of 110 /110
Superintendência de Tecnologia da Informação STI Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2016 – 2019 Versão 2018 Agência Nacional de Águas

Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI - ana.gov.br · Superintendência de Tecnologia da Informação . STI. Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2016 – 2019

Embed Size (px)

Text of Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI - ana.gov.br · Superintendência de Tecnologia da...

Superintendncia de Tecnologia da

Informao

STI

Plano Diretor de Tecnologia da Informao

PDTI 2016 2019 Verso 2018

Agncia Nacional de guas

Repblica Federativa do Brasil Michel Miguel Elias Temer Lulia Presidente

Ministrio do Meio Ambiente Jos Sarney Filho Ministro

Agncia Nacional de guas Diretoria Colegiada Christianne Dias Ferreira (Diretora-Presidente) Marcelo Cruz Ney Maranho Oscar de Moraes Cordeiro Netto Ricardo Medeiros Andrade

Superintendncia de Tecnologia da Informao Sergio Augusto Barbosa Superintendente

Maurcio Cezar Rebello Cordeiro Superintendente Adjunto

Marco Antonio Silva Coordenador Coordenao de Sistemas Finalsticos Claudio Pereira Coordenador Coordenao de Sistemas Institucionais Luciano Antnio Gonzaga Villarino Coordenador Coordenao de Governana de Tecnologia da Informao Roberto Lanari Junior Coordenador Coordenao de Operao da Infraestrutura de Tecnologia da Informao Allan Nagem Soares Coordenador Coordenao de Planejamento da Infraestrutura de Tecnologia da Informao [....] Coordenador

Agncia Nacional de guas Ministrio do Meio Ambiente

Plano Diretor de Tecnologia da Informao da Agncia Nacional de guas

PDTI - 2016 - 2019

Verso 2018

Agncia Nacional de guas - ANA Braslia - DF

2018

2015, Agncia Nacional de guas (ANA) Setor Policial Sul, rea 5, Quadra 3, Blocos B, L, M e T. CEP: 70610-200, Braslia DF. PABX: (61) 2109-5400 | (61) 2109-5252 Endereo eletrnico: www.ana.gov.br

Equipe de Elaborao do PDTI Marco Antonio Silva Maurcio Cezar Rebello Cordeiro Roberto Lanari Junior Wilfredo Pacheco Grupo de Trabalho do CTI GT-PDTI/PETI Marco Antonio Silva Fabiano Costa de Almeida Equipe Tcnica da STI Breno Diogo de Carvalho Camargos Fabiano Costa de Almeida Fbio Vicente Ferreira Francilene Faria Arajo Mendes Gustavo Souto Fontes Molleri Jos Carlos Tavares dos Anjos Filho Marlon Crislei da Silva Mauricio Silva

Pontos Focais do PDTI nas UORGs Agustin JustoTrigo - SAS Cludia Fernanda das Neves Costa - AUD Cristianny Villela Teixeira - GGAC Diego Liz Pena - SOE Elmar Luis Kichel - COR Joo Carlos de Mendona Nascentes - SRE Jos Alves de Souza Neto - SAF Marco Alexandro Silva Andre - SIP Mateus Monteiro de Abreu - GGES Maurcio Andres Ribeiro - SGE Nadia Eleutrio Vilela Menegaz - SFI Paulo Marcos Coutinho dos Santos - SPR Rodrigo Dalle Molle Pimenta - PF-ANA Walszon Terllizzie Arajo Lopes - SGH

Todos os direitos reservados. permitida a reproduo de dados e de informaes contidos nesta publicao, desde que citada a fonte.

Catalogao na fonte: CEDOC / BIBLIOTECA

A265r Agncia Nacional de guas (Brasil).

Plano Diretor de Tecnologia da Informao da Agncia Nacional de

guas: PDTI 2016-2019. -- Braslia: ANA, 2016. 58 p. : il. 1. Tecnologia da Informao I. Ttulo

CDU 004

http://www.ana.gov.br/

Controle de verses:

Verso Data Modificador Tipo de Modificao

1.0 01/12/2015 Marco Antonio Silva Criao e alteraes

1.1 03/02/2016 Marco Antonio Silva Incluso de anexos

1.3 01/03/2016 Marco Antonio Silva Incluso das contribuies do superintendente.

1.4 10/03/2016 Marco Antonio Silva Incluso o item Infraestrutura Tecnolgica de TI, por solicitao do CTI.

1.5 13/04/217 Marco Antonio Silva Reviso 2016 - Atualizao do inventrio de necessidades, incluso dos planos de ao, oramentrio e capacitao para o ano de 2017.

1.6 18/04/2018 Marco Antonio Silva Reviso 2017 - Atualizao do inventrio de necessidades, incluso dos planos de ao, oramentrio e capacitao para o ano de 2018.

Contatos:

Tcnico Telefone E-mail

Marco Antonio Silva (61) 2109-5379 [email protected]

Lista de Figuras Figura 1: Objetivos especficos do PDTI ........................................................... 9 Figura 2: Processo de acompanhamento do PDTI ......................................... 10 Figura 3: Fases do processo de elaborao do PDTI .................................... 13 Figura 4: Relao entre os instrumentos de planejamento de TI e da ANA ... 14 Figura 5: Organograma da ANA ..................................................................... 18 Figura 6: Organograma da rea de tecnologia da informao ....................... 20 Figura 7: Modelo de governana de tecnologia da informao ...................... 25 Figura 8: Arquitetura corporativa de TI ........................................................... 28 Figura 9: Mapa Estratgico de TI ................................................................... 35 Figura 10: Relao de alinhamento estratgico ............................................. 36 Figura 11: Itens do levantamento de necessidades ....................................... 38 Figura 12: Necessidades identificadas ........................................................... 39 Figura 13: Processo anual de planejamento de TI ......................................... 42 Figura 14: Organizao do PAC ..................................................................... 52

Lista de Tabelas Tabela 1: Lista de termos e abreviaes ........................................................ 13 Tabela 2: Documentos de Referncia ............................................................ 16 Tabela 3: Princpios e Diretrizes ..................................................................... 18 Tabela 4: Principais atividades das coordenaes ......................................... 24 Tabela 5: Processo e subprocessos de TI do macroprocesso B.2. ................ 27 Tabela 6: Processo e subprocessos de TI do macroprocesso C.1. ................ 27 Tabela 7: Objetivos estratgicos de TI ........................................................... 34 Tabela 8: Iniciativas definidas no PETIC ........................................................ 38 Tabela 9: Indicadores e metas do PETIC ....................................................... 41 Tabela 10: Resultado da metodologia de priorizao ..................................... 44 Tabela 11: Plano de Ao 2018 Sistemas de Informao ........................... 42 Tabela 12: Plano de Ao 2018 Infraestrutura ............................................ 43 Tabela 13: Plano de Ao 2018 Segurana da Informao ........................ 44 Tabela 14: Plano de Ao 2018 Governana .............................................. 46 Tabela 15: Plano de Ao 2018 Contrataes ............................................ 50 Tabela 16: Quantitativo mnimo de servidores na rea de TI ......................... 51 Tabela 17: Plano de Capacitao 2018 ....................................................... 54 Tabela 18: Plano Oramentrio para 2018 ..................................................... 55

Sumrio Lista de Figuras ........................................................................................................... 7 Lista de Tabelas .......................................................................................................... 7 Sumrio ....................................................................................................................... 8 Apresentao .............................................................................................................. 7 1 Introduo ............................................................................................................... 8

1.1 Objetivos do PDTI ................................................................................ 9

1.2 Abrangncia do PDTI ......................................................................... 10

1.3 Perodo de validade do PDTI ............................................................. 10

1.4 Perodo de reviso do PDTI ............................................................... 10

1.5 Processo de acompanhamento do PDTI ............................................ 10

2 Termos e Abreviaes .......................................................................................... 12 3 Metodologia Aplicada ............................................................................................ 13 4 Documentos de Referncia ................................................................................... 15 5 Princpios e Diretrizes ........................................................................................... 17 6 Organizao da TI ................................................................................................. 18

6.1 Processos de TI ................................................................................. 26

6.2 Arquitetura Corporativa de TI ............................................................. 27

6.3 Infraestrutura tecnolgica de TI .......................................................... 28

6.4 Recursos Humanos de TI ................................................................... 29

7 Resultados do PDTI anterior ................................................................................. 30 7.1 Governana ........................................................................................ 30

7.2 Infraestrutura ...................................................................................... 31

7.3 Segurana da Informao .................................................................. 31

7.4 Sistemas de Informao ..................................................................... 32

8 Referencial Estratgico de TI ................................................................................ 33 8.1 Objetivos estratgicos de TI ............................................................... 34

8.2 Mapa estratgico de TI ....................................................................... 35

9 Alinhamento com as estratgias da organizao .................................................. 36 9.1 Relao de alinhamento estratgico .................................................. 36

9.2 Planejamento Estratgico de TI da ANA ............................................ 36

10 Inventrio de Necessidades .................................................................................. 38 11 Plano de Metas e Aes ....................................................................................... 39

11.1 Plano de Metas ............................................................................... 39

11.2 Plano de Aes ............................................................................... 41

11.3 Plano de Aes - 2018 .................................................................... 43

11.4 Critrios de Priorizao ................................................................... 43

11.5 Plano de Ao Sistemas de Informao ...................................... 42

11.6 Plano de Ao Infraestrutura ........................................................ 43

11.7 Plano de Ao Segurana da Informao .................................... 44

11.8 Plano de Ao Governana ......................................................... 45

11.9 Plano de Ao Contrataes ........................................................ 47

12 Plano de Gesto de Pessoas ................................................................................ 51 12.1 Necessidade de pessoal de TI ........................................................ 51

12.2 Plano de Capacitao de TI ............................................................ 52

12.3 Plano de Capacitao de TI - 2018 ................................................. 53

13 Plano Oramentrio .............................................................................................. 54 13.1 Plano Oramentrio 2018 ............................................................ 55

14 Fatores Crticos de sucesso na execuo do PDTI .............................................. 55 15 Concluso ............................................................................................................. 56 16 Anexos .................................................................................................................. 57

16.1 Plano de Trabalho de Elaborao do PDTI ..................................... 57

16.2 Formulrios de Levantamento de Necessidades ............................ 57

16.3 Inventrio de Necessidades de TI ................................................... 57

16.4 Relao dos Contratos de TI vigentes em janeiro de 2016 ............. 57

16.5 Inventrio dos Sistemas e Portais da ANAErro! Indicador no definido.

7

Apresentao O Plano Diretor de Tecnologia da Informao (PDTI) instrumento de

planejamento das aes de tecnologia da informao da Agncia Nacional de guas, que apoia as unidades organizacionais no alcance de seus objetivos estratgicos e no cumprimento de suas atribuies legais.

A elaborao e atualizao do PDTI uma orientao definida no mbito do Sistema de Administrao dos Recursos de Tecnologia da Informao (SISP) que agrega as atividades de planejamento, coordenao, organizao, operao, controle e superviso dos recursos de TI dos rgos e entidades da administrao pblica federal.

O PDTI est alinhado ao Planejamento Estratgico Institucional (PEI) por meio do resultado esperado 12. Infraestrutura e tecnologia adequadas e gerenciadas com eficincia, alm de estar estruturado como um desdobramento natural do Planejamento Estratgico de Tecnologia da Informao (PETI) em todos os objetivos estratgicos.

O presente documento est estruturado da seguinte forma: na primeira parte so apresentadas informaes iniciais sobre o PDTI como abrangncia, perodo de vigncia, reviso, metodologia aplicada, documento de referncia, princpios e diretrizes, como est organizada a TI e os resultados do PDTI anterior.

Na segunda parte apresentado o referencial estratgico de TI, o alinhamento com as estratgias da organizao e o inventrio das necessidades de TI.

A terceira e ltima parte formada pelos planos de metas e aes, de gesto de pessoas e oramentrio, alm dos fatores crticos de sucesso para execuo do PDTI.

Os documentos adicionais utilizados para elaborao do PDTI, esto inseridos na seo Anexos deste documento.

8

1 Introduo A Agncia Nacional de guas (ANA) uma autarquia sob regime especial,

vinculada ao Ministrio do Meio Ambiente (MMA), criada pela Lei Federal n 9.984 de 18 de julho de 2000, integrante do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hdricos (SINGREH) e tem como responsabilidade implementar a Poltica Nacional de Recursos Hdricos (PNRH) e regular o uso da gua, de acordo com a Lei das guas n 9.433 de 8 de janeiro de 1997.

Para cumprir as atribuies institucionais, a ANA organiza sua atuao em 3 vertentes: regulao, gesto de recursos hdricos e induo. Na vertente de regulao a ANA atua na implementao dos instrumentos de gesto de recursos hdricos previstos na PNRH, quais sejam: planos de recursos hdricos, enquadramento dos corpos de gua em classes, outorga dos direitos de uso de recursos hdricos, cobrana pelo uso de recursos hdricos e sistema de informaes sobre recursos hdricos. Alm da implementao dos instrumentos, a ANA exerce a funo reguladora e fiscalizadora dos usos de recursos hdricos e da segurana de barragens. Na vertente de gesto a ANA atua no apoio e fortalecimento dos entes do SINGREH alm de executar o monitoramento hidrolgico quali-quantitativo dos cursos dgua no pas. Na vertente de induo a ANA desenvolve programas e projetos indutores que visam estimular o uso racional da gua e aumento da disponibilidade hdrica.

A PNRH prev que a gesto dos recursos hdricos no Brasil seja realizada pelos rgos gestores estaduais e federal, de forma integrada, participativa e descentralizada.

A integrao da gesto tambm diz respeito inter-relao entre os diversos atores integrantes do SINGREH. Fazem parte desse sistema os conselhos de recursos hdricos, os rgos gestores, os comits de bacias hidrogrficas e as agncias de bacias. Estes integrantes esto presentes tanto na esfera estadual quanto federal.

A participao da sociedade na gesto de recursos hdricos est prevista na lei e se configura na constituio dos comits de bacias hidrogrficas e dos conselhos de recursos hdricos (nacional e estaduais).

Como pode ser percebido, o SINGREH composto de diversos atores, em vrios nveis, com caractersticas e atribuies diferentes, mas com uma forte necessidade de integrao, o que representa grande desafio para as reas de TI desses diversos rgos. Definir estratgias institucionais entre os diversos integrantes do SINGREH, visando diminuir as incertezas na tomada de deciso e a insero dos diversos atores na gesto, principalmente a sociedade civil, uma tarefa difcil, com custos altos e requer alto nvel de disseminao da informao. Dessa forma, o emprego de recursos de TI imprescindvel para atingir os objetivos propostos.

9

Nesse contexto impossvel pensar na atuao efetiva da ANA, nas diversas vertentes e nos diversos desafios, sem o uso intensivo das tecnologias da informao, principalmente nos dias atuais, onde a informao precisa, segura, confivel e a tempo, assume uma importncia vital para a tomada de deciso, tanto na gesto dos recursos hdricos quanto na vida das pessoas.

A ANA possui alta dependncia de TI para o cumprimento de sua misso institucional, enquanto que a percepo do valor agregado da tecnologia da informao na instituio ainda baixa.

Com o objetivo de reposicionar a TI da ANA para exercer um papel mais estratgico, o Comit de Tecnologia da Informao da ANA aprovou, em 2015, o Plano Estratgico de Tecnologia da Informao da ANA (PETI), que define para a TI da ANA, os referenciais estratgicos, os objetivos estratgicos, alm das iniciativas estratgicas, indicadores e metas para o perodo de 2015 a 2020. Este plano foi aprovado pela Portaria n 330, de 22 de setembro de 2015.

Um dos instrumentos para a consecuo do Plano Estratgico de Tecnologia da Informao o Plano Diretor de Tecnologia da Informao (PDTI). O PDTI definido pela IN 04/2010 em seu Art. 2, inciso XXII, como um instrumento de planejamento de TI a ser utilizado no mbito da Administrao Pblica Federal. Ainda, segundo a IN 04/2014, o PDTI um instrumento de diagnstico, planejamento e gesto dos recursos e processos de Tecnologia da Informao que visa atender s necessidades tecnolgicas e de informao de um rgo ou entidade para um determinado perodo.

O PDTI, como parte do planejamento ttico de TI ter como referncia as definies do PETI e trar um detalhamento das iniciativas estratgicas ao nvel da execuo anual da Agncia.

1.1 Objetivos do PDTI

O PDTI tem como objetivo ser a ferramenta para o planejamento, a execuo e o monitoramento das aes e metas da tecnologia da informao TI.

Mais especificamente os objetivos do PDTI so:

Figura 1: Objetivos especficos do PDTI

Detalhar as iniciativas e metas do PETI ao nvel da

execuo anual

Maior efetividade nas contrataes

de TI;

Planejamento e acompanhamento

das aes de TI

Fortalecer as aes de TI;

Integrar as necessidades de TI das reas da ANA

Otimizar os esforos

Garantir o controle das aes de TI

Aplicar os recursos naquilo que considerado estratgico

Aumentar a satisfao dos usurios dos servios de TI

10

1.2 Abrangncia do PDTI

Este PDTI tem a abrangncia de toda a organizao da Agncia Nacional de guas, localizada em Braslia/DF.

1.3 Perodo de validade do PDTI

O perodo de validade do PDTI ser de 4 anos, compreendendo janeiro de 2016 a dezembro 2019.

1.4 Perodo de reviso do PDTI

O PDTI tem reviso prevista para dezembro de 2017 ou sempre que houver alteraes nas orientaes estratgicas da ANA.

1.5 Processo de acompanhamento do PDTI

O processo de acompanhamento do PDTI ser executado anualmente e ter as seguintes etapas:

Figura 2: Processo de acompanhamento do PDTI

A primeira etapa consiste em coletar, consolidar e avaliar os indicadores. composta das seguintes tarefas:

1. Coletar e consolidar o resultado dos indicadores;

2. Analisar os valores coletados pelos indicadores, comparando com os valores das metas estabelecidas;

3. Avaliar e propor aes corretivas, se necessrio.

A segunda etapa corresponde elaborao do relatrio anual de execuo do PDTI. Este relatrio contm as seguintes tarefas:

1. Coletar e registrar as informaes referente a execuo das aes previstas no Plano de Ao anual;

rea de TIColetar,

consolidar e os indicadores

Elaborar- Relatrio Anual de Execuo do

PDTI

CTI Apreciar, aprovar e submeter DIREC- Relatrio Anual de Execuo do PDTI

11

2. Analisar as informaes coletados, comparando os prazos e valores com os estabelecidos;

3. Identificar as possveis causas de atrasos e alteraes de valores;

4. Avaliar e propor aes corretivas, se necessrio, para subsidiar a elaborao do Plano de Ao para do prximo ano.

Cabe ao Comit de TI apreciar e aprovar os respectivos relatrios e avaliaes, bem como propor aes corretivas, se for o caso.

12

2 Termos e Abreviaes So apresentadas as siglas, termos tcnicos, convenes e abreviaes que

so usados no decorrer deste documento, criados para simplificar a redao e leitura do PDTI.

Sigla Descrio ANA Agncia Nacional de guas

ASCOM Assessoria de Comunicao da ANA

BSC Balanced Scorecard

BI Business Intelligence

CGGEP Coordenao Geral de Gesto de Pessoas

COGTI Coordenao de Governana e Segurana de Tecnologia da Informao

COINF Coordenao de Infraestrutura

COSFI Coordenao de Sistemas Finalsticos

COSIN Coordenao de Sistemas Institucionais

CSIC Comit de Segurana da Informao e Comunicao

CTI Comit de Tecnologia da Informao

CPLIN Coordenao de Planejamento Institucional

DGTI Desenvolvimento de Gestores de Tecnologia da Informao

DIREC Diretoria Colegiada da ANA

DR Documento de Referncia

EGTI Estratgia Geral de Tecnologia da Informao

ETIR Equipe de Tratamento e Resposta a Incidentes em redes computacionais

ENAP Escola Nacional de Administrao Pblica

ETL Extract, Transform and Load (Extrair, Transformar e Carregar)

GGES Gerncia Geral de Estratgia

GIS Geographic Information System (Sistemas de Informaes Geogrficas)

GT-PDTI/PETI Grupo de Trabalho de Planejamento do CTI

GT-Sistemas Grupo de Trabalho de Sistemas de Informao

IN Instruo Normativa

iGovTI ndice de Maturidade de Governana de TI

MMA Ministrio do Meio Ambiente

PAC Plano Anual de Capacitao

PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informao

PEI Planejamento Estratgico Institucional

PETI Plano Estratgico de Tecnologia da Informao

PNRH* Plano Nacional de Recursos Hdricos

PNRH Poltica Nacional de Recursos Hdricos

PPA Plano Plurianual

13

Sigla Descrio POSIC Poltica de Segurana da Informao e Comunicao

SINGREH Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hdricos

SISP Sistema de Administrao dos Recursos de Tecnologia

SLA Service Level Agreement (Acordo de Nvel de Servio)

SLTI/MP Secretaria de Logstica e Tecnologia do Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto

SNIRH Sistema Nacional de Informaes sobre Recursos Hdricos

STI Superintendncia de Tecnologia da Informao

SWOT Strengths (foras), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaas)

TI Tecnologia da Informao

TCU Tribunal de Contas da Unio

UORG Unidade Organizacional

Tabela 1: Lista de termos e abreviaes

3 Metodologia Aplicada Para elaborao do PDTI foi utilizado o Guia de Elaborao de PDTI do SISP

Verso 2.0 beta, publicado pela SLTI/MP, disponvel no endereo: www.sisp.gov.br. Este guia foi elaborado pelo grupo de consultores de gesto e governana do SISP, baseado no material didtico do curso Elaborao do Plano Diretor de Tecnologia da Informao do programa Desenvolvimento de Gestores de Tecnologia da Informao (DGTI) da Escola Nacional de Administrao Pblica (ENAP).

O guia do SISP define 3 (trs) fases que compem o processo de elaborao do PDIT: preparao, diagnstico e planejamento.

A fase de preparao representa o incio da elaborao do PDTI, onde definida a abrangncia e o perodo do PDTI, constituda a equipe de elaborao, identificados os documentos de referncia e planejadas as atividades de elaborao.

A fase de diagnstico consiste em entender a situao atual da TI da ANA, identificando as necessidades de TI das diversas unidades organizacionais da Agencia. Para isso, elabora-se uma anlise do PDTI anterior e um levantamento de necessidades, e faz-se uma anlise estratgica.

A fase de planejamento tem como objetivo planejar o atendimento das necessidades de TI e estabelecer os planos e as aes. Para isso, executam-se os processos relacionados priorizao e planejamento das necessidades e definio das aes e metas abrangendo aspectos oramentrios, de pessoal e riscos.

Figura 3: Fases do processo de elaborao do PDTI

Preparao Diagnstico (Situao Atual)Planejamento

(Situao Desejada)

14

A elaborao do PDTI contou com a participao de todas as coordenaes da STI. As definies elaboradas foram submetidas ao GT-PDTI/PETI para anlise e validao. Posteriormente, o documento ser submetido anlise do CTI, que por sua vez submeter apreciao da Diretoria Colegiada da ANA.

A figura 2 abaixo representa a relao entre os diversos instrumentos e nveis de planejamento na ANA.

Figura 4: Relao entre os instrumentos de planejamento de TI e da ANA

15

4 Documentos de Referncia Para a elaborao deste PDTI foram analisados os seguintes documentos:

ID Documento Descrio

DR1 Constituio Federal / 1988 Constituio da Repblica Federativa do Brasil de 1988.

DR2 Decreto-lei n 200/1967 Dispe sobre a organizao da Administrao Federal, estabelece diretrizes para a Reforma Administrativa e d outras providncias.

DR3 Decreto n 2.271/1997 Dispe sobre a contratao de servios pela Administrao Pblica Federal direta, autrquica e fundacional e d outras providncias.

DR4 Projeto de Lei (CN) n 6/2015 Institui o Plano Plurianual da Unio para o perodo de 2016-2019.

DR5 Lei Federal 9.984, de 17 de julho de 2000.

Cria a Agncia Nacional de guas

DR6 Lei 12.058, de 13 de outubro de 2009

D a obrigao ANA de fazer a regulao de servios de aduo de gua bruta.

DR7 Lei 12.334, de 20 de setembro de 2010

Estabelece a Poltica Nacional de Segurana de Barragens e d obrigaes ANA no sistema de gerenciamento da segurana de barragens.

DR8 Instruo Normativa SLTI/MP n 04/2010

Dispe sobre o processo de contratao de solues de tecnologia da informao pelos rgos integrantes do Sistema de Administrao dos Recursos de Informao e Informtica (SISP) no Executivo Federal.

DR9 Resoluo ANA n 2020, de 15 de dezembro de 2014

Estabelece o Regimento Interno da ANA

DR10 Planejamento Estratgico da ANA Cartilha de Orientaes Gerais 2015 - Reviso

Planejamento Estratgico Institucional para o perodo de 2016 a 2019.

DR11 Estratgia Geral de Tecnologia da Informao (EGTI) 2014-2015 (Portaria n 1/2012)

A EGTI um instrumento de gesto do SISP, que traa a direo da TI, definindo o plano estratgico que visa promover a melhoria contnua da gesto e governana de TI, assim como a sustentao da infraestrutura, alm de subsidiar os rgos do Sistema na elaborao dos Planejamentos de Tecnologia da Informao, inclusive em atendimento ao que determina o Art. 3 da Instruo Normativa (IN) SLTI/MP n 4, de 11 de setembro de 2014.

DR12 Plano Estratgico de Tecnologia da Informao (PETI) da ANA 2015-2020

Plano Estratgico de Tecnologia da Informao da (PETI) ANA 2015-2020, aprovado pela DIREC da ANA, por meio da Portaria n 330, de 22 de setembro de 2015.

http://www.governoeletronico.gov.br/biblioteca/arquivos/instrucao-normativa-nb0-4-de-11-de-setembro-de-2014-compilada/downloadhttp://www.governoeletronico.gov.br/biblioteca/arquivos/instrucao-normativa-nb0-4-de-11-de-setembro-de-2014-compilada/download

16

ID Documento Descrio

DR13 Plano Diretor de Tecnologia da Informao (PDTI) da ANA 2011-2015

Plano Diretor de Tecnologia da Informao da ANA para o quinqunio 2011/2015 Verso 2014, aprovado pela DIREC da ANA, por meio da Portaria n 259, de 15 de outubro de 2014.

DR14 Acordo n 1018/2014-TCU-Plenrio

Auditoria operacional realizada na ANA, integrante da primeira fase do trabalho de fiscalizao de governana de tecnologia da informao (TI) com foco na avaliao da entrega de resultados e na gesto de riscos.

DR15 Acrdo TCU 1.603/2008-Plenrio

Levantamento de Auditoria. Situao da governana de tecnologia da informao (TI) na Administrao Pblica Federal.

DR16 Acrdo TCU 1.558/2003 Plenrio

Auditoria de conformidade realizada com o objetivo de avaliar a legalidade e a oportunidade das aquisies de bens e servios de informtica.

DR17 Acrdo TCU 2.308/2010 - Plenrio

Relatrio de levantamento. Avaliao da governana de tecnologia da informao na administrao pblica federal.

DR18 Resoluo ANA n 1078, de 14 de setembro de 2015.

Trata da Poltica de Segurana da Informao e Comunicao da Agncia Nacional de guas (POSIC).

DR19 Documentos de Governo Eletrnico

Documentos elaborados para Governo Eletrnico: e-Mag, e-Ping, e-PWG, Portal dos Dados Abertos

DR20 Melhores prticas de gesto e governana de TI

Melhores prticas relacionadas gesto e governana de TI: PMBok, Cobit, Itil, CMMI, ISO/IEC 27001 e 27002 (gesto da segurana da informao), ISO/IEC 38.500 (Governana Corporativa de TI), ISO/IEC 20.000 (Gesto de Servios de TI).

DR21 Guias, manuais, processos e metodologias do SISP

Catlogo de Servios de Consultoria do SISP; Guia de Comit de TI do SISP; Guia de Elaborao do PDTI; Guia Prtico para Contrataes de Solues de TI; Guia de Segurana da Informao do SISP; Metodologia de Gerenciamento de Portflio de Projetos do SISP; Metodologia de Gerenciamento de Projetos do SISP; Modelo de Referncia de PDTI SLTI/MP 2011-2012; Processo de Software do SISP; Roteiro de Mtricas de Software do SISP.

DR22 Decreto n 8.414, de 26 de fevereiro de 2015

Institui o Programa Bem Mais Simples Brasil e cria o Conselho Deliberativo e o Comit Gestor do Programa, com a finalidade de simplificar e agilizar a prestao dos servios pblicos e de melhorar o ambiente de negcios e a eficincia da gesto pblica.

DR23 Decreto n 7.579, de 11 de outubro de 2011.

Dispe sobre o Sistema de Administrao dos Recursos de Tecnologia da Informao - SISP, do Poder Executivo federal.

Tabela 2: Documentos de Referncia

17

5 Princpios e Diretrizes Os princpios so o ponto de partida para o planejamento e as diretrizes so

instrues gerais que norteiam o planejamento de TI.

Abaixo os princpios e diretrizes que orientaram a elaborao deste PDTI. ID Princpios e Diretrizes Fonte

D01 O PDTI deve ser elaborado com alinhamento aos instrumentos estratgicos do governo e da ANA.

- DR3 - PPA 2016-2020 - DR10 Planejamento Estratgico - 2015 - Reviso - DR8 IN SLTI/MP n 04/2014 - DR11 EGTI 2014-2015 - DR12 PETI-ANA -2015-2020 - DR26 Melhores prticas de gesto e governana de TI

D02 As contrataes de solues de TI devero ser precedidas de planejamento, elaborado em harmonia com o PDTI.

- DR2 - Decreto-lei n 200/1967 - DR8 IN SLTI/MP n 04/2014

D03 Maximizar a terceirizao das atividades de execuo e operao, ficando com o ANA as tarefas de planejamento, coordenao, superviso e controle.

- DR2 - Decreto-lei n 200/1967 - DR3 - Decreto n 2.271/1997

D04 Toda contratao de servios deve visar ao atendimento de objetivos de negcio, o que ser avaliado por meio de mensurao e avaliao de resultados.

- DR3 - Decreto n 2.271/1997 - DR16 ACORDO TCU n 1603/2008 - Plenrio - DR8 IN SLTI/MP n 04/2014

D05 Todas as necessidades de TI devero visar o atendimento da misso da ANA.

- DR11 EGTI 2014 - 2015 - DR12 PETI ANA - 2015-2020 - DR8 IN SLTI/MP n 04/2014

D06 Adoo de padres de gesto e governana do SISP.

- DR25 - Documentos de Governo Eletrnico - DR29 - Decreto n 7.579/2011 - DR11 EGTI 2014-2015

- DR26 Melhores prticas de gesto e governana de TI

D07 Adoo de padres de governo eletrnico: acessibilidade, interoperabilidade, dados abertos

- DR29 - Decreto n 7.579/2011 - DR11 EGTI 2014 - 2015 - DR26 Melhores prticas de gesto e governana de TI - DR27 - Guias, manuais, processos e metodologias do SISP.

D08 Todos os servios e processos de TI crticos para a organizao devem ser monitorados (planejados, organizados, documentados, implementados, medidos, acompanhados, avaliados e melhorados)

- DR26 Melhores prticas de gesto e governana de TI - DR16 ACORDO TCU n 1603/2008 - Plenrio

18

ID Princpios e Diretrizes Fonte

D10 Aderir sempre que possvel s compras compartilhadas.

- DR2 - Decreto-lei n 200/1967 - DR11 EGTI 2014-2015 - DR26 Melhores prticas de gesto e governana de TI

D11 Implementao e avaliao do Plano Estratgico de Tecnologia da Informao (PETI) e da Poltica de Segurana da Informao e Comunicaes (POSIC).

- DR10 - Planejamento Estratgico da ANA Cartilha de Orientaes Gerais 2015 - Reviso

Tabela 3: Princpios e Diretrizes

6 Organizao da TI O Regimento Interno da ANA, aprovado pela Resoluo ANA 2020, de 15 de

dezembro de 2014, estabelece a estrutura organizacional da Agncia, conforme organograma abaixo.

Figura 5: Organograma da ANA

A Diretoria Colegiada (DIREC) da ANA composta por cinco membros: um diretor-presidente e quatro diretores. As unidades organizacionais da ANA se vinculam DIREC e so agrupadas por processos organizacionais nas seguintes reas: Hidrologia (AH), Planejamento (AP), Administrao (AA), Regulao (AR) e Gesto de recursos hdricos (AG). O agrupamento dos processos tem o objetivo de organizar a atuao das UORGs para facilitar o processo decisrio da Agncia. A STI est vinculada rea de planejamento.

A STI tem suas atribuies especficas definidas no Regimento Interno da ANA, transcritas abaixo:

I coordenar a organizao, implementao e gesto do SNIRH em articulao com as demais UORGs da ANA;

II Administrar, supervisionar, acompanhar e controlar a infraestrutura e os recursos de tecnologia da informao TI da ANA;

Diretotia Colegiada

Superintendncia de Operaes e Eventos Crticos

SOE

Superintendncia de Gesto da Rede

HidrometeorologicaSGH

Superintendncia de Implementao de

Programas e Projetos - SIP

Superintendncia de Apoio ao

SINGREH - SAS

Superintendncia de Administrao,

Finanas e Gesto de Pessoas - SAF

Superintendncia deTecnologia da Informao - STI

Superintendncia de Planejamento

de Rcursos Hdricos - SPR

Superintendncia de Regulao

SRE

Superintendncia de Fiscalizao

SFI

Suporte a Deciso: Secretaria Geral, Procuradoria Federal /ANA, Auditoria e

Corregedoria

Suporte a Gesto: Gerncia Geral de Estratgia

Suporte a Representao: Gerncia Geral de Articulao e Comunicao

Assessoramento ao Diretor Presidente: Gabinete do Diretor Presidente

19

III propor estratgias e padres e administrar as bases de dados para a sistematizao e disponibilizao de informaes corporativas da ANA;

IV - supervisionar e atualizar, em articulao com a ASCOM, o stio da ANA na rede mundial de computadores como instrumento de informao, divulgao e comunicao com os usurios de recursos hdricos e a sociedade;

V - acompanhar a execuo dos projetos relativos a sistemas de informaes no mbito da Agncia;

VI - disponibilizar e promover o intercmbio de dados e informaes, por meio de Tecnologias da Informao com os estados e as entidades relacionadas gesto de recursos hdricos;

VII - promover o alinhamento com as determinaes do Governo Federal em relao Tecnologia da Informao (EGTI Estratgia Geral de Tecnologia da Informao do Governo Federal) e com diretrizes estratgicas da ANA;

VIII implantar os mecanismos de Segurana da Informao e Comunicaes da ANA, no mbito da TI;

IX propor padres, novas tecnologias e solues em TI, em articulao com as demais UORGs;

X promover a cultura de segurana de TI;

XI realizar e acompanhar estudos de novas tecnologias, quanto a possveis impactos na segurana de TI; e

XII coordenar as aes de segurana de TI.

Alm dessas atribuies especificas, a STI tem as seguintes atribuies comuns a todas as UORGs:

I - promover as aes necessrias implementao, pela ANA, das polticas e diretrizes do governo federal para o setor de recursos hdricos;

II - estabelecer metas e elaborar os respectivos planos de ao, bem como efetuar seu acompanhamento, avaliar resultados e identificar necessidades de ajuste e aprimoramento de regras, critrios e procedimentos;

III participar da elaborao dos planos plurianuais e das propostas oramentrias anuais da Agncia;

IV - propor ajustes e modificaes na legislao necessrias modernizao do ambiente institucional de atuao da Agncia, no que se refere aos processos organizacionais;

V - coordenar as atividades dos recursos humanos e o uso dos recursos tcnicos e materiais disponveis em sua rea, buscando a efetividade e o controle da qualidade dos servios executados;

20

VI - zelar pelos bens patrimoniais da ANA, necessrios execuo das atividades da respectiva rea de competncia;

VII - praticar, no mbito de sua competncia, os atos de gesto administrativa;

VIII - gerir contratos sob sua responsabilidade.

Para cumprir essas atribuies a STI est organizada em uma assessoria e quatro coordenaes, de acordo com o organograma abaixo.

Figura 6: Organograma da rea de tecnologia da informao

A Coordenao de Sistemas Finalsticos (COSFI) a responsvel pelo desenvolvimento, implantao e manuteno das solues e sistemas de informao relacionados s reas finalsticas da ANA e tem as seguintes atribuies:

I - desenvolver, implantar, manter e promover a evoluo tecnolgica dos sistemas finalsticos da ANA;

II coordenar a organizao, implementao e gesto do SNIRH em articulao com as demais UORGs da ANA;

III administrar as bases de dados e informaes vinculados aos sistemas finalsticos da ANA;

IV prover os mecanismos de tecnologias da informao necessrios ao intercmbio e publicao de dados e informaes dos sistemas finalsticos entre as entidades gestoras de recursos hdricos;

V propor padres, novas tecnologias e solues em Tecnologia da Informao e Geotecnologias, para os sistemas finalsticos, em articulao com as demais UORGs da ANA;

VI propor a aquisio e contratao de bens e servios relacionados s atribuies da coordenao; e

Superintendncia de Tecnologia da

Informao (STI)

Coordenao de Sistemas Finalsticos

(COSFI)

Coordenao de Sistemas Institucionais

(COSIN)

Coordenao de Governana de TI

(COGTI)

Coordenao de Operao da

Infraestrutura de TI(COOPI)

Coordenao de Planejamento da

Infraestrutura de TI(COPLI)

Assessoria

21

VII planejar, executar, acompanhar, monitorar e fiscalizar contratos, acordos, convnios relacionados aos assuntos das atribuies da coordenao.

A Coordenao de Sistemas Institucionais (COSIN) a responsvel pelo desenvolvimento, implantao e manuteno das solues e sistemas de informao relacionados s reas administrativas da ANA, e tem as seguintes atribuies:

I desenvolver, implantar, manter e promover a evoluo tecnolgica dos sistemas institucionais da ANA;

II apoiar a ASCOM no desenvolvimento, atualizao e manuteno do stio da ANA na internet;

III - administrar as bases de dados e informaes vinculados aos sistemas institucionais; e

IV - propor padres, novas tecnologias e solues de TI para os sistemas institucionais em articulao com as demais UORGs.

VI propor a aquisio e contratao de bens e servios relacionados s atribuies da coordenao; e

VII planejar, executar, acompanhar, monitorar e fiscalizar contratos, acordos, convnios relacionados aos assuntos das atribuies da coordenao.

A Coordenao de Governana de Tecnologia da Informao (COGTI) a responsvel pelas processos e atividades de governana e segurana da informao. So atribuies da COGTI:

I acompanhar, monitorar e fiscalizar as metodologias e os processos de governana e normas de segurana em TI;

II mensurar e divulgar as metas e os indicadores de TI;

III apoiar o Comit de Tecnologia da Informao (CTI) no planejamento da rea de TI, na elaborao do Plano Diretor de Tecnologia da Informao (PDTI) e Plano Estratgico de Tecnologia da Informao (PETI);

IV apoiar o Comit de Segurana da Informao e Comunicaes (CSIC), atuando como Secretaria Executiva do Comit;

V promover a adequao dos processos de TI s normas e legislao pertinentes;

VI elaborar, divulgar, avaliar e fomentar uso de metodologias para o gerenciamento dos projetos de tecnologia da informao;

VII fornecer suporte e orientao em gerenciamento de projetos e no uso de ferramentas de tecnologia da informao correlatas;

VIII elaborar e manter processo de gesto de riscos de tecnologia da informao;

22

IX apoiar as demais coordenaes da STI na elaborao dos documentos relacionados aos processos de aquisio e contratao de bens e servios de tecnologia da informao;

X - estabelecer rotinas e procedimentos para implementao das melhores prticas de fiscalizao de contratos de tecnologia da informao e comunicao;

XI - acompanhar as atividades de gesto de contratos realizadas por todas as coordenaes da STI, apoiando metodologicamente os fiscais designados;

IX propor a aquisio e contratao de bens e servios relacionados s atribuies da coordenao; e

XIII - planejar, executar, acompanhar, monitorar e fiscalizar contratos, acordos, convnios relacionados aos assuntos das atribuies da coordenao e outros de responsabilidade da STI.

A Coordenao de Operao da Infraestrutura de TI (COOPI) a responsvel pela operao da infraestrutura tecnolgica de uso corporativo, alm do suporte e atendimento aos usurios internos da ANA. So atribuies da COOPI:

I Administrar e prover suporte tecnolgico, operar e monitorar o ambiente de infraestrutura de redes, meios de comunicao, sistemas e servidores corporativos, com vistas a garantir a consecuo das atividades finalsticas e administrativas da ANA;

II implantar e operar novas tecnologias e ferramentas para manter o ambiente de infraestrutura atualizado, conforme as melhores prticas e de acordo com os dispositivos legais e normativos do Governo Federal;

III administrar as bases de dados e informaes corporativas garantindo a disponibilidade, integridade e confidencialidade;

IV prover servio de atendimento de chamados e requisies (service desk) para suporte aos usurios no uso dos recursos e servios de TI;

V implantar e operar os mecanismos de segurana da informao e comunicao da ANA;

VI implantar e coordenar Equipe de Tratamento e Resposta Incidentes em Rredes computacionais (ETIR).

VII coletar, analisar, correlacionar e diagnosticar eventos de segurana eletrnica;

VIII implantar e operar ferramentas de anlise, tratamento de incidentes e ativos de segurana computacional e eletrnica;

IX implantar e operar as ferramentas de monitoramento da infraestrutura de tecnologia da informao da ANA;

23

X propor a aquisio e contratao de bens e servios relacionados s atribuies da coordenao; e

XI - planejar, executar, acompanhar, monitorar e fiscalizar contratos, acordos, convnios relacionados aos assuntos das atribuies da coordenao.

A Coordenao de Planejamento da Infraestrutura de TI (COOPI) a responsvel pelo planejamento da infraestrutura tecnolgica de uso corporativo. So atribuies da COPLI:

I planejar e definir o ambiente de infraestrutura de redes, meios de comunicao, sistemas, servidores corporativos, contingncia e monitoramento com vistas garantir a consecuo das atividades finalsticas e administrativas da ANA;

II avaliar e definir as novas tecnologias e ferramentas para manter o ambiente de infraestrutura atualizado, conforme as melhores prticas e de acordo com os dispositivos legais e normativos do Governo Federal;

III planejar, avaliar e definir os mecanismos de Segurana da Informao e Comunicaes da ANA;

IV prospectar e definir ferramentas de anlise, tratamento de incidentes e ativos de segurana computacional e eletrnica;

V definir e executar os procedimentos de monitoramento dos nveis de servios acordados com os prestadores de servios de infraestrutura;

VI acompanhar as atividades de monitoramento da infraestrutura de tecnologia da informao da ANA;

VII propor e definir a aquisio e contratao de bens e servios relacionados s atribuies da coordenao; e

VIII planejar, executar, acompanhar, monitorar e fiscalizar contratos, acordos, convnios relacionados aos assuntos das atribuies da coordenao.

24

Abaixo as principais atividades desenvolvidas nas coordenaes da STI.

Unidade Principais Atividades

Coordenao de Sistemas Finalsticos (COSFI)

- Coordenao de projetos de desenvolvimento de sistemas finalsticos - Coordenao de projetos de manuteno de sistemas finalsticos - Prospeco de novas tecnologias

Coordenao de Sistemas Institucionais (COSIN)

- Coordenao de projetos de desenvolvimento de sistemas administrativos - Coordenao de projetos de manuteno de sistemas administrativos - Gesto de portais - Prospeco de novas tecnologias

Coordenao de Governana e Segurana de Tecnologia da Informao

(COGTI)

- Planejamento e contratao de servios de TI - Gesto de Contratos - Acompanhamento de projetos - Secretariar o Comit de TI (CTI) - Secretariar o Comit de Segurana da Informao (CSIC) - Implementar e monitorar os processos de governana de TI

Coordenao de Operao da Infraestrutura de TI

(COOPI)

- Gesto de contratos de servios de infraestrutura e service desk. - Coordenao de projetos de operao da infraestrutura e segurana da informao. - Gesto dos ativos de rede - Implementao dos mecanismos de segurana da informao - Atividades de suporte ao usurio (service desk)

Coordenao de Planejamento da Infraestrutura de TI

(COPLI)

- Planejamento das aquisies de servios e equipamentos de infraestrutura. - Coordenao de projetos de planejamento da infraestrutura e segurana da informao. - Prospeco tecnolgica em infraestrutura - Planejamento dos mecanismos de segurana da informao - Planejar e acompanhar o monitoramento da infraestrutura de TI

Tabela 4: Principais atividades das coordenaes Alm da estrutura organizacional executiva de TI, a ANA possui uma estrutura

de governana de TI que garante que os objetivos de TI estejam alinhados aos objetivos institucionais. Essa estrutura formada por comits e grupos de trabalhos assim definidos:

25

Figura 7: Modelo de governana de tecnologia da informao

A Diretoria Colegiada (DIREC) a ltima instncia de deciso na ANA. Todas as decises estratgicas so definidas nessa instncia.

O Comit de Tecnologia da Informao (CTI) da ANA de carcter consultivo com a atribuio bsica de propor as polticas e diretrizes da TI, acompanhar e promover o alinhamento dos investimentos em tecnologia da informao com os objetivos estratgicos da ANA alm de priorizar os projetos a serem desenvolvidos pela STI. O CTI tem as seguintes atribuies:

I - propor estratgias, diretrizes relacionadas gesto dos recursos de tecnologia da informao e comunicao na ANA;

II - indicar os critrios de priorizao das aes a serem atendidas pelas reas de TI ao longo do ano e propor Diretoria Colegiada, ordem de prioridade para as demandas que devam ser atendidas pelas reas de TI ao longo do ano;

III - propor a Poltica de Informao da ANA a ser submetida Diretoria Colegiada;

IV - analisar e propor Diretoria Colegiada o Plano Estratgico de Tecnologia da Informao - PETI e o Plano Diretor de Tecnologia da Informao - PDTI fundamentado na Poltica de Informao da ANA e na Estratgia Geral de Tecnologia da Informao do Sistema de Administrao de Recursos de Informao e Informtica - SISP, alinhado com os objetivos estratgicos da ANA;

V - analisar, luz da Poltica de Informao da ANA e do PDTI o planejamento anual de contrataes de servios de tecnologia da informao e comunicao, objeto de demandas realizadas pelas diversas reas da ANA, em consonncia com as estratgias do rgo; e

Diretoria Colegiada(DIREC)

Comit de Tecnologia da Informao

(CTI)

Grupo de Trabalho de Sistemas de

Tecnologia da Informao

(GT-Sistemas)

Grupo de Trabalho de

Planejamento (GT-PDTI/PETI)

Comit de Segurana da Informao

(CSIC)

26

VI - analisar e propor a aprovao, pela Diretoria Colegiada, da Poltica de Segurana da Informao da ANA.

O Comit de Segurana da Informao e Comunicao (CSIC) o comit responsvel pela definio e implementao da poltica de segurana da informao na ANA. Este comit tem as seguintes atribuies:

I - assessorar na implementao das aes de Segurana da Informao e Comunicaes;

II - constituir grupos de trabalho para tratar de temas e propor solues especficas sobre Segurana da Informao e Comunicaes;

III - propor alteraes na Poltica de Segurana da Informao e Comunicaes;

IV - propor normas relativas Segurana da Informao e Comunicaes; e

V - encaminhar ao Comit de Tecnologia da Informao CTI/ANA as proposies relativas Segurana da Informao e Comunicaes da ANA.

Os comits podem criar grupos de trabalho (GT) para anlise, estudo e elaborao sobre temas especficos. Atualmente esto criados dois GTs: o Grupo de Trabalho de Sistemas de Tecnologia da Informao (GT-STI) com a atribuio bsica de elaborar proposta de priorizao dos sistemas a serem definidos pelo CTI e o Grupo de Trabalho dos planos diretor e estratgico de TI (GT-PDTI/PETI) com a atribuio bsica de elaborar os respectivos planos.

6.1 Processos de TI

De acordo com cadeia de valor da ANA, definida na Cartilha de Planejamento Estratgico da ANA, os processos de TI esto inseridos em dois macroprocessos da ANA, quais sejam:

- Macroprocesso B.2. Planejamento e Informaes de recursos hdricos

- Macroprocesso C.1. Administrao e finanas

A presena dos processos de TI em dois macroprocessos distintos se deve ao fato de que, alm dos processos de suporte, tradicionalmente executados pela TI, existe um instrumento previsto na PNRH, o sistema computacional SNIRH, que estabelece para a TI da ANA processos finalsticos.

Dentro do macroprocesso B.2. Planejamento e Informaes de Recursos Hdricos, os processos e subprocessos de TI definidos so:

27

ID Processo B.2.4 Sistema Nacional de Informaes sobre Recursos Hdricos

Subprocessos B.2.4.1 Acompanhamento de Projetos B.2.4.2 Desenvolvimento de Solues de TI B.2.4.3 Elaborao de Produtos Geoespaciais B.2.4.4 Gesto das Bases de Dados Geoespaciais B.2.4.5 Gesto de Contratos de TI e Geotecnologias B.2.4.6 Gesto de Demandas de TI B.2.4.7 Gesto de Servios do SNIRH

Tabela 5: Processo e subprocessos de TI do macroprocesso B.2. No macroprocesso de C.1. Administrao e Finanas, os processos e

subprocessos de TI definidos so:

ID Processo

C.1.2 Gesto de TI Subprocessos

C.1.2.1 Gesto de Sistemas C.1.2.2 Processo de Aquisio C.1.2.3 Service Desk

Tabela 6: Processo e subprocessos de TI do macroprocesso C.1. Esses processos foram mapeados em 2012, quando a rea de TI estava

atribuda a duas unidades organizacionais: a Superintendncia de Gesto da Informao (SGI), que se ocupava dos processos ligados ao desenvolvimento do SNIRH e a Diviso de Informtica (DINFO), subordinada Superintendncia de Administrao, Finanas e Gesto de Pessoas (SAF), que executava os processos de suporte. Em 2014 a ANA passou por um processo reestruturao organizacional e unificou a rea de TI em uma mesma unidade organizacional, a STI. Com isso, a STI, por meio das coordenaes, passou a executar todos os processos, sejam eles finalsticos ou de suporte.

Os processos mapeados em 2012, no refletem a atual estrutura organizacional de TI da ANA, necessitando ser atualizados.

6.2 Arquitetura Corporativa de TI Tambm em 2012, no mbito do projeto de mapeamento de processos foi

elaborada a arquitetura corporativa de TI da ANA. Ela formada por trs componentes:

- Arquitetura de Informaes e sistemas

28

- Arquitetura tecnolgica

- Arquitetura de governana

Para a definio dessa arquitetura foi usada a metodologia TOGAF adaptada. A figura abaixo mostra a arquitetura definida:

Figura 8: Arquitetura corporativa de TI

Assim como os processos descritos acima a arquitetura corporativa de TI necessita ser atualizada.

6.3 Infraestrutura tecnolgica de TI

Os servios de TI so implementados e suportados por meio de uma complexa combinao de elementos de infraestrutura de TI, bem como grande nmero de contratos administrativos. A infraestrutura tecnolgica de TI servidora da ANA formada principalmente por um Datacenter Central, localizada no bloco L do Setor Policial Sul (SPO). Esse datacenter possui sistema de resfriamento (ar condicionado), sistema de proteo contra queda de energia (no breaks) e sistema gerador de energia (grupo gerador) redundantes, alm de grande nmero de elementos (servidores, storage, unidades de backups, switches, firewall, etc...), tecnologicamente atualizados, o que possibilita regime ininterrupto de utilizao.

A infraestrutura implantada na Agncia tem capacidade compatvel com as demandas atuais de servios de TI, porm carece de recursos de controle ambiental e fsico eficientes (sala segura, sistema de deteco e combate a incndio e controle

Infraestrutura

ARQUITETURA DE INFORMAES E SISTEMAS

Informaes e Sistemas

SNIRH

ANA - ARQUITETURAS TOGAF - ANLISE E DIAGNSTICO

Servidores Aplicao(SNIRH)

Servidores Banco de Dados (SNIRH)

Servidores Aplicao(Suporte)

ARQUITETURA DE GOVERNANA

ARQUITETURATECNOLGICA

Subsistema Regulao de Usos

SubsistemaQuali-quantitativo

M

DU

LOS

Cadastro (CNARH)

Outorga

Fiscalizao

Cobrana

Arrecadao

Suporte Deciso

Gesto de PPPs

Cadastro Poos

Subsistema Inteligncia Geogrfica

Banco BRHR

Hidro 2.0

Telemetria 2

Sala de Situao

Sistema PNQA

guas Subterrneas

Segurana Barragem

Consistncia Hidro

Planejamento Rede

SSD - AcquanetSubsistema Planejamento

e GestoSubsistema

Inteligncia Hdrica

SUPORTE E GESTO

Portal GEGEP

SISPLANA

PGI(Plano Gerencial Interno)

Intranet ANA

Telecom

Servidores Banco de Dados (Suporte)

Sistema RH

SISPLANAMdulo Contrato

Sistema Arrecadao ANA

PORTAIS

Portal SNIRH

Produtor gua

Portal CPLP

Portal Capacitao

Portal Progua Nac.

Portal Conjuntura

Portal Atlas Brasil

Portal SISPLANA

Portal CEDOC

Portal ANA (Internet)

Portal de Arrecadao

Portais Temticos (CBH e outros)

SNIRH

SUPORTE E GESTO

EXTERNOS

Outros Portais

Interguas

Hidroweb

CEDOC

Biblioteca de Imagens

Colegiado

SACE

Audincia Pblica RELOB

CBH Capacitao para o SINGREH

SICON Consulta NET

Aplicaes Desktop Prodes

A3P CTI

Software de Base ColaboraoSGBD FIREWALL SO MS Lync Proton

Rede

Plataforma de DesenvolvimentoARQUITETURA SOA METODOLOGIA FERRAMENTAS

Servios

Monitoramento

Operao

Service Desk

Segurana

Segurana

Governana

Alinhamento Estratgia

Comit deTI

Comit deSegurana

Comit deMetodologia

Gesto de TI

EstruturaInterna

Processos deTI

Servios deTerceiros

Legenda

Verde = Em OperaoAmarelo = Em DesenvolvimentoVermelho = Planejado

IDE

29

de acesso). A ampliao ou atualizao do parque tecnolgico depende de vrios fatores, entre eles, novas necessidades, evoluo tecnolgica e disponibilidade de recursos oramentrios.

O PETI apontou diversos pontos fortes relacionados infraestrutura de TI da ANA, com por exemplo: bom parque tecnolgico, ambiente planejado para oferecer alta disponibilidade e escalabilidade e poltica de substituio gradual dos equipamentos. Porm, o mesmo PETI vislumbrou uma grande oportunidade relacionada infraestrutura de TI, que a computao em nuvem. A computao em nuvem vem sendo adotada nos ltimos anos por empresas privadas com o objetivo de reduzir custos de ampliao, atualizao e manuteno da infraestrutura fsica prpria, alm de simplificar a necessidade de gesto de mltiplos contratos. Sua a adoo em rgos pblicos no Brasil est em estgio inicial, principalmente pela falta de um marco legal robusto para este assunto. Outros pases, como por exemplo o Estados Unidos da Amrica (USA), desde 2010 adotam, na compra de novas solues tecnolgicas ou substituio das existentes, como primeira opo a computao em nuvem. Essa tem sido a tendncia de mdio e longo prazo para o aumento da capacidade da infraestrutura de TI e reduo de custos.

Para acompanhar essa tendncia, garantindo a adequao da infraestrutura de TI atual s necessidades tecnolgicas e de sistemas da ANA, a STI tem tomado iniciativas no sentido de avaliar a adoo pela ANA de infraestrutura de TI em nuvem. Essas iniciativas esto alinhadas com o planejamento estratgico de TI, aprovado em 2015. Tendo em vista que a contratao de servios em nuvem significa uma mudana em relao estratgia atual da Agncia, ser elaborada uma anlise comparativa das estratgias atual e indicada no PETI, com suas dependncias financeiras (investimento x custeio) para posterior encaminhamento ao CTI e DIREC para deliberao.

6.4 Recursos Humanos de TI

A STI conta atualmente com 15 servidores pblicos, sendo:

9 (nove) do quadro de servidores efetivos da ANA, cerca de 4,7% do total de servidores efetivos, sendo 2 especialistas em recursos hdricos, 6 especialistas em geoprocessamento, 1 analista administrativo e 1 tcnico administrativo;

2 (dois) servidores so analistas de tecnologia da informao (ATI) cedidos pelo Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto;

1 (um) analista de cincia e tecnologia, cedido pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteo da Amaznia (CENSIPAM);

2 (dois) servidores ocupantes de cargos comissionados.

30

Os servidores da STI atuam nas atividades de planejamento, coordenao, superviso e controle das atividades de: desenvolvimento de sistemas, gesto e fiscalizao de contratos, operao da infraestrutura tecnolgica, servios de apoio ao usurio da rede (service desk) e gesto de demandas.

Para a execuo das atividades tcnicas de desenvolvimento de sistemas e atividades operacionais de infraestrutura de TI, a ANA possui contratos com empresas especializadas, sendo a execuo pelas mtricas de ponto por funo (PF) para desenvolvimento de sistemas e de unidade de servio tcnico (UST) para os servios operacionais da infraestrutura.

7 Resultados do PDTI anterior A avaliao dos resultados do PDTI-2011-2015 apresentada utilizando os

grupamentos definidos no PETI-2015-2020, de forma a que as necessidades de aes a serem planejadas neste PDTI, como decorrncia do PDTI anterior, j sejam identificadas no grupo em que sero endereados os esforos de seu atendimento.

7.1 Governana

No perodo de 2011 a 2015 foram executadas um conjunto de aes relativas a Governana de TI, das quais destacam-se:

1. Implantao de processos de desenho de servios do modelo ITIL (Gerenciamento de Capacidade, Gerenciamento de Nvel de Servio e Gerenciamento de Disponibilidade);

2. Implantao de processos de operao e transio de servios do modelo ITIL (Gerenciamento de Incidentes, Mudanas, Configurao e Problemas);

3. Implantao de processo de testes de aplicativos; 4. Elaborao de Guia de Contrataes de Bens e Servios de TI,

baseados na Instruo Normativa n 04; 5. Criao de Grupo de Trabalho GT-PDTI/PETI, ligado ao CTI, para a

elaborao dos planos diretor e estratgico de TI.

A partir das aes de governana realizadas a ANA obteve a nota 0,54 (nvel intermedirio) no ndice de Maturidade de Governana do TCU (iGovTI), medido em 2014, sendo superior ao ndice medido em 2012, que foi de 0,51.

Estava previsto uma reviso da Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas da ANA (MDSA). Para o novo PDTI, faz-se necessria a reviso da MDSA, principalmente na adoo de processos geis j to difundidos no mercado.

Para o prximo PDTI, faz-se necessrio alocar esforos no sentido de persistir a operao dos instrumentos de governana implantados e continuar a implantao dos processos de servios do modelo ITL, necessrios ao acompanhamento e monitoramento da infraestrutura de TI da ANA.

31

7.2 Infraestrutura

Em relao infraestrutura, podemos destacar as seguintes as aes de estruturao das instalaes, na execuo do PDTI-2011-2015:

1. Montagem de salas para hospedagem de equipamentos de informtica localizados no Setor Policial (Datacenter Central) e salas de recursos de rede, no Setor de Industria e Abastecimento-SIA;

2. Aquisio de equipamentos servidores; 3. Aquisio de sistemas de armazenamento (Storage); 4. Implantao de cabeamento estruturado, para todos os pontos de

acesso nos blocos B, L, M e T, ou seja, todo o cabeamento da ANA situada no Setor Policial e tambm no Setor de Indstria e Abastecimento;

5. Componentes Ativos e Rede; 6. Servio de acesso Internet; 7. Servio de impressoras departamentais; e 8. Aquisio e manuteno de softwares bsicos e utilitrios.

Nos anexos deste PDTI apresentado o inventrio dos ativos de hardware e software que compem a infraestrutura de TI da ANA.

Faz-se necessrio que o PDTI 2016-2019 aloque esforos no sentido de manter em operao os componentes de infraestrutura hoje existentes na ANA, relacionados no inventrio de ativos.

Devero ser alocados esforos no PDTI-2016-2019 para gerenciar os equipamentos que nos prximos 3 anos passem a ter suas garantias vencidas ou para substitu-los, com base em poltica a ser especificada.

necessrio que no PDTI-2016-2019 sejam alocados esforos no sentido de manter em operao os componentes de software de estaes de trabalho hoje existentes na ANA.

7.3 Segurana da Informao

Na execuo do PDTI, a ANA estruturou um conjunto de atividades relativas segurana da informao, relacionadas a seguir:

1. Elaborao da Poltica de Segurana da ANA; 2. Aquisio e implantao de sistema de firewall com maior capacidade

de nmeros de conexes simultneas, maior capacidade de trfego; 3. Aquisio e implantao de sistema proxy de acesso Internet com

restrio de acesso de acordo com anlise de contedo; 4. Aquisio e implantao de sistema de controle de mensagens

indesejadas (antispam); 5. Aquisio e implantao de sistema de deteco de intruso (IDS) e

32

6. Aquisio e implantao de sistema de preveno de intruso (IPS).

Faz-se necessrio que o PDTI-2016-2019 aloque esforos no sentido de manter em operao os sistemas de segurana implantados.

7.4 Sistemas de Informao

Foram alocados esforos na contratao de servios de fbrica de software, fbrica de testes, fbrica de mtricas e fbrica de ETL.

Foi constitudo o Grupo de Trabalho de Sistemas GT-Sistemas, subordinado ao CTI, com os objetivos de propor ao CTI, anualmente, a priorizao dos sistemas com base no Planejamento Estratgico da ANA e de subsidiar o CTI na anlise de temas especficos relacionados TI.

necessrio que no PDTI-2016-2019 sejam alocados esforos no sentido de manter contratos de servios das mencionadas fbricas.

Estavam previstos ainda a contratao de servios tcnicos especializados em middleware, GIS e BI. Estas contrataes no foram efetivadas e devem ser includas no PDTI-2016-2019.

Existe um conjunto de software de apoio a sistemas de informao contratados na ANA, para os quais devero ser contratados as manutenes e suporte tcnico.

33

8 Referencial Estratgico de TI

Fornecimento Solues de Tecnologia da Informao para uso sustentvel da gua

Negcio da STI

Prover solues de Tecnologia da Informao e Comunicaes, alinhadas s

necessidades das reas de negcio da ANA, contribuindo para o acesso a

informao, a prestao de servio a a participao social

Misso

Ser reconhecida pela eficincia, segurana, qualidade e agilidade dos

servios e solues de TI providas ANA

Viso

Compromisso - atuao com dedicao, empenhoe envolvimento em suas atividades;

Excelncia Tcnica - aplicao da tcnica maisadequada para cada situao;

Transparncia - garantia do acesso sinformaes, aes e decises da TI;

Colaborao - promoo de um ambiente propcio integrao e realizao coletiva dos projetos eaes, favorecendo o compartilhamento desolues e do conhecimento.

Sustentabilidade - Assegurar que a informao eos recursos de TI sejam economicamente viveis,socialmente justos e culturalmente aceitos.

Valores

34

8.1 Objetivos estratgicos de TI

Os objetivos estratgicos definem caminhos de atuao da TI visando diminuir as fraquezas, aumentar os pontos fortes, aproveitar as oportunidades e ao mesmo tempo minimizar as ameaas.

Objetivos Estratgicos Dimenso: Contribuio para a Organizao

O.01 Expandir e inovar a prestao de servios sociedade por meio da transformao digital

O.02 Entregar produtos e servios que gerem valor ANA e sociedade Dimenso: Orientao para o Usurio

O.03 Promover e apoiar as reas de negcio para o uso de tecnologias que gerem solues digitais

O.04 Assegurar o amplo acesso informao e comunicao

Dimenso: Excelncia Operacional O.05 Melhorar a eficcia, eficincia e efetividade operacional

O.06 Integrar dados, processos, sistemas, servios e infraestrutura.

O.07 Melhorar os mecanismos de governana e gesto de TIC

O.08 Garantir a segurana da informao e comunicao da ANA

Dimenso: Orientao Futura O.09 Prover recursos humanos capacitados para a continuidade dos servios

de TIC em quantidade adequada

O.10 Garantir servios de infraestrutura flexveis e adequados ANA

Tabela 7: Objetivos estratgicos de TI

35

8.2 Mapa estratgico de TI

O mapa estratgico uma representao grfica da estratgia da rea de TI por meio do conjunto de objetivos estratgicos e suas relaes de causa e efeito.

Figura 9: Mapa Estratgico de TI

36

9 Alinhamento com as estratgias da organizao

9.1 Relao de alinhamento estratgico

O alinhamento estratgico o grau de aderncia entre as estratgias e planos de TI com as estratgias e planos governamentais de recursos hdricos. No caso das organizaes pblicas, as estratgias e planos governamentais da rea de recursos hdricos esto expressos no Plano Plurianual (PPA) e no Plano Nacional de Recursos Hdricos (PNRH*). Essas estratgias e planos governamentais refletem nas estratgias e planos das organizaes pblicas que tem a atribuio de execuo dessas mesmas polticas, ou seja refletem no Plano Estratgico Institucional do Ministrio do Meio Ambiente (PEI-MMA) e no Plano Estratgico Institucional da ANA (PEI-ANA).

J os planos governamentais para a rea de TI, ou seja, a Estratgia Geral de TI (EGTI) deve nortear os planos Estratgicos de TI (PETI) das organizaes pblicas, que por sua vez alinha o PDTI. A figura abaixo mostra a cadeia de alinhamento estratgico usado por este PDTI.

Figura 10: Relao de alinhamento estratgico

9.2 Planejamento Estratgico de TI da ANA

O Planejamento Estratgico de TI da ANA (PETIC) tem como horizonte temporal o perodo de 2015 a 2020, e estabelece objetivos estratgicos, iniciativas e metas para rea de TI. Os objetivos e o mapa estratgico foram descritos no item 8. Referencial Estratgico de TI.

37

Em complemento ao referencial estratgico de TI, apresenta-se abaixo as iniciativas estratgicas definidas no PETIC. As iniciativas estratgicas indicam, em linhas gerais, aes em alto nvel que tm por objetivo garantir que a TI da ANA migre da situao atual para a situao definida na viso de futuro.

ID Iniciativas Estratgicas P.01.01 Ampliar a prestao de servios pblicos por meios digitais.

P.01.02 Promover a construo coletiva e compartilhada e a sustentao de solues que usem dados abertos.

P.01.03 Incentivar a construo de interfaces para a disponibilizao dos dados de responsabilidade da ANA.

P.01.04 Avaliar, promover e implantar tecnologias inovadoras.

P.02.01 Alinhar e priorizar estrategicamente as aes de TIC com as prioridades da ANA.

P.02.02 Prover solues de TIC para o atendimento s necessidades da ANA.

P.03.01 Estimular a cocriao de novos servios digitais com a participao das reas de negcio da ANA

P.03.02 Aprimorar os servios disponibilizados no Portal de TIC da ANA

P.03.03 Implementar tecnologias para modelagem e automao de processos de negcio orientadas para as reas usurias.

I.03.04 Incentivar e capacitar as reas de negcio em novas tecnologias que gerem solues digitais

P.04.01 Dar publicidade e transparncia da aplicao dos recursos pblicos no maior nmero possvel de dispositivos e plataformas digitais.

P.04.02 Implantar ferramentas que promovam a comunicao proativa com o cidado.

P.04.03 Promover a publicao de dados abertos sob a responsabilidade da ANA.

P.05.01 Definir e implantar a cultura de processos e tecnologias geis.

P.05.02 Elaborar e implantar processos de comunicao da TIC.

P.05.03 Aprimorar os processos de desenvolvimento, implantao e sustentao de aplicaes com a utilizao de metodologias geis e enxutas.

P.06.01 Incentivar o desenvolvimento de sistemas integrados que atendam necessidades comuns das UORGs da ANA.

P.06.02 Integrar e compartilhar dados e informaes das reas de negcio da ANA

P.06.03 Estruturar a arquitetura de informao da ANA (Modelo de dados)

P.06.04 Mapear e gerir a arquitetura funcional de sistemas da ANA

P.06.05 Participar das iniciativas de desenvolvimento compartilhado de sistemas que atendam necessidades comuns da administrao pblica.

P.06.06 Aperfeioar e compartilhar catlogo de servios e suas documentaes

38

ID Iniciativas Estratgicas P.07.01 Revisar o mapeamento e o aperfeioamento dos processos de trabalho envolvidos na

prestao de servios da TIC.

P.07.02 Promover o compartilhamento de boas prticas de governana e gesto.

P.07.03 Elaborar e manter modelo e poltica de governana de TIC

P.07.04 Elaborar e manter plano de gesto da maturidade de governana de TIC.

P.07.05 Implantar e atualizar os processos de governana de TIC.

P.07.06 Implantar a gesto de riscos na TIC da ANA.

P.08.01 Ampliar e fortalecer as aes de sensibilizao e capacitao dos servidores e colaboradores em Segurana da Informao e Comunicao.

P.08.02 Implantar e fortalecer as equipes de tratamento de incidentes de segurana nas redes de computadores da ANA.

P.08.03 Contribuir para o aumento da capacidade de resilincia dos ativos de informao e das infraestruturas crticas.

P.08.04 Elaborar e implantar Plano de Contingncia de TIC.

P.08.05 Atender s prticas de auditoria de Segurana da Informao e Comunicao da APF.

P.08.06 Aprimorar os mecanismos de desenvolvimento de aplicativos seguros

Tabela 8: Iniciativas definidas no PETIC

10 Inventrio de Necessidades Para elaborao do inventrio de necessidades foi realizado um levantamento

de necessidades de TI com todas as unidades organizacionais da ANA. Este levantamento foi realizado por meio da aplicao de um questionrio que levantou necessidades de TI relacionadas a:

Figura 11: Itens do levantamento de necessidades

Alm das necessidades identificadas por meio do questionrio foram includas no inventrio outras decorrentes da anlise dos documentos de referncia (RD), anlise da organizao da TI e do alinhamento com as polticas governamentais e as estratgias da ANA. Baseado nessas necessidades a equipe de elaborao do PDTI identificou as necessidades de contrataes. Ao todo foram identificadas cerca de 351 necessidades de TI.

Sistemas de informao e aplicativos

Sistemas utilizadosNovos sistemas

Pacotes de aplicativos e software comerciais

Softwares utilizados Novos softwares

Servios de TI

Atendimento dos servios de TI atuaisNovos servios

Equipamentos

Novos equipamentos

Outras necessidades

ServiosProjetosAtividades

39

O inventrio de necessidades foi atualizado no processo de reviso em dezembro de 2017, chegando a um total de 446 necessidades.

Figura 12: Necessidades identificadas

O inventrio completo das necessidades identificadas est na seo Anexos deste PDTI.

As aes para atendimento s necessidades identificadas esto definidas no Plano de Aes Anual.

11 Plano de Metas e Aes

11.1 Plano de Metas

O plano de metas do PDTI o mesmo j definido para o PETIC. As metas representam os resultados numricos a serem alcanados para atingir os objetivos desejados. A definio de metas permite controle mais efetivo dos resultados, pois esto sempre associadas a um prazo de execuo.

O.01 - Expandir e inovar a prestao de servios sociedade por meio da transformao digital.

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.01.01 % servios da Carta de Servios ao Cidado suportados por solues de TI 60% 70% 80% I.01.02 % satisfao com o uso dos servios eletrnicos 70% 75% 80%

Sitemas de Informao;

155; 35%

Pacotes de Softwares; 89;

20%

Equipamentos ; 59; 13%

Servios de TI; 57; 13%

Infraestrutura; 28; 6%

Pessoal; 5; 1%

Contrataes; 53; 12%

40

O.02 - Entregar produtos e servios que gerem valor ANA e sociedade

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.02.01 % processos suportados por TI 70% 75% 80% I.02.02 % satisfao do usurio com os processos automatizados 80% 85% 90%

O.03 - Promover e apoiar as reas de negcio para o uso de tecnologias que gerem solues digitais

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.03.01 % tecnologias implantadas 70% 75% 80%

I.03.02 % realizao dos cursos de tecnologia da informao definidos no Plano Anual de Capacitao 80% 85% 90%

O.04 - Assegurar o amplo acesso informao e comunicao

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.04.01 ndice de maturidade em acessibilidade digital 1 2 2

I.04.02 % conjunto de dados disponibilizados conforme Plano de Dados Abertos 70% 80% 100%

O.05 - Melhorar a eficcia, eficincia e efetividade operacional

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.05.01 % demandas dentro do SLA 90% 93% 95% I.05.02 % disponibilidade de servios e sistemas 97% 98% 99% I.05.03 % execuo oramentria de TIC 95% 97% 99% I.05.04 % satisfao do usurio interno 70% 80% 90%

O.06 - Integrar dados, processos, sistemas, servios e infraestrutura.

INDICADOR ESTRATGICO Metas 2018 2019 2020

I.06.01 % servios integrados 70% 75% 80%

O.07 - Melhorar os mecanismos de governana e gesto de TIC.

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.07.01 ndice de maturidade da governana 0,59 0,62 0,64 I.07.02 % processos implantados 70% 75% 80%

41

O.08 - Garantir a segurana da informao e comunicao da ANA.

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.08.01 % conformidade com a SIC GSI 18% 43% 68% I.08.02 % processos de SIC implantados 80% 85% 90%

O.09 - Prover recursos humanos capacitados para a continuidade dos servios de TIC em quantidade adequada

INDICADOR ESTRATGICO Metas 2018 2019 2020

I.09.01 % desempenho dos servidores no Desenvolve RH 70% 80% 100%

O.10 - Garantir servios de infraestrutura flexveis e adequados ANA

INDICADORES ESTRATGICOS Metas 2018 2019 2020

I.10.01 % Itens de configurao com contrato de suporte e garantia 80% 85% 90% I.10.02 % servios operando em infraestrutura de nuvem 70% 75% 80%

Tabela 9: Indicadores e metas do PETIC

11.2 Plano de Aes

De acordo com a metodologia proposta no Guia de Elaborao de PDTI do SISP o qual foi usado como referncia para elaborao deste PDTI, a partir das necessidades so definidas aes a serem realizadas no prazo de vigncia do PDTI, que contribuam para suprir as necessidades identificadas. A elaborao de um plano de aes para perodos relativamente longos, 4 anos que a vigncia deste PDTI, com a impossibilidade de garantir, a priori, os recursos oramentrios e humanos necessrios execuo das aes, levaria a um planejamento incerto e com possibilidade de no execuo das aes.

Para tentar minimizar este problema, optou-se por estabelecer um processo de planejamento anual das aes de TI. Este processo se iniciar com a elaborao da proposta oramentria (Plano Oramentrio Anual) para o ano seguinte ao exerccio, que normalmente realizada no perodo de julho e agosto do ano do exerccio. Uma vez aprovada a proposta oramentria, a rea de TI toma conhecimento do oramento disponvel para execuo das aes no ano seguinte. Conhecendo o oramento disponvel, a rea de TI elaborar o Plano de Ao Anual e o Plano de Capacitao Anual para o prximo exerccio. Estes documentos sero levados apreciao e aprovao do CTI e da DIREC.

Os Planos Oramentrio, de Ao e de Capacitao anuais sero incorporados ao PDTI a cada ano.

42

Figura 13: Processo anual de planejamento de TI

Assim, nesta verso do documento do PDTI est comtemplado os Planos Oramentrio, de Aes e de Capacitao de TI para o exerccio de 2018.

rea de TI

Elaborar - Plano Oramentrio

Anual

Elaborar - Plano de Ao Anual- Plano de Capacitao

Anual de TI

DIREC Aprovar- Plano Oramentrio Anual

CTIApreciar, aprovar e sumeter DIREC

- Plano de Ao Anual- Plano de Capacitao Anual de TI

43

11.3 Plano de Aes - 2018

11.4 Critrios de Priorizao

Por solicitao do CTI na reunio de dezembro de 2016 foi elaborada uma nova metodologia de priorizao de projetos de tecnologia da informao. Essa nova metodologia foi aplicada a todos os projetos de sistemas de informao.

O resultado da aplicao da nova metodologia est mostrado na tabela abaixo.

Ranking Cdigo Projetos

Mat

urid

ade

Proc

esso

Alin

ham

ento

Es

trat

gic

o

Ate

nd. C

tle e

Le

gisl

ao

Impa

cto

Publ

ico

Alv

o

Urg

nci

a

Tota

l

PESO CRITRIOS 20 30 10 30 10

1 CTI28 Sistema de Acompanhamento de Reservatrios (SAR) Aprimoramento e expanso de dados e informaes de volume de gua Manuteno Evolutiva

4,56 3,89 1,44 4,33 1,4 3,6

2 CTI09 Sistema de Fiscalizao Novo Sistema 3,67 3,44 1,67 2,78 1,9 3,6

3 CTI06

Novo sistema do Cadastro Nacional de Usurios de Recursos Hdricos CNARH40-Integracao das bases de dados estaduais de usurios regularizados pelos estados Manuteno Evolutiva

4,33 3 1,44 3,89 1,7 3,5

4 CTI361 Mdulo de registro no REGLA por meio de carga de dados 3,89 2,56 1 3 1,2 3,3

5 CTI12 Sistema de Outorga em Tanque Rede Manuteno evolutiva Ser integrado ao REGLA (3.2 SRE) 4,11 2,78 1 3,44 1 3,3

6 CTI29 Sistema de Suporte Operao da Sala de Situao da ANA operacionalizao do manual da sala de situao da ANA Novo Sistema

3,44 3 1,22 3,89 1,4 3,3

7 CTI362 Mdulo de registro no REGLA no formato off-line Cadastramento em campo 2,56 3 1 3,44 1,2 3,2

8 CTI59 Sistema Gestor PCD Sistema para gerenciamento dos dados hidrometeorolgicos recebidos em tempo real Manuteno Evolutiva

4,11 3,89 1 3,44 2,1 3,2

9 CTI378 Sistema Nacional de Segurana de Barragens SNSISB Manuteno Evolutiva Outras fases 4,11 3 2,33 2,78 2,1 3,1

10 CTI23 SIG Conjuntura Desktop Manuteno Evolutiva 3,89 3 1,22 4,11 1,4 3,1

11 CTI38

Sistema Hidro Gerenciamento de bases de dados hidrometeorolgicas Manuteno Evolutiva para os novos requisitos dos usurios mapas no disponveis para facilitar consultas

3,67 3,89 1 4,33 2,1 3,1

12 CTI40 Sistema de Acompanhamento do Monitoramento Hidrolgico do Setor Eltrico SAMSE Manuteno Evolutiva 3,89 3 1,22 2,78 1,9 2,9

44

Ranking Cdigo Projetos

Mat

urid

ade

Proc

esso

Alin

ham

ento

Es

trat

gic

o

Ate

nd. C

tle e

Le

gisl

ao

Impa

cto

Publ

ico

Alv

o

Urg

nci

a

Tota

l

PESO CRITRIOS 20 30 10 30 10

13 CTI39 Sistema para Anlise de Dados Hidrolgicos SIADH Manuteno Evolutiva 3,44 3,22 1 3,67 1,7 2,9

14 CTI57

HIDROSAT Sistema para aquisio, processamento, e disponibilizao de dados hidrolgicos, calculados a partir de sensores radiomtricos e altimtricos embarcados em satlites ambientais

4,33 3,22 1 3,67 1,9 2,8

15 CTI372

Sistema de guas Subterrneas (SAS) em decorrncia da integrao (j ocorrida) do referido Sistema com o CNARH40, evoluir Mdulo de Anlise de gua Subterrnea Manuteno Evolutiva

3,89 2,33 1,67 3,22 1,4 2,8

16 CTI25 Implantao na ANA da base de dados provenientes dos Estudos de Estimativas de Demandas e Usos Consuntivos de Agua 2016 Novo Sistema

4,56 2,78 1 2,78 1 2,7

17 CTI49 Sistema para Visualizao de Dados Telemetricos SVDT - Manuteno Evolutiva 4,11 3 1 2,78 1,7 2,7

18 CTI70 SGIH Sistema de Gesto em Informaes Hidromtricas Novo Sistema 4,56 3,67 1,44 2,56 1,9 2,6

19 CTI375 Aplicativo Android/IOS de disponibilizao de informaes sobre abastecimento de agua e tratamento de esgoto s urbanos (App AGUA&ESGOTO)

3,44 2,78 1,22 3,44 1,4 2,6

20 CTI355 Sistema de Controle do PISF 1,22 3,67 1,22 2,56 1 2,5

21 CTI369 Ferramenta para automao da atualizao de informaes georeferenciadas de cobrana pelo uso de recursos hdricos no Portal do SNIRH (SAS/CSCOB)

3,22 2,11 1,44 3,22 1,2 2,5

22 CTI19

Sistema de Acompanhamento do Programa PrGesto, que possibilite atualizao das informaes, dos grficos, documentos e mapas publicados na pagina internet do programa

2,78 2,11 1 3,44 1,2 2,4

23 CTI45 Sistema visualizador de fichas de campo Manuteno Evolutiva 3,44 2,56 1 2,56 1,4 2,3

24 CTI367 Dispositivo de integrao entre o Sistema Informatizado de Gesto do Procomits (CINCO) e o Portal Internet do Procomits (SAS/CINCS)

2,11 2,11 1 2,78 1,2 2

25 CTI370

Dispositivo de comunicao (chat), no ambiente da pgina internet do PrGestao, que estimule e propicie a articulao, troca de experincias e esclarecimento de duvidas entre gestores de recursos hdricos estaduais e demais integrantes do sistema para discusso a respeito das metas do programa. (SAS/COAPP)

2,56 1,89 1 2,78 1,2 2

Tabela 10: Resultado da metodologia de priorizao

45

Nos prximos itens so apresentados os Planos de Ao para o ano de 2017 para as seguintes dimenses: sistemas de informao, infraestrutura, segurana da informao, governana e contrataes de TI.

42

11.5 Plano de Ao Sistemas de Informao

ID Ao Descrio da Ao Tipo da Ao Data Inicio Data Fim rea Responsvel

2018STI0001 Atualizar site institucional da ANA na internet Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0002 Criao e novo site institucional da ANA na Intranet em Plone Rotina 02/07/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0003 Evoluir o Portal CGGEP Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0004 Evoluir o Sistema de Atos Normativos Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0005 Evoluir o Sistema de Avaliao de Desempenho Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0006 Evoluir o Sistema de Capacitao Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0007 Evoluir o Sistema de Colegiados Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0008 Evoluir o Sistema de Gesto das Frias Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0009 Evoluir o Sistema de Recursos Humanos Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0010 Evoluir o Painel Gerencial do Sistema Prton Digital Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0011 Evoluir o Sistema Prton Digital Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0012 Evoluir Sistema Sophia Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0013 Evoluir sistema de Inscrio de Eventos Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0014 Evoluir Sistema de Planejamento da ANA - SISPLANA Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0015 Evoluir o Sistema de Arrecadao Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0016 Evoluir o Sistema de BoletoOnLine Rotina 19/06/2018 19/06/2018 COSIN 2018STI0017 Desenvolver novo Sistema de Gesto de Contratos, Convnio,

Termo de Parceria, Termos de Descentralizao e Acordo de Cooperao

Projeto 04/06/2018 31/12/2018 COSIN

2018STI0018 Atualizar site institucional da ANA na intranet Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0019 Atualizar Portais da Intranet Rotina 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0020 Atualizar o Boletim Informativo da ANA Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COSIN 2018STI0021 Desenvolvimento de sistemas priorizados pelo CTI Projeto 01/03/2018 31/12/2018 COSFI 2018STI0022 Sustentar sistemas finalsticos Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COSFI

Tabela 11: Plano de Ao 2018 Sistemas de Informao

43

11.6 Plano de Ao Infraestrutura

ID Ao Descrio da Ao Tipo da Ao Data Inicio Data Fim rea Responsvel

2018STI0023 Levantar requisitos para contratao de servios de Plataforma em Nuvem (PaaS Pataform as a Service)

Projeto 31/10/2018 01/04/2019 COOPI

2018STI0024 Elaborar proposta de automatizao de processos de infraestrutura

Projeto 02/01/2019 02/01/2019 COOPI

2018STI0025 Revisar e implementar novos processos de gesto de servios e governana de TI.

Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COOPI

2018STI0026 Dar continuidade s atividades do projeto de Implementao de IPV6

Projeto 25/06/2018 31/12/2018 COOPI

2018STI0027 Implementar ambiente DevOps de Integrao Contnua (CI) e Controle de Qualidade(QA)

Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COOPI

2018STI0028 Implementar soluo de monitoramento e gesto de TIC System Center Suite

Projeto 31/08/2017 31/05/2018 COOPI

2018STI0029 Implementar e manter soluo de Nuvem Privada Vmware Projeto 01/08/2017 31/05/2018 COOPI 2018STI0030 Adequar a estrutura das reas de armazenamento corporativos Projeto 30/11/2017 30/11/2018 COOPI 2018STI0031 Definir e Implementar Infraestrutura de Rede no Novo Prdio Projeto 01/02/2018 01/10/2018 COOPI 2018STI0032 Migrar Bases de Dados para SQL Server 2017 Projeto 16/07/2018 31/12/2018 COOPI 2018STI0033 Contratar solues de Telefonia IP e comunicao unificada. Projeto 02/07/2018 31/10/2018 COOPI 2018STI0034 Avaliar e Contratar Soluo de Segurana para Ambiente Virtual

de Nuvem Privada. Projeto 18/04/2018 18/04/2018 COOPI

Tabela 12: Plano de Ao 2018 Infraestrutura

44

11.7 Plano de Ao Segurana da Informao

ID Ao Descrio da Ao Tipo da Ao Data Inicio Data Fim rea Responsvel

2018STI0036 Gerir Contrato de garantia da soluo de auditoria de dados - Varonis

Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COOPI

2018STI0037 Definir estrutura, instituir e operar a ETIR e processos de gesto de incidentes de segurana

Projeto 25/06/2018 01/07/2019 STI

2018STI0038 Revisar o Plano de Continuidade de Negcio (PCN) e os Planos de Respostas Operacionais (PROs) e estimar custos de implementao

Projeto 19/04/2018 19/04/2018 COOPI

Tabela 13: Plano de Ao 2018 Segurana da Informao

45

11.8 Plano de Ao Governana

ID Ao Descrio da Ao Tipo da Ao Data Inicio Data Fim rea Responsvel

2018STI0039 Elaborao do Plano de Aes de Governana de TI para 2018 (COGTI)

Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COGTI

2018STI0040 Consolidar Atualizao dos Planos de Ao do PDTI 2018 Projeto 02/01/2018 13/04/2018 COGTI

2018STI0041 Apoio Tcnico aos Processos de Gesto de Servios de TI Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COGTI 2018STI0042 Apoio tcnico no acompanhamento PETI/PDTI Projeto 02/01/2018 31/12/2018 COGTI

2018STI0043 Acompanhamento e Controle de Contratos de Sistemas Finalsticos

Projeto 02/01/201