Click here to load reader

Jornal MAXXI Anúncios 13

  • View
    218

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição nº13 do Jornal MAXXI Anúncios

Text of Jornal MAXXI Anúncios 13

  • DistribuioGratuita

    Ano 1 | Nmero 13 | Distribuio semanal Santa Maria, 12 de junho a 18 de junho de 2010www.maxxianuncios.com.br

    ndice | Imveis 2 | Veculos 3 | Balada 4 e 5 | Cursos e Concursos 6 | Eventos 7 | Sade e Diversos 8

    Imveis

    Sade

    Contracapa

    Pilates, exerccios

    suaves com timos resultados em pouco

    tempo

    Comprado imvel na planta

    Conhecer os detalhes do

    imvel evita uma surpresa na hora

    da entregaPgina 4

    VeculosDicas, ateno s sinalizaes horizontais no trnsito do dia-a-dia

    Pgina 3

    ConcursosTribunal Regional Federal 4 Regio oferece vaga para Juiz Substituto

    Pgina 6

  • EXPEDIENTE:MAXXI Anncios ClassificadosFundado em 19 de maro de 2010

    Rua Baro do Triunfo, 1449 - CentroCEP: 97.015-070 - Santa Maria - RSTel.: (55) 3026.4400 - 3026.9400

    [email protected]@maxxianuncios.com.br

    www.maxxianuncios.com.br

    Gerente Comercial:Regiane Rosa

    Diretor de Contedo:Andr Luiz Neves

    Fundador:Luis Felipe Bolzan

    Gerente Administrativo:Luis Felipe Bolzan

    Dicas para a compra de um imvel na planta

    Santa Maria, 12 de junho a 18 de junho de 2010Imveis 2www.maxxianuncios.com.br

    A casa prpria, com a facilidade dos financiamentos nos dias atuais, est sendo um sonho que se torna realidade para muitos. No texto ao lado continuamos trazendo algumas dicas importantes na hora da compra de um imvel e, desta vez, o assunto o imvel na planta.

    Nesta edio voc ver tambm uma matria sobre leis de trnsito. O assunto em pauta so as sinalizaes horizon-tais, no caso a Marcao da rea de conflito, importante para que o trnsito de veculos flua, evitanto um maior en-garrafamento. Fique atento.

    Nos concursos, o Tribunal Regional Federal - 4 Regio, oferece 1 vaga para Juiz Federal Substituto.

    Saiba tambm sobre o Pilates, uma tima opo para manter a forma.

    Boa leitura!

    Editorial

    Procure saber todos os detalhes

    do projeto para no ter uma

    surpresa na hora da entrega

    Dando continuidade s dicas e cuida-dos que devemos ter na hora da compra de um imvel, veja no quadro abaixo alguns cuidados ao

    fechar negcio com um imvel na planta. Procure saber todos os detalhes do projeto, desde as reas de convivncia at materiais utilizados.

    Cuidados ao comprar um imvel na planta

    A importncia da coleta seletivaA destinao do lixo um

    problema constante em quase todos os municpios, apesar de ser mais visvel nas grandes cidades. Os municpios se defron-tam com a escassez de recursos para investimento na coleta e no processamento e disposio final do lixo. Os lixes continuam sendo o destino da maior parte dos resduos urbanos produzidos no Brasil, com graves prejuzos ao meio ambiente, sade e qualidade de vida da populao. Mesmo nas cidades que implan-taram aterros sanitrios, o rpido esgotamento de sua vida til mantm evidente o problema do destino do lixo urbano. A situao exige solues para a destinao final do lixo no sentido de reduzir o seu volume. Ou seja: no destino final, preciso ter menos lixo.

    Precisamos ter conscincia da importncia da coleta seletiva, como tambm da conscienti-zao da populao a cerca da mesma. Por isso faz necessrio trabalharmos nas escola, edu-

    cando e conscientizando os alunos para desenvolvermos um trabalho de preservao do meio ambiente.

    Os maiores beneficiados por esse sistema so o meio ambiente e a sade da populao. A recicla-gem de papis, vidros, plsticos e metais - que representam em torno de 40% do lixo domstico - reduz a utilizao dos aterros sanitrios, prolongando sua vida til. Se o programa de reciclagem contar, tambm, com uma usina de compostagem, os benefcios so ainda maiores. Alm disso, a

    reciclagem implica uma reduo significativa dos nveis de polui-o ambiental e do desperdcio de recursos naturais, atravs da economia de energia e matrias-primas.

    Se cada um fizer a sua parte, separando o lixo seco do orgnico e os materiais reciclveis, como plsticos, garrafas pet e garrafas de vidro, no final teramos uma reduo significativa no volume de lixo depositados nos lixes ao ar livre. Colabore com o meio ambiente, quem ganha voc.

    Verifique o memorial descritivo e leia atentamente todas as informaes contidas nele. Localizao, material e equipamento utilizados, tais como o piso, os azulejos e os objetos da rea de convivncia, tambm devero estar relacionados;

    Certifique-se de que o que consta nos folhetos e prospectos condiz com a plan-ta apresentada. Guarde todo o material promocional do empreendimento, pois ele poder ser til em algum momento da negociao;

    Solicite referncias comerciais de ou-tras obras realizadas pela construtora. No caso de imobiliria, verifique se ela possui cadastro no Conselho Regional de Corre-tores de Imveis (CRECI). Caso contrrio, no compre;

    Pea para ler a minuta do contrato do imvel e, se sentir necessidade, leve-a para um advogado especializado na rea ou procure o PROCON da sua cidade.

  • Santa Maria, 12 de junho a 18 de junho de 2010Veculos 3www.maxxianuncios.com.br

    Com certeza voc j deve ter se deparado com a seguinte si-tuao: chega em um cruzamento e no pode passar porque os veculos na via que cruzam a sua esto bloqueando o seu caminho devido a um sinal fechado ou a impossibilidade destes carros, que esto bloqueando a passagem, andarem.

    Para evitar este tipo de problema, o Departamento de Trn-sito criou uma sinalizao chamada de Marcao da rea de conflito, que geralmente vista em cruzamentos demarcando uma rea onde os veculos no podem parar ou estacionar, repre-sentada por faixas amarelas cruzadas (detalhe ao lado). A funo desta sinalizao evitar que o fluxo de veculos na via liberada para trnsito seja interrompido, fazendo com que este trnsito flua, evitando assim mais engarrafamentos.

    Muitos motoristas desconhecem este tipo de sinalizao ou ignoram completamente o seu sentido, trazendo um acmulo de veculos nas vias e consequentemente um maior engarrafamento.

    A sinalizao horizontal tem a finalidade de transmitir e orientar os usurios sobre as condies de utilizao adequada da via, compreendendo as proibies, restries e informaes que lhes permitam adotar comportamento adequado, de forma a aumentar a segurana e ordenar os fluxos de trfego. (Resoluo n 236/07 do Contran)

    um subsistema da sinalizao viria que se utiliza de linhas, marcaes, smbolos e legendas, pintados ou apostos sobre o pavi-mento das vias. Tm como funo: organizar o fluxo de veculos e pedestres; controlar e orientar os deslocamentos em situaes com problemas de geometria, topografia ou frente a obstculos; complementar os sinais verticais de regulamentao, advertncia ou indicao. Em casos especficos, tm poder de regulamentao.

    Se todas as leis de trnsito fossem respeitadas, o trnsito complicado dos dias de hoje, devido ao aumento desenfreado de veculos em nossa cidade, seria menos estressante e agradvel. Portanto, antes de sair por a pensando apenas em si prprio nas horas de pique, respeite a sinalizao, lembre-se que as regras foram feitas para o bem de todos e que o sistema bem administra-do funciona muito bem. Tendo um pouco de pacincia e menos estresse, o seu dia ser bem melhor.

    Sinalizao horizontalGeralmente pintadas sobre as vias, tm por objetivo organizar o fluxo de veculos e pedestres

    HONDA BIZ, 125 KS, ANO 2007, IPVA 2010 PAGO, 2 DONO, TIMO ESTADO, VALOR R$ 4.300,00.TELEFONE PARA CONTATO 9166.6410

    Muitos motoristas desconhecem o significado da Marcao da rea de conflito, que tem por objetivo evitar que o fluxo de veculos seja interrompido nas vias.

    Padro de formas- Contnua: so linhas sem interrupo pelo trecho da

    via onde esto demarcando; podem estar longitudinalmente ou transversalmente apostas via.

    - Tracejada ou Seccionada: so linhas interrompidas, com espaamentos respectivamente de extenso igual ou maior que o trao.

    - Setas, Smbolos e Legendas: so informaes escritas ou desenhadas no pavimento, indicando uma situao ou complementando sinalizao vertical existente.

    Cores- Amarela: utilizada na regulao de fluxos de sentidos

    opostos, regulamentar ultrapassagem e deslocamento la-teral, na delimitao de espaos proibidos para estaciona-mento e/ou parada e na demarcao de obstculos.

    - Branca: utilizada na regulao de fluxos de mesmo sentido; na delimitao de reas de circulao, trechos de pistas destinados ao estacionamento regulamentado de veculos em condies especiais; na marcao de faixas de travessias de pedestres, na pintura de smbolos e legendas, demarcar linha de reteno, regulamentar linha de traspo-sio e ultrapassagem.

    - Vermelha: demarcar ciclofaixas e/ou ciclovias, nos smbolos de hospitais e farmcias (cruz);

    - Azul: utilizada nas pinturas de smbolos em reas es-peciais de estacionamento ou de parada para embarque e desembarque, para pessoas portadoras de deficincia fsica.

    - Preto: utilizada para proporcionar contraste entre o pavimento e a pintura.

    CARACTERSTICAS DA SINALIZAO HORIZONTAL

  • Santa Maria, 12 de junho a 18 de junho de 2010 Balada 4 e 5Nossas dvidas so traidoras e nos fazem perder o bem que s vezes poderamos ganhar pelo medo de tentar. (William Shakespeare)www.maxxianuncios.com.br

    No lao da modaOs laos esto com tudo pro

    inverno e ainda vo invadir os looks de Vero 2011. So adereos importantes tanto em roupas como em acessrios.

    So encontrados em t-shirts, em blusas, em saias, em shorts, em cintos, em vestidos, em malas, em acessrios e tambm em sapatos.

    O lao puro romantismo. Para o Dia dos Namorados, os laos servem de inspirao para a moda, onde aparecem em tamanhos variados e podem ser combinados com praticamente tudo. J pode-mos encontrar diversos tipos e tamanhos de laos nas mais variadas peas do vesturio feminino, dando alm do ar de

Search related