Madelaine Manfron Lucas Alexandre Antonio dos Santos ...· Pensar na organiza98.o como urn todo,

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Madelaine Manfron Lucas Alexandre Antonio dos Santos ...· Pensar na organiza98.o como urn todo,

  • Madelaine Manfron Lucas

    Alexandre Antonio dos Santos

    GESTAo ESTRATEGTCA - ESTUDO DE CASO

    Trabalho de Conclusao de CurSQ

    apresenlado ao Curso de Gestao Estrategica e

    Controladoria da Faculdade de Ciencias Sociais

    da Universidade Tuiuli do Parana, como requisite

    parcial de p6graduaQao.

    Orienlador: Prof. Erica Eleulerio da Luz

    .v

  • RESUMO

    Pensar na organiza98.o como urn todo, sua rela9ao com 0 ambiente interne e

    externa, ter uma visao de futuro para dar continuidade ao sonho de ser empresario,

    e a caracteristica primordial deste trabalho. A percep9ao de que algo pode nao estarde acordo com 0 desejavel, desafia 0 gestor na decisao de controlar e planejar para

    tamar decisbes acertadas, que garantirao 0 sucesso da sua empresa, objetivo maior

    de uma organizayao que valoriza indivfduos e sociedade. De forma simples e

    acessfvel, at raves da analise do funcionamento de uma microempresa comercial do

    ramo de materiais para conslru9ao, esle estudo possibilitara aDs gestores encontrar

    apoio para a execuy:8.o das atividades empresariais, al8m de desenvolver,

    implementar e manter informa90es que auxiliem adequadamente na gestao do

    neg6cio.

  • SUMARIO

    CAPITULO I

    INTROOU9AO 05

    1.1 OBJETIVO GERAL 07

    1.2 OBJETIVOS ESPECiFICOS.......... 07

    1.3 METOOOLOGIA 07

    CAPITULO II

    2 FUNDAMENTA9AO TEORICA .......................... 09

    2.1 MODELO DE GESTAO 09

    2.2 MODELO DE DECISAO 12

    2.3 MODELO DE INFORMAt;:AO.. . 15

    2.4 MODELO DE MENSURA

  • 3.4 ANALISE OA SITUAi;:AO ATUAL ............................................ 26

    3.5 SITUAi;:AO PRO POSTA 31

    CONCLusAo .41

    REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS .42

  • CAPITULO I

    INTRODUC;:AO

    Sob 0 enfoque econ6mico, a missao de tad a empresa e gerar resultados

    positivos que the permitam a permanencia no mercado e para is so e necessaria urn

    conhecimento razoavel da sua estrutura. Atraves de urn sistema adequado de

    informayoes e da correta interpretayao das mesmas, pode-s8 medir 0 refiexo das

    ayoes gerenciais no desempenho do neg6cio.

    o correto gerenciamento do patrimonio da organizayao possibilita 0estabelecimento de urn planejamento adequado, que passa pela defini98.0 da

    missao e escolha de estrategias de 3930. Possibilita ainda rever as projetos em que

    a organizayao esla engajada, avaliar com clareza seus objetivos e posicionar-se

    para nao desviar das rotas estabelecidas.

    o contra Ie na processa de reestrutural(8a e imprescindivel, pois estepassibilita aos geslores medirem as ac;:oes no que diz respeito aos recursos

    empresariais, bem como se a missao e os objetivos estao sendo alcanl(ados da

    forma como se planejou.

    A area da administral(ao nas empresas vem tamando maiores propon;::oes ao

    longo dos an os e a importancia do gestor estar ciente das mudanl(as e instrumento

    fundamental para saber quais as melhores ferramentas a serem aplicadas na

    empresa. Ja 0 conhecimento da area fjnanceira da organizal(8.o e importante para se

  • 6

    estabelecer de que forma as metas financeiras serao atingidas atraves do usa

    apropriado dos recursos existentes.

    A atividade administrativa torna-S8 a cada dia mais incerto, em virtude da

    grande quantidade de variaveis que influem e interferem nas decisoes a curto e

    lon90 prazo. A rapidez com que ocorrem as Iransformayoes e mais um falor quelorna desafiador 0 processo de tomada de decis6es.

    A informa98o e urn instrumento imprescindivel para a gestao de qualquerneg6cio. Percebe-se cada vez mais a necessidade que os gestores de recursos tern

    de conhecer as variaveis que afetam no sentido macro 0 seu mercado e no sentido

    micro a sua empresa.

    Parsee evidente que grande parte dos problemas atuais na gestao das

    organizayoes e oriunda da ausencia de dois aspectos essenciais e insubstitufveis aoprocesso administrativo e que interagem entre si, 0 controle e a informac;ao.

  • 1.1 OBJETIVO GERAL

    ~ Camparar as resultados medidos pela gestao de urn micro empresario

    atrav9S dos controles adotados pela sua administrac;3.o com os

    resultados gerados atraves da implantac;ao de urn sistema de

    informa90es gerenciais.

    1.2 OBJETIVOS ESPECiFICOS

    r Levantamento da perceP9ao do socia proprietaria da sua gestao e dos

    resultados obtidos em seu empreendimento;

    ;... Proposic;ao de relat6rios gerenciais a partir de novas modelos de

    controles administrativos e financeiros;

    :..- Apresentayao dos beneficios com a implantac;ao do novo modele de

    gestao.

    1.3 METODOLOGIA

    Elabora,ao do projeto de pesquisa e escotha bibliografica para a elabora,ao

    da fundamenta

  • Pesquisa de campo para levantamento dos elementos necessarios ao

    estudo de caso para avaliar 0 modele de gestao de uma pequena empresa familiar.

    Reunioes com os proprietarios (gestores do neg6cio) e observa9ao das

    atividades diarias da empresa, procurando evidenciar os processos internos:

    conhecer seu modele de gestao; de decisao; de informa,ao e de mensura,ao;

    conhecer sua estrutura organizacional a fim de medir 0 grau de centraliza9ao e

    delegayao de autoridade e par fim analisar a politica da empresa quanta aos

    processos decis6rios.

  • CAPITULO II

    2 FUNDAMENTA

  • 10

    manutenyao e crescimento das organizayoes e pode-s8 dizer que a administrac;ao

    financeira e a chave para abter sucesso em qualquer organizayao. Envolve nao

    somenle a parte tatica, de controle e analise dos inv8stimentos, como tambem alua

    estrategicamente para a avan90 das empresas, que no alual cenario econ6mico naG

    permite mais margens estratosfericas de luera, 0 que obriga 0 administrador

    financeiro a calcular detalhadamente custos e margens de lucratividade.

    Os impactos ocasionados no fluxo de caixa da empresa sao vitais para a

    sobrevivencia da mesma. Oaf a importancia de S8 contralar eficazmente as entradas

    e safdas de capital, principalmente no que S8 refere a contas a reeeber e contas a

    pagar. 0 mercado atual nao permite que se tenha qualquer descuido nesse aspecto.

    Desta forma, e de suma importancia a analise dos fatores que afetem diretamente 0

    fluxo de caixa da empresa e de que forma minimizar os impactos negativos

    ocasionados principalmente por clientes inadimplentes.

    De acordo com Chiavenato (2001, p. 9) "a palavra administrac;ao vem do

    latim ad (direc;ao, tendencia para) e minister (subordinac;ao e obediencia) e significa

    a realizaC;30 de uma func;ao abaixo do coman do de outrem, isto e, a prestac;ao de

    servic;o a alguem"

    Con forme Maximiano (2002, p. 26), "administraC;30 e 0 processo de tomar e

    colocar em pratica decisoes sobre objetivos e utilizac;ao de recursos"

    o processo administrativo abrange quatro tipos principais de decisoes,

    tambem chamadas processos ou func;oes: planejamento, organizac;ao, execuc;8.o e

    contrale.

    A administraC;30 embora exista na pratica ha muito tempo, vem senda

    estudada hoi pouco tempo, e atualmente com as transformagoes ocorridas

    global mente tem se fortalecido a olhos vistas. As arganizac;oes precisam estabelecer

  • II

    sua missao, objetivos e estrategias. Fala-s8 muito em gestao de pessoas, analise de

    desempenho, obtenyao de recursos, tam ada de decis6es, enfim, inumeras

    a1ividades que precisam de gerenciamento e controle para que possam estar

    caminhando num objetivo comum. E nesse momento que S8 faz absolutamente

    necessaria numa empresa a visao de um administrador.

    Conforme Chiavenato (2001, p. 15). Toda empresa necessita e passui urn

    modele de gestao, este pode ser aparente au naco A maneira como 0 gestor trata os

    elementos que envolvem a empresa, au seja, os problemas estrategicos e

    operacionais da organizayao sao entendidos como modelos de gestao. Pode-s8

    definir ainda como modelo de gestao a representayao abstrata, por meio de ideias,

    valores e crenyas, expressas ou nao por meio de normas e regras que orientam 0

    processo administrativo da empresa. 0 modelo de gestao, portanto, representa a

    forma pela qual a organizayao desenvolve ou ira desenvolver 0 seu neg6cio. Este

    modelo decorre de uma missao pre-estabelecida e dos prop6sitos e objetivos a

    serem alcanyados pela mesma. Sendo assim, 0 modelo de gestao e influenciado

    pela missao organizacional e claramente, os valores e as crenyas dos pr6prios

    gestores exercem grande influencia sobre 0 modelo de gestao adotado.

    o modelo de gestao existe com 0 prop6sito de dar condiyoes para que todosos processos sejam adequadamente avaliados, no momento certo e na qualidade

    necessaria para que sejam evitadas decisoes conflitantes com os objetivos

    primordiais da empresa e este deve integrar-se com 0 modelo de decisao,

    informayao e mensurayao.

  • 12

    2.2 MODELO DE DECISAo

    o Modele de Decisao e utilizado pelo administrador ou gestor como urnaferramenta ulilizada para dentre varias alternativas de 8yao escolher a melhor para 0

    seu negocio e lambem avaliar as consequencias que resultarao da selec;ao dessa

    escolha. Esle modele volta-s8 para 0 futuro, tralando-s8 tambem do modele que

    orienta a 10mada de decisoes, ou seja, a escolha de 890es em determinado ponto do

    tempo, no planejamenlo do proprio sistema de informayoes que norteiam os rumos

    da organizayao.

    Atingir os objetivos conforme 0 que foi definido no planejamento e urn dosmotivos pelo qual 0 modelo de decisao torna-se primordial, p