Jornal: Sorocabano / Outubro 2013

  • View
    224

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal direcionado aos Aposentados e Pensionistas da Sorocabana / FEPASA. Distribuído aos ativos da ALL / FCA/ VALEC.

Text of Jornal: Sorocabano / Outubro 2013

  • Esta uma publicao do Sindicato da Sorocabana / N 004- Outubro 2013 / Publicao 184

    Sindicatos questionam a ANTT, quanto devoluo de trechos ferrovirios pela FCA.Em audincia realiza-da com Carlos Fernando do Nascimento, diretor da Agncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Sindicato da Sorocabana, questionou a resoluo 4.131 - que per-mite Ferrovia Centro--Atlntica (FCA), devol-ver ao Governo Federal alguns trechos ferrovi-rios que esto sob a res-ponsabilidade da empresa.A audincia aconteceu no dia 05 de agosto de 2013, e contou com a participao dos sindicalistas Paulino Moura e Manoel Cunha da Bahia/Sergipe, Paulo

    de Tarso do Rio de Janei-ro, Edna Bezerra de Belo Horizonte, Mrio Ricardo Aparecido dos Santos e Vandir de Souza Silva da Mogiana, acompanhados do Deputado Estadual do PT/BA Joseildo Ramos, Claudinei Galo represen-tante deputado federal Amauri Teixeira do PT/BA.De acordo com os sindi-calistas, os empresrios investiram no fil que j estava pronto e agora recebem autorizao do governo para devolverem apenas o osso.Outra preocupao so os

    trabalhadores que pres-tam servios nesses tre-chos. Com a desativao dos trechos operacionais, haver demisses em massa.Qual o interes-se da ferrovia em manter vnculo com esses traba-lhadores dentro de um trecho em que receber autorizao do governo para ser devolvido?, questionaram os sindica-listas. Para os represen-tantes dos trabalhadores, a resoluo 4.131 da ANTT, representa um golpe do governo, j que esta ser implantada sem as devi-das discusses com os in-

    Informamos a todos os associados, que a partir do ms de no-vembro /2013, a sede central do Sindicato

    da Sorocabana passar atender em Osasco,

    So Paulo, no endere-o: Praa Padroeira do

    Brasil, n 127 Jardim Ag Centro.

    Para maiores escla-recimentos entre em

    contato conosco pelo telefone: (11) 3826-5299

    teressados.Em resposta, os sindicatos j se movi-mentaram, no sentido de buscar apoio poltico em todos os mbitos, sendo estes, municipais, estadu-ais e federais, como tam-bm, nas centrais sindi-cais - a que cada entidade filiada. Esta devolu-o vai na contra mo do discurso de crescimento ferrovirio. Pois, enten-demos que se todo esse avano no pode acon-tecer, se no passar pelo crescimento da classe tra-balhadora, finalizaram os Sindicatos.

    Sorocabana recebe visita de outros Sindicatos representantes da categoria ferroviria.

    Com o objetivo de es-treitar os laos de ami-zade e buscar melhorias para a categoria, no dia 12 de setembro, nosso Sindicato recebeu em sua sede central, na Rua Barra Funda / So Paulo,

    a honrosa visita dos sin-dicalistas: Francisco Fel-cio (o Frana), Presidente do Sindicato da Paulista, Paulo Francisco, Presi-dente do Sindicato da Mogiana e Tesoureiro da Federao Nacional dos

    Trabalhadores Ferrovi-rios, Jos Carlos Machado e Ayrton Guglielminetti, diretores do Sindicato da Mogiana que conjunta-mente, representaram os presidentes da Federao Nacional dos Trabalhado-res Ferrovirios, do Sin-dicato dos Trabalhadores em Empresas Ferrovirias de So Paulo e do Sindica-to da Araraquarense, alm de representarem tambm o presidente da Unio dos Ferrovirios Aposentados da Mogiana.

  • Editorial

    JORNAL SOROCABANO

    Renovar e intensificar

    Renovao assim que podemos definir essa nova etapa do Sin-dicato da Sorocabana. Claro que, no podemos e nem queremos deixar para trs todos os valores que nos guiaram at aqui. Eles permanecero e nos motivaro a buscar cada vez mais, o melhor para os trabalhadores. Entretanto, quando fala-mos em renovar, alguns preferem seguir seu cami-nho em busca de seus pr-prios interesses. Sem jul-gamentos, agradecemos sua participao at aqui e desejamos sorte em sua nova escolha. Mas voltando ao nosso foco, ou seja, renovar para atender melhor o traba-

    lhador, vale ressaltar que, alm dos aposentados e pensionistas da Soroca-bana, atualmente, nosso Sindicato representa e de-fende os interesses de tra-balhadores de sete empre-sas ferrovirias, so elas: ALL Amrica Latina Logstica, CPTM Com-panhia de Trens Metropo-litanos (linhas 08 - Dia-mante e 09 - Esmeralda), FCA Ferrovia Centro Atlntica S/A, MARU-CA Comrcio e Servios Ltda., PRESSERV Manu-teno e Gerenciamento Ltda., SEMAFER Manu-teno Industrial Ltda., e VALEC - Engenharia, Construes e Ferrovias S/A. Diante da nossa responsa-

    bilidade com esses traba-lhadores, nosso primeiro passo, foi redistribuir as tarefas e funes de acor-do com o perfil de cada dirigente e funcionrio do SINFER, tendo como objetivo, agilizar o atendi-mento aos nossos associa-dos, lembrando que, este atendimento vai desde ao acompanhamento de um processo representati-vidade sindical dentro da base. Agora, o segundo passo, aperfeioar as ferra-mentas de comunicao j existentes no Sindicato (Boletins/ Jornais /Site/Facebook/Twitter) ten-do como objetivo, levar a informao de forma mais direta e transparente, com

    as novidades do Sindicato e as tendncias do setor ferrovirio. Essas ferramentas abriro novos horizontes, at en-to, inexistentes no uni-verso do SINFER. Como tambm, temos certeza, de que elas refletiro e es-treitaro o relacionamento entre Sindicato e catego-ria. Trabalhando muito e nu-trindo esta nova etapa, sem dvidas num futuro breve, podemos semear coisas novas.Finalizamos assim, con-tando com o apoio de to-dos para intensificar nossa luta por dias melhores!

    Sindicato da Sorocabana tem novo presidente

    A frente do Sindicato So-rocabana desde o inicio de agosto deste ano, Izac de Almeida, promete renovar e intensificar a comunicao com a categoria, porm, sem perder os principais valores da entidade pessoas, ver-dade e transparncia.Ferrovirio h 41 anos, Izac ingressou na extinta FEPA-SA (Ferrovia Paulista S/A.) - em 06 de Dezembro de 1972, como auxiliar de con-

    tabilidade. Aps, diversos concursos internos, chegou a Chefe do Centro de Edu-cao Profissional de Presi-dente Altino, j na diretoria de Transportes Metropolita-nos hoje a CPTM.Em 1983, iniciou sua carrei-ra sindical como delegado do Sindicato da Sorocabana permanecendo at 1992, quando foi eleito diretor da entidade e ocupou o posto de 3 secretrio. Nas eleies de 2011 elegeu--se, vice da entidade - a qual assume integralmente agora, aps o falecimento do ento presidente, Rubens dos San-tos Craveiro, ocorrido em 27 de julho de 2013.

    Mini curriculum Iniciou na FEPASA em 1972, onde prestou servios como: Auxiliar de Contabilidade, Tcnico de Planejamento e Tc-nico de Custos;Na rea operacional da Diretoria dos Trans-portes Metropolitanos hoje CPTM, como: Supervisor de Estao.Na rea de RH, como: Instrutor de Desenvolvimento de Pessoal, Analista de Recursos Humanos Junior, Analista de Recursos Humanos Pleno, Analista de Recursos Huma-nos Snior, Especialista / Chefe do Centro de Educao Pro-fissional de Presidente Altino. servio dos Trabalhadores no Sindicato da Sorocabana : Alm de cuidar diretamente dos interesses de aposentados e pensionistas da Sorocabana, Izac participa das negociaes com a ALL, CPTM, FCA, MARUCA, PRESSERV, SEMAFER e VALEC.

    Sindicato dos Ferrovi-rios da Sorocabana

    Mantenha seu cadastro atualizado! Para que nosso Sindicato possa entrar em contato

    com voc divulgando todas as novidades e informaes. Fale com a consignao :

    (11) 3826-5299 ou pelo e-mail: consig@sinfer.org.br

  • Jornal Sorocabano // N 004 - Outubro 2013 // Publicao 184// Pgina 03

    Comunicado Aos associados interessados em entrar com os seguintes processos:

    - IPC : Trata-se de uma defasagem salarial ocorrida em 1990, no corrigida para os aposentados/ pensionis-tas, de aproximadamente 56%;

    - RECOMPOSIO SALARIAL : Observncia do piso salarial de 2,5 salrios mnimos para a classe sala-rial mais baixa, que consequentemente acarretar os aumentos salariais das classes subsequentes consideran-do-se o percentual de aumento entre as classes salariais;

    - 20% DAS PENSIONISTAS : Requer que a pensionista receba o valor integral da complementao de penso, ou seja, receber penso 100% e no 80%;

    - PARADIGMA CPTM: requer reajustes das complementaes de aposentadoria e penses desde 1999, pelos mesmos ndices concedidos aos ativos da CPTM;

    -URV: diferenas salarias a partir de maro de 1994 decorrentes da converso dos salrios em URV's;

    - PISO SALARIAL : destina-se a todos aposentados e pensionistas que tem como salrio base um valor inferior a dois e meio salrios mnimos vigente (R$ 1.695,00 atuais), pois conforme clusula do contrato co-letivo de trabalho, no pode haver salrio base da categoria inferior a este valor;

    - ANUNIOS : Incluso de um anunio para cada ano de servio prestado ferrovia, para os aposentados e pensionistas que no recebem tal percentual;

    - ABONO CPTM 2010 : Mais um abono salarial concedido aos ferrovirios em atividade e que no foi re-passado aos aposentados/pensionistas;

    A partir deste ms, nosso Sindicato estar esclarecendo as principais dvidas quanto esses processos, e ajui-zando as referidas aes.

    Entre em contato com o departamento jurdico do Sindicato ou com a subsede mais prxima de voc!

    Abono 2400 Uma, das primeiras providencias do nosso novo presidente, foi reunir-se com o escritrio contratado - responsvel pelo processo, e exigir uma forma de

    acelerar a soluo da referida ao. Em vista dessa primeira reunio, o escritrio respon-svel, passou a fazer gestes no sentido de agilizar a homologao dos clculos, tendo inclusive, concor-dado com os valores apresentados pela Secretaria da Fazenda. O Sindicato manter seus associados infor-mados quanto ao andamento e novidades deste pro-

    cesso atravs de suas publicaes.

    Em casos de dvida, fale com o Sindicato!

    Aps paralisao realizada em 13 de junho, o Tribunal Regional do Trabalho concedeu cate-goria um reajuste de 8,56% e julgou a paralisa-

    o dos ferrovirios, no abusiva.De