.

    Meditao: Responde pergunta - O que diz o texto para mim, para

    ns? A meditao um timo espao para que se medite e reflita o que h

    de semelhante e diferente entre a situao do texto com o hoje! Aos

    poucos vai se criando uma relao entre o que foi meditado e a vida de

    quem est meditando!

    Orao: Responde pergunta - O que o texto me leva a dizer a Deus?

    Praticamente a orao est presente em todas as etapas. Pode-se usar o

    momento para fazer louvor, ao de graas, splica, pedido de perdo,

    rezar algum salmo, recitar preces j existentes etc.

    Contemplao: Depois de ler, meditar e orar o texto bblico chegou a

    hora da contemplao! A contemplao exprime a meta da via espiritual,

    em que a criatura se une ao Criador. o momento em que se comea a ver

    o mundo e a vida com os olhos de Deus. Aprofunda-se uma nova viso do

    mundo e a vontade de o transformar.

    Compromisso: Portanto, o contemplativo um discpulo que, depois

    da escuta da Palavra, como Maria, com tanta nsia, coloca-se em

    viagem. A Palavra de Deus lida e partilhada, a ss ou em grupo, fora a

    tomar posio, perante Deus e perante o mundo criado.

    Resumindo: Invocar o Esprito Santo, ler com calma o texto bblico,

    fazer um profundo silncio interior e lembrar o que leu, imaginar as

    pessoas, as coisas, o lugar; ouvir o que dizem; entrar na cena, atualizar a

    Palavra, falar com Deus e escolher uma frase para memorizar.

    Alguns Cuidados: A Leitura Orante no pode ser feita sem a devida

    preparao. Supe ambiente silencioso, disposio pessoal, tempo

    adequado, silncio interior e cincia de estar na presena de Deus.

    Pe. Daniel Balzan - Proco

    No ltimo Boletim, apresentamos o processo de Planejamento

    Paroquial para o perodo 2012-2015. Seguem-se neste nmero, as

    concluses da Assembleia Paroquial realizada aos 30 de julho de 2012.

    Urgncia 01 - Parquia em Estado Permanente de Misso

    F Incentivar os jovens da nossa Parquia para que sejam missionrios

    nos ambientes em que esto inseridos e convidem outros jovens para

    participarem de suas atividades;

    F Identificar os grupos sociais que merecem ateno especial e dar-lhes

    prioridade no trabalho de evangelizao;

    F Criar a Pastoral Familiar com o intuito de acompanhar os recm-

    casados da nossa Parquia.

    Urgncia 02 - Parquia: Casa de Iniciao Vida Crist

    F Incentivar e reforar a Leitura Orante da Bblia, de modo que a

    Palavra de Deus seja conhecida e interpretada corretamente, e

    desperte o desejo de servir;

    F Investir na Formao Continuada para que seja escola de

    conhecimento e interpretao da Palavra, escola de comunho e orao

    com a Palavra, e escola de evangelizao e proclamao da Palavra;

    F Desenvolver em nossas Comunidades um processo de Iniciao

    Vida Crist que conduza a um encontro pessoal com Cristo, no

    cultivo da amizade com Ele pela orao, no apreo pela celebrao

    litrgica, na experincia comunitria e no compromisso apostlico.

    Urgncia 03 - Parquia Atenta Famlia

    F Planejar, executar e organizar o Centro de Idoso como gesto de

    servio e presena da Parquia na Cidade;

    F Promover aes para que a famlia seja o primeiro local de Iniciao

    Vida Crist das crianas. Os pais so os primeiros catequistas;

    F Identificar e acompanhar os recm-casados residentes na Parquia na

    formao de uma famlia crist.

    Urgncia 04 - Parquia que Evangeliza a Juventude

    F Garantir a formao de novos coordenadores, possibilitando a

    renovao peridica daqueles que coordenam a evangelizao da

    juventude em cada comunidade;

    F Em meio apologia ao uso de drogas e a todo tipo de violncia,

    apresentar aos jovens uma atraente proposta vocacional e orient-

    los para um projeto pessoal de vida;

    F Valorizar as diferentes expresses culturais existentes como meio

    pedaggico de formao e envolvimento de jovens (dana, teatro,

    esporte, bandas...).

    O Senhor nos chama a "avanar para guas mais

    profundas" (Lc 5,4) e trilhar um caminho de comunho e

    participao. Portanto, agradeo em meu nome e em nome da

    Parquia a todos os que participaram desta empreitada.

    PLANEJAMENTO PAROQUIAL 2012-2015

    Ano XV - N 94 - Setembro / Outubro 2012

  • Pgina 2 Pgina 3

    AGENDA PAROQUIAL

    Diferena entre a Bblia Catlica e a Bblia Protestante

    Setembro o ms da Bblia. Segue-se uma avaliao em torno da diferena entre Bblia Catlica e Bblia Protestante. Esta avaliao requer

    ateno e reflexo redobrada. Leia atentamente cada item e veja se verdadeiro ou falso. O conjunto das respostas explica a razo desta diferena

    entre as duas bblias.

    AVALIAO BBLICA - SETEMBRO, MS DA BBLIA

    Junqueira

    Gua II

    Vila Mike

    So Benedito

    Matriz - RCC

    Vila Mike

    Matriz - Sagr. Corao de Jesus

    So Pedro

    Vila Mike

    Santa Quitria

    Vila Mike

    Vila Mike - Procisso

    Santa Casa

    Santo Antnio

    So Benedito

    Cambar

    Gua I

    Restinga Verde

    Vila Nova So Roque

    Gua I

    Matriz - Novena do Divino

    Matriz - Me Peregrina

    Vila Aguiar

    So Benedito

    Goian

    Capela do Colgio So Jos

    Cap. S. Jos - Cel. Penit.(RICA)

    Cambar

    Santa Quitria

    Nossa Senhora das Graas

    Taboo

    07h30

    10h30

    19h30

    19h00

    20h00

    19h30

    19h00

    19h30

    19h30

    19h00

    19h30

    16h00

    18h00

    19h30

    18h00

    19h30

    19h30

    16h00

    19h30

    09h00

    19h00

    19h00

    19h30

    18h00

    19h30

    19h30

    19h30

    18h00

    19h00

    17h00

    19h30

    Setembro

    02 set

    02 set

    04 set

    05 set

    05 set

    06 set

    07 set

    07 set

    07 set

    08 set

    08 set

    09 set

    10 set

    11 set

    12 set

    13 set

    13 set

    15 set

    15 set

    16 set

    16 set

    18 set

    18 set

    19 set

    19 set

    19 set

    21 set

    22 set

    22 set

    23 set

    24 set

    Cambar

    Matriz - 1 Comunho Adultos

    Nossa Senhora das Graas

    Vila Aguiar

    So Benedito

    Goian

    Matriz - Me Peregrina

    Capela do Colgio So Jos

    Junqueira

    Restinga Verde

    Vila Nova So Roque

    Gua I

    Matriz - Novena do Divino

    Santa Quitria

    Vila Mike

    So Benedito

    Taboo

    Junqueira

    Matriz - Crisma Adultos

    Cambar

    Santo Antnio - 1 Eucaristia

    Nossa Senhora das Graas

    Junqueira - Procisso

    Matriz - Santa Teresinha

    So Benedito

    Sabo

    19h30

    07h30

    17h00

    19h30

    18h00

    19h30

    19h00

    19h30

    19h30

    16h00

    19h30

    09h00

    19h00

    19h00

    19h30

    18h00

    19h30

    19h30

    16h00

    18h00

    19h30

    17h00

    18h00

    19h00

    18h00

    19h30

    13 out

    14 out

    14 out

    16 out

    17 out

    17 out

    18 out

    19 out

    19 out

    20 out

    20 out

    21 out

    21 out

    22 out

    23 out

    24 out

    24 out

    26 out

    27 out

    27 out

    27 out

    28 out

    28 out

    30 out

    31 out

    31 out

    25 set

    26 set