Preparação para batismo

  • View
    3.846

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Preparação para batismo

  • 1. ENCONTRO DE PRESPARAO PARA O BATISMO

2. Pastoral do BatismoNeide Marques MoraesLuciane AparecidaAssuno TonetePaulo de Oliveira CaresJaime Pascoalo 3. Plano de DeusUm dia ...Comeam sempre assim as lindas histrias infantis. Um dia Deus cansou-se de s contemplar a SI mesmo e resolveu ser CRIADOR. 4. Comeou a lidar com o tempo e no teve muita pressa!H bilhes de anos teria comeado com a criao do cu e da terra. 5. Como a terra estava vazia criou em seguida o Reino Mineral, as guas (mares e rios) e Depois o Reino Vegetal (ervas, rvores frutferas e todas as plantas) e por fim o reino Animal ( os animais, as aves, peixes, repteis...)Os rios e mares, as rvores, as flores e os animais comearam a enfeitar e perfumar o Paraso, futura casa de um morador muito importante para Deus O HOMEM! 6. Deus viu que tudo era bom, criou todas essas coisas com muito amor e por fim disse: _ Faamos o homem a nossa imagem e semelhana e que ele reine sobre a Terra...Criou-o a imagem e semelhana de Deus, criou o homem e a mulher...Abenoou e falou:multplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. 7. Deus Pai, Filho e Esprito Santo essencialmente Amor e Amor que um dia quisse comunicar e se comunicou pela Criao.Deus criou o homem como filho._ O que ser Filho? ter a mesma natureza que os pais.Deus _ Amor comunicou-se com talintimidade, doou-se de tal maneira, queplantou no homem a sua naturezaDivina, tornando-o semelhante a SI. 8. Deus pde ento realizar seusonho de Pai: amar a imagemdo seu Filho, o homem commesmo amor que ama seuPrprio Filho.O homem passa a participarda vida de Deus, da naturezadivina.Tem a fisionomia de Deus, poisDeus vem morar nele atravsda GRAA Divina. ela verdadeiro elo entre Deuse o homem, a Vida de Deusno Homem.A Graa, a Vida Divina jest presente no Homem: obem, o belo, o verdadeiro, ojusto e o amvel tudo Graa. 9. Esse homem foi criado por Deus para ser Feliz, foidotado da inteligncia para dominar essemundo, da liberdade para direcionar sua vida.Vivia no Paraso, na amizade deDeus, entretanto, no seu egosmo ele estragoutudo.O drama comeou quando o homem num atode rebeldia desobedeceu a Deus. O Plano deDeus era realizar a felicidade do Homem, comofilho de Deus, entretanto, o homem quisconstruir o seu prprio plano, no aceitou oplano de Deus e disse NO! A seu Criador e com 10. Isso destruiu o Plano desua Felicidade. A proposta de Deusera: A Vida. A Resposta doHomem doi: A Morte. A proposta de Deusera: 11. AGraa. A resposta do homem foi: Des Graa! A proposta de Deus era: Justia e Santidade. 12. A resposta do homem foi: Pecado.A proposta de Deus era: Amizade do Pai. 13. A resposta do homem foi: Inimizade!Deus entrou com o projeto do Bem;O homem revida com o Mal!A queda do estado de Graa para um estado depecado chama-se PECADO ORIGINAL, isto, pecado que d origem a todos os pecados.O que aconteceu?Nossos primeiros pais (Ado e Eva) diz a Bbliaque comeram da rvore proibida o seu fruto. 14. Que fruto comeram?Ma mesmo!Ou o qu? 15. No importa saber o que comeramou fizeram, se foi gula ou sexo!O que importa o que a Bblia quertransmitir: O homemdesobedeceu, disse: NO a Deus;No ao Plano do criador!Esse pecado original estacontecendo cada dia. O mundocria a toda hora situaes depecado com o fruto tentador doEGOSMO... Ganncia, dasinjustias, corrupes, fazendo ohome ter quedas, e tentar o Planode Deus. 16. O homem ento desde o incio no soubeescolher bem e preferiu o caminho domal, rejeita portanto, a finalidade de suaexistncia. Viver a Graa, viver a amizade de Deus.Mas, Deus no desiste e no deixa de Amaresse homem que deliberadamente recusou oseu amor.Ele continua a desenvolver o seu Projeto devida, o seu Plano de Salvao, chamando ohomem para tir-lo da vida do pecado. 17. Deus quer libertar seu filho para continuaraquela histria inicial de amor. Ele foi serevelando, foi mostrando o seu carinho eamor pelo homem atravs das Alianas quefez ao longo da Histria. Fez Aliana com nossos primeiros pais: Eisque vos dou toda a erva que d sementesobre a terra e todas as rvores frutferas...Para que vos sirvam de alimento...Multiplicai-vos e enchei a Terra e submetei-a. 18. Fez Aliana atravs de No:Entra na arca... Tu e toda tua casa, porque oreconheci justo diante dos meus olhos, entreos de tua gerao.De todos os animais... Tomars umcasal, macho e fmea. Saia da arca, com tuamulher, teus filhos e as mulheres de teusfilhos. Faze sair igualmente contigo todos osanimais... Para que cresam e semultipliquem sobre a Terra. Com No ocomeo de uma nova HUMANIDADE. 19. Depois de muito tempo Deus faz Aliana com Abrao, o senhor disse a ele: Deixa tua terra, tua famlia e a casa de teu Pai e v para a terra que eu te mostrar. Farei de Ti uma grande Nao. Da Descendncia de Abrao, Deus forma o seu povo, o povo de Israel. 20. Conta a Bblia que esse povo, entretanto,caiu cativo dos Egpcios, mas, atravs daAliana com Moiss, Deus liberta o seu povo.Vou libertar-vos dos jugo dos egpcios elivrar-vos da sua servido... 21. Tomar-vos-ei para meu povo e serei vosso Deus... Introduzir-vos-ei na Terra que jurei dar a Abrao, a Isaac e a Jac. Salvo dos egpcios (com a passagem pelo Mar Vermelho) na sua caminhada pelo deserto, rumo a Terra prometida, Deus revela aos homens os verdadeiros mandamentos divinos. 22. Honra teu pai e tua me, para que teus diasse prolonguem sobre a Terra que te d oSenhor Deus; No Matars. No Cometer Adultrio. 23. No Furtars. No levantars falso testemunho contra o teuprximo. No cobiars a casa a casa do teu prximo. No cobiars a mulher to teu prximo, nemseu escravo, nem sua escrava, nem seuboi, nem seu jumento, nem nada que lhepertena. 24. Mesmo sabendo da vontade de Deus, dos mandamentos que recebeu, o homem continuava no pecado. No obediente ao Plano do Pai, ento, Deus se comunica com esse homem desobediente atravs dos Profetas que vem recordar ao povo judeu que a Aliana com Deus era um compromisso de Ambos. Os profetas vieram anunciar a necessria fidelidade a Deus e denunciarem a infidelidade dos homens. 25. Foram muitos os profetas: Isaias ( o maior deles), Daniel, Jeremias, Ezequiel, Ozias, Jon as, Zacarias, Malaquias, Ams... Ezequiel que traz a mensagem de Deus>Derramarei sobre vs guas puras, que vos purificaro de todas as imundices... Dar-vos - ei um corao novo e em vs porei um Esprito novo; tirar-vos-ei do peito um corao de pedra... Sereis meu povo e Eu serei seu Deus. 26. Mas os profetas no foram ouvidos. Entretanto, Deus queria ver o seu Plano de Salvao concretizado, para que o homem volte a sua condio de Filho de Deus, participante da natureza e vida divinas. Faz uma nova e eterna Aliana. Ele vem ento se encarnar na natureza humana, torna-se homem, entra de corpo e alma na aventura humana, torna-se um dos nossos. Vem falar nossa linguagem, comer conosco, em tudo semelhante a ns, menos no pecado. revestido da segunda pessoa da Santssima Trindade _ O FILHO, que 27. Os Sacramentos so sinais sensveis da Graa do amorde Deus. sinal da grande realidade que Deus comunica aos homens, portanto, osacramento sempre algo Palpvel, Visvel, Externo. Onde se d um sacramento, ali est a marca de Deusque passa, vindo ao encontro do homem. Esta marca a graa que santifica, eleva e sobrenaturaliza o homem. 28. H trs realidades aconsiderar nossacramentos: A sua Fonte, que oprprio Cristo, Verbode Deus que se fezhomem A sua Fora, que oEsprito santificador O seu Canal, que aIgreja 29. Nunca compreenderemos os sacramentos e sua ntima ligao coma Igreja se nosesquecermos do Esprito Santo, que foi enviado como vida e almada prpria Igreja.Em cada sacramento o Esprito Santo age com uma graaespecfica; purifica o fiel e oinsere na Igreja pelo Batismo; confirma-o na f e lhe d seus donse carismas naConfirmao; perdoa-o e o fortalece na Penitncia; une-o ao corpoe sangue de Cristo e aseu Sacrifcio na Eucaristia; estreita a unio de amor do homem eda mulher, semelhanade Cristo unido humanidade, no Matrimnio; conforta o homem funo pontifical deCristo pela Ordem; alenta os doentes e o une ao Cristo sofredor eressuscitado na Unodos Enfermos. 30. Diz o ritual: " Deus, pelos sinais visveis dos sacramentos realizais maravilhas invisveis. Ao longo da histria da salvao vs vos servistes da gua para fazer-nos conhecer a graa do batismo. J na origem do mundo vosso Esprito pairava sobre as guas para que elas concebessem a fora de santificar. Nas guas do dilvio prefigurastes o nascimento da nova humanidade, de que modo que a mesma gua sepultasse os vcios e fizesse nascer a santidade. Concedestes aos filhos de Abrao atravessar o mar Vermelho a p enxuto, para que, livres da escravido prefigurassem o povo, nascido na gua do batismo. Vosso Filho, ao ser batizado nas guas do Jordo, foi ungido pelo Esprito Santo. Pendente da cruz, do seu corao aberto pela lana fez correr sangue e gua" (cf. Ritual do Batismo, Beno da gua Batismal) 31. A palavra Igreja vem do grego, EKLSIA, quesignifica REUNIO DOS CONVOCADOS, cujamisso EVANGELIZAR, quer dizercomunicar a salvao de Deus que veio porJesus Cristo. A Igreja realiza estatarefa, atravs da pregao e do exemplo(gestos fraternos), revelando: o amor deDeus; sua proposta de converso paratodos; sua preferncia pelos mais pobres; esuaproposta de transformao dasociedade, a caminho do reino definitivo. AIgrejatem sempretrsdimensesessenciais e que se completam. 32. Os sacramentos so gestos e expresses de f, deunio, da graa e da beno de Deus, que noslevam a nos comprometer cada vez mais comnossos irmos. Ao longo de nossa vida hacontecimentos e sinais que representam a nossaf em Deus. Os sacramentos representam o inciode nossa f e a maturidade da mesma. So sete sinais de f e vida que selam o nossocompromisso com Deus e com a comunidadeformando assim uma relao trinitria, como oamor da Trindade Eterna.Deus + Eu + Comunidade 33. BATISMO:Matria guaForma Eu te batizo em nome do Pai, do Filho edo Esprito Santo. Amm.Graa Apaga o pecado original nos tornaf