Jornal - outubro 2013

  • View
    222

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Jardim São Paulo.

Text of Jornal - outubro 2013

  • Parqu

    ia No

    ssa Se

    nhora Aparecida do Jardim So Paulo

    PROGRAMAO

    01/10/201320h. A virtude de sua caridade para com Deus. Padre Toninho, proco.02/10/201320h. A virtude de sua caridade para com o prximo.Dom Srgio de Deus Borges, bispo regional.03/10/201320h. A virtude da fPe. Jos Bizon, professor da PUC.04/10/201320h. A virtude da Esperana.Pe. Valeriano, diretor da PUC, Campos Ipiranga.05/10/201317h. A virtude da castidade.Dom Beni, Bispo da diocese de Lorena.07/10/201320h. A virtude da pobrezaPadre Jlio Lancelotti.

    08/10/201320h. A virtude da obedinciaPe. Boris, professor da PUC.09/10/201320h. A virtude da pacinciaDom Fernando, Bispo emrito de Jacarezinho.10/10/201320h. A virtude da oraoPe. Toninho, proco.

    12/10/2013, FESTA RELIGIOSA:HORRIO DAS MISSAS: 8H - PADRE TONINHO10H00 PADRE TONINHO11h45 BNO DOS VECULOS15H00 - MISSA PADRE TONINHO18H00 MISSA CAMPAL (PRESIDIDA PELO CARDEAL ARCEBISPO DE SO PAULO, DOM ODILO).Durante o dia haver shows com msicas ao vivo, barracas de comidas, bolo de Nossa Senhora Aparecida.s 22h, bno com imagem da padroeira e encerramento da festa.

    Tema: "AS VIRTUDES DE NOSSA SENHORA".

    Lema:" DEUS OLHOU PARA A HUMILDADE DE SUA SERVA".

    FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

    2013

    Rua Parque Domingos Lus, 273 CEP 02043-071 - Jardim So PauloSo Paulo - SPInformaes: 11 2979-9270 ouparoquia@nsaparecidajsp.com.br

    /nsaparecidajsp

    /nsaparecidajsp

    Parquia Nossa Senhora AparecidaJardim So PauloAno VI - Edio 64 - Outubro de 2013Distribuio Gratuita - Mensal

    So Jose e o Menino Jesus (1635), Guido Reni.

  • ExpedienteDiretor espiritual: Pe. Toninho / Secretaria: Marcia Chequer Greppi PellegriniPastoral da Comunicao: Andrezza Tronco, Daniel de Paiva Cazzoli, Mrcia Chequer Greppi Pellegrini, Luiz Carlos Spera, Valquria Beltramini, Francisco Santos, Carlos Perptuo FirminoProjeto Grfico: Valquria BeltraminiContribuio: Dom Jos Maria Pinheiro, Andrezza Tronco, Carlos Petrachini, Carlos Perptuo FirminoReviso das matrias: Daniel de Paiva CazzoliRua Parque Domingos Luiz, 273 Jd. So Paulo - tel. 2979-9270 www.nsaparecidajsp.com.br / informativonsaparecida@yahoo.com.br / Twitter: @nsaparecidajsp facebook.com/nsaparecidajsp

    Nossa Senhora me de um povo que, apesar de conviver com corrupes e desrespeito, alegre, feliz e vive na esperana de que um dia tudo possa ser dife-rente e, assim, usufruir de seu trabalho sem ser roubado e enganado por uma minoria que aprendeu a fazer tudo em seu prprio benefcio, querendo pr em prtica seus ideais de riquezas sem fazer por onde merecer.

    Minoria que insiste em cha-mar parte da nao de boba porque se satisfaz com uma pequena esmola, dada com outro nome e que, por comodismo ou falta de senso crtico, aceita de bom grado sem ter a clara noo de es-tar perdendo sua prpria e insubstituvel identidade.

    Eu me sinto profundamente triste com isso e tenho toda certeza do mundo que Nos-sa Senhora, Rainha e me, est mais triste ainda, afinal de contas toda me quer o bem de seus filhos e quan-do um deles assaltado ou humilhado, capaz de tudo para mudar o cenrio.

    No foi toa que ela apa-receu a um grupo de ver-dadeiros trabalhadores, que com seu suor buscavam seu prprio po e vendo a in-tegridade deles interveio, quando estes fracassariam por capricho do destino, em uma infrutfera pescaria.

    No toa tambm, que o Brasil a louva como me dos pobres, dos pequenos que quase sempre se veem de ps e mos atados, sem po-der quebrar as algemas que lhes so impostas por crpu-las que acham que tm o direito de tomar posse das coisas alheias.

    A Virgem de cor morena continua a caminhar com seus filhos e como intercesso-ra se alegrar quando estes receberem a devida honra, enquanto os ladres e assal-tantes perecero, j que ab-dicaram de to grande pre-sente de tambm serem filhos honestos e irmos de todos.

    A exaltao, segundo o Evangelho, e ns cremos, ser para aqueles que foram hu-milhados. Assim aguardamos o efeito da Palavra que no

    A Rainha est tristeQueridos irmos, a paz do Senhor!

    Iniciamos o ms de Nossa Senhora Aparecida, rainha e padroeira do Brasil e estamos na grande expectativa de celebrarmos mais uma festa.

    volta para o Pai vazia, mas antes cumpre sua misso.

    Quem se sente espertinho fa-zendo os outros de tolos, um dia pagar caro e, se no se converter imediatamente e no devolver, semelhan-a de Zaqueu, quatro vezes mais o que levou dos outros sem qualquer merecimento ou razo para isso, perder certamente a graa que re-cebeu.

    Meu povo, vamos aproveitar esse tempo de festa para fa-zer preces e splicas a Deus pelo nosso pas. No perca-mos a esperana. Deus exis-te! Maria me. Faamos a vontade do seu Filho, Jesus Cristo. um pedido dela. Fazei o que Ele vos disser.

    As estruturas injustas um dia acabaro porque no h mal que dure para sempre, no verdade? Assim acre-ditamos e esperamos.

    Espero todos para celebrar-mos juntos nossa festa.

    Um grande abrao, a minha bno e boa festa a todos!

    Editorial

    2

    Padre ToninhoProco

  • Tratamento dos PsTRATAMENTOS DE CALOS, CALOSIDADES,

    UNHAS ENCRAVADAS, ORTONIQUIA (CORREO DE UNHAS), TRATAMENTO AUXILIAR P/ MICOSE DE UNHA, ESPECIALIZADO EM P DIABTICO.

    Marcos S. GarciaP O D L O G O

    Instrumental Esterilizado a 180CRua Paulo Maldi, 183 - Sala 3 - Parada InglesaCEP 02303-050 - So Paulo / SP

    Tes.: (11) 2283-1576Cel.: (11) 99688-1969

    marcossgarcia@uol.com.br

    Dra. Patrcia V. Cordeiro QuispeDERMATOLOGIA - MEDICINA OCUPACIONAL

    CRM 91836

    Av. Nova Cantareira, 1984 sala 142 Tucuruvi - So Paulo SP

    conceitodermatologia@gmail.com

    2597-874399312-6118

    Despachante

    Paulo - Gisele

    JARDIM SO PAULO*Assessoria de Despachos

    *Licenciamento*Renovao de C.N.H.

    *Servios Junto ao Detran(11) 2971-0550(11) 2283-4694Cel: (11) 97891-6716 ID: 121*60415

    Rua Carlos de Laet, 103 - Cep 02041-000 - Jd. So Paulo - SP(prx. ao Metr - Esquina c/ Lencio de Magalhes Alt. 1074)

    medo e ter confiana na prpria capacidade de ser portador da boa notcia: no tenhas medo deles, pois eu estou contido para defender-te (Jr 1,8).

    Em Aparecida, os Bispos da Am-rica Latina e do Caribe, luz da Palavra de Deus, reafirmam esta confiana que o Senhor deposita nos jovens: como discpulos mis-sionrios, as novas geraes so chamadas a transmitir a seus ir-mos jovens, sem distino algu-ma, a corrente de vida que pro-cede de Cristo e compartilh-la em comunidade, construindo a Igreja e a sociedade (DA 443).

    Quem este jovem missionrio? o jovem batizado, membro da Igreja, que forma comuni-dade com a Igreja e sabe que somente possvel ser discpulo em comunho, porque a f nos chegou atravs da comunidade eclesial e esta f nos d uma fa-mlia: a Igreja Catlica. A perten-a a uma comunidade concreta onde se pode viver o discipulado e a comunho com o Papa e os sucessores dos Apstolos o sinal concreto da capacitao para a misso (Cf. DA 156).

    Na Regio Santana participamos, junto com os jovens e demais li-deranas das comunidades pa-roquiais, dos eventos preparati-vos da Semana Missionria e da Jornada no Rio de Janeiro. Po-rm, este ano no somente o ano da JMJ enquanto celebra-o, mas o ano da juventude enquanto protagonista da ao missionria da Igreja. A Campa-nha da Fraternidade enfatizou esse protagonismo ao convidar os jovens do Brasil para responder ao mandato do Senhor, utilizan-do as palavras que Deus dirigiu ao profeta Jeremias: a quem eu te enviar, irs!

    Para o Senhor, os jovens no so apenas aprendizes, aqueles que tm o dever de receber a forma-o e a evangelizao por par-te dos adultos e dos idosos. No ato de enviar o profeta Jeremias, percebemos que o Senhor con-fia nos jovens; Ele, todo podero-so, que fala atravs dos profetas, teve a coragem de dar a misso e falar atravs de um jovem pro-feta: Eu ponho minhas palavras em tua boca (Jr 1,9). Ele pediu a este jovem profeta para vencer o

    Palavra do BispoDom Sergio de Deus BorgesBispo Auxiliar de So PauloVigrio Episcopal para a Regio Santana

    3

    A quem eu te enviar, irs! (Jr. 1,7) O ano de 2013 para a maioria dos brasileiros, principalmente os jovens, o ano da Jornada Mundial da Juventude, evento que envolveu toda a Igreja do Brasil em favor desse maravilhoso encontro do Papa Francisco com os jovens.

    A Igreja no Brasil tem grande confiana no protagonismo dos jovens discpulos (vivem em co-munidade) missionrios (esto capacitados para a misso) e, em nome do Senhor, neste ms missionrio, quer conscientiz--los desta eleio por parte do Senhor, deste ato de confiana de Deus em colocar sua Palavra na boca dos jovens para que eles anunciem esta Palavra aos jovens. Muitos grupos da Pasto-ral da Juventude, Movimentos eclesiais e Novas Comunidades j ouviram este chamado e res-ponderam sim atravs de aes concretas: visitas missionrias s famlias, aos jovens do bairro que se afastaram da comunidade ou dela no participam, misso em outros bairros ou em outras regi-es da cidade e do Brasil; apoio formao de grupos de jovens onde ainda no existe ou esto se mantendo com muita dificul-dade. Queridos sacerdotes, di-conos, membros das pastorais e movimentos: apoiem as ativida-des do ms missionrio; apoiem os jovens no exerccio de seu ba-tismo; abram as portas do cora-o e da igreja com confiana, como Deus confiou sua Palavra ao jovem profeta. Queridos jo-vens: coragem! Se Deus confia em vocs, o que esto esperan-do para que sejam discpulos mis-sionrios, rueiros da f, instrumen-tos de Deus para evangelizar os jovens, como pediu o Papa Fran-cisco?

  • Fone: (11Av

    moda masculina e femininaadulto e infantil

    ) 2283-1328. Lencio de Magalhes, 1236 | Jd. So Paulo

    Fone: (11) 2283-1328Av. Lencio de Magalhes, 1236 | Jd. So Paulo

    4

    Nossa Me Maria

    Neste dia 12 celebramos a festa de nossa querida Me, Maria. Como bom c