Paglia Produção

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Paglia Produção

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    1/63

    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO  UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS  FACULDADE DE AGRONOMIA ELISEU MACIEL

    PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEBOLA (Allium cepa L.)  SOB UMA PERSPECTIVA AGROECOLÓGICA

    ÀGUIDA GORETI PAGLIA

    Dissertação apresentada à Universidade  Federai de Pelotas, sob a orientação da  Prof Dra Tânia Beatriz Gamboa Araújo  Morselli, como parte das exigências do 

    Programa de Pós-Graduação em  Agronomia, Área de Concentração:  Produção Vegetal, para obtenção do título  de Mestre em Ciências.

    PELOTAS  Rio Grande do Sul - Brasil 

    Fevereiro de 2003

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    2/63

     \ 

    Dados de catalogação na fonte: (Marlene Cravo Castillo - CRB -10/744)

    P138P Paglia, Águida Goreti Produção de mudas de cebola (Allium cepa L.) sob uma pers

    pectiva agroeco lógica / Águida Goreti Paglia ; orientador Tânia  Beatriz Gamboa Araújo Morselli . - Pelotas, 200 3. - 64 f. : il.  Dissertação (Mestrado). Produção Vegetal. Faculdade de Agro nomia E liseu Maciel. Universidade Federal de Pelotas,. Pelotas,  2003.

    1 .Allium cepa L. 2. Mudas 3. Agroecologia I .Morselli,  Tânia Beatr iz Gam boa Araújo (orientador) II .Título.

    CDD 635.25

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    3/63

    PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEBOLA (Allium cepa L.)  SOB UMA PERSPECTIVA AGROECOLÓGICA

    Enga Agra ÀGUIDA GORETI PAGLIA

    Dissertação Submetida como parte dos requisitos para obtenção do Grau de

    Mestre em Ciência  Programa de Pós-Graduação em Agronomia

    Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel Pelotas (RS), Brasil

    Prof* Dra Tânia Beatriz Gamboa Araújo Morselli 

    Prof. Dr. Sérgio Roberto Martins 

    P ro f Dra Roberta Marins Nogueira Peil

    Prof Dra Tânia Beatriz Gamboa Araújo Morselli (Orientadora)

    Prof. Dr. José Geraldo Wizniewsky(DCSA/FAEM/UFPel)

    Prof. Dr. Carlos Rogério Mauch (DFT/FAEM/UFPel)

    Eng° Agro" Dr. José Ernani Schwengber (EMATER/RS)

    Comitê de Orientação:

    Prof. Dr. João Baptista da Silva

    Aprovada em 21 de fevereiro de 2003. Homologado / 720 03.

    Prof. Dr. Carlos Rogério Mauch Coordenador do Programa de

    Pós-Graduação em Agronomia

    Prof. Dr. César Valmor Rombaldi Diretor da Faculdade de Agronom ia

    II

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    4/63

     Não é o desafio com que nos deparamos,

    que determina quem somos e o que estamos nos tornando.

    Mas a maneira com que respondemos a este desafio.

    Somos combatentes, idealistas, mas plenamente conscientes.

    Porque o ter consciência não nos obriga

    a ter teoria sobre as coisas;

    só nos obriga a sermos conscientes.

    Dificuldades para vencer. A liberdade para provar.

    E, enquanto acreditamos no nosso sonho.

     Nada é por acaso.

    (Henfil)

     \ 

    Acredito que Deus está em tudo.

    Por isso, à Natureza, dedico.

    iii

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    5/63

    AGRADECIMENTOS

    Cumprindo esta etapa, fundamental para minha formação profissional, começo

    agradecendo a FAEM/UFPel pela oportunidade.

    A FEPAGRO/SUL, que abriu espaço para a produção e troca de conhecimento. Aos funcionários, que foram fundamentais na execução deste trabalho.

    Ao Programa RS-Rural, por fornecer todas as condições financeiras à realização

    deste trabalho, acreditando na necessidade de geração de tecnologias que possam

    responder a imensa diversidade dos agroecossistemas regionais.

    Sou especialmente grata à Tânia, que esteve comigo no dia-dia. Considero-a muito

    mais que orientadora, considero-a, como uma parceira na vida, tanto nas horas alegres

    como nas tristes, pois partilhamos do alfabeto emocional.

    Aos co-orientadores: Sérgio, pelo ser amoroso que é; Roberta, pela incansável

    ajuda e João Baptista por sua dedicação.

    A todos os professores e funcionários que contribuíram com sorrisos e disposição,

    sempre.

    Meus colegas e amigos verdadeiros. Não citarei nomes, pois todos são especiais,

    são “seres humanos” que tanto amo e admiro. Paulo Timm, obrigada pela confiança e dedicação.

    A minha família. Junto a eles restauro as forças da minha alma e encontro apoio e

    estimulo para prosseguir e meu caminho tendo a certeza que nunca estarei só.

    Edi, quanta saudade senti. Fez-me crer que é possível fazer do sonho, a vida.

     Nosso amor m e fortaleceu nos dias difíceis.

    Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico, pelo apoio financeiro.

    E por último, mas não menos importante, a todos que acreditam e compartilham

    na busca do ideal “felicidade”, este, que só pode ser operacionalizado dentro do real, e

    que, certamente, este real, pode ser mudado.

    \

    IV

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    6/63

     \ 

    ÍNDICE

    FICHA DE HOMOLOGAÇÃO................................................................................. ii

    DEDICATÓRIA........................................................................................................... iii

    AGRADECIMENTOS................................................................................................ iv

    ÍNDICE.......................................................................................................................... v

    SUMÁRIO..................................................................................................................... vii

    SUMMARY................................................................................................................... ix

    IN TRODUÇÃO.......................................................................................................... 1

    2. REVISÃO DE LITER ATU RA ........................................................................... 3

    2.1. Desenvolvimento e sustentabilidade............................................................... 3

    2.1.1. Agroecologia: Paradigma em construção................................................ 5

    2.1.2. Agroecologia e agricultura familiar.......................................................... 7

    2.1.3. O Mercado de produtos orgânicos............................................................ 8

    2.2. A cultura da cebola e sua importância............................................................ 9

    2 .2 . 1 . Características agronômicas da cebola.................................................... 1 0

    2.2.2. A produção de mudas de hortaliças........................................................... 11

    2.3. Adubação orgânica............................................................................................ 12

    2.3.1. Efeitos da adubação orgânica no solo...................................................... 13

    2.3.2. Efeitos da adubação orgânica nas culturas.............................................. 14

    2.3.3. Plantas de cobertura do solo...................................................................... 15

    2.3.4. Adubação foliar........................................................................................... 15

    2.4. Vermicompostagem........................................................................................... 16

    V

  • 8/16/2019 Paglia Produção

    7/63

    2.4.1. Resíduos utilizados na vermicompostagem............................................. .............17

    2.4.1.1. Resíduos de origem animal...............................................................................17

    2.4.1.2. Resíduos de origem vegetal..............................................................................17

    2.5. Biofertilizantes................................................................................................... .............18

    2.5.1. Urina de vaca............................................................................................... ............. 20

    2.5.2. Alhol............................................................................................................. ............. 21

    2.5.3. Calda Bordalesa........................................................................................................22

    2.5.4. Biofertilizante Super Magro................................................................................... 22

    2.5.6. Biofertilizante MB4 ..................................................................................................23

    3. MATERIAL E MÉTODOS.................................................................................. ............24

    3.1. Local de execução do experimento.............................................................................. 24

    3.2. Análise estatística............................................................................................... ............24

    3.3. Tratamentos......................................................................................................... ............25

    3.4. Condução do experimento.............................................................................................27

    3.5. Observações agronômicas............................................................................................28

    3.5.1. Fitomassa fresc

Search related