PROJETO CURRICULAR - csqbv.· 1 PROJETO CURRICULAR CENTRO SOCIAL DA QUINTA DA BOA VISTA O Projeto

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of PROJETO CURRICULAR - csqbv.· 1 PROJETO CURRICULAR CENTRO SOCIAL DA QUINTA DA BOA VISTA O Projeto

  • PROJETO CURRICULAR

    CENTRO SOCIAL DA QUINTA DA BOA VISTA

  • 1

    PROJETO CURRICULAR CENTRO SOCIAL DA QUINTA DA BOA VISTA

    O Projeto Curricular da Instituio (2013/2016) o documento que define as

    opes pedaggicas, prioridades e critrios, em torno das quais se organizam os

    contedos a serem trabalhados.

    Pretende ser um instrumento de trabalho e um programa dinmico, geral e

    abrangente, uma vez que permite fundamentar a intencionalidade pedaggica do

    educador atravs de diversas opes educativas.

    Este projeto tem como ponto de apoio as orientaes curriculares, o que se torna

    facilitador de uma certa unidade no trabalho, de coerncia e qualidade. A partir deste

    projeto, cada educador ou tcnico, com autonomia e criatividade, elabora o seu projeto

    curricular de grupo (anual).

    Edio n 2 Revisto em:

    Setembro de 2013

    Responsveis:

    Equipa Pedaggica

  • 2

    NDICE

    1.Caracterizao do contexto educativo ............................................................ 3

    1.1. Como tudo comeou ................................................................................... 3

    1.2. Misso, viso, valores e poltica de qualidade ................................................. 3

    1.3. Realidade envolve ....................................................................................... 4

    1.4. Organizao institucional ............................................................................. 4

    1.5. Organograma ............................................................................................. 5

    1.6. Recursos fsicos .......................................................................................... 5

    1.7. Pblico-alvo ............................................................................................... 5

    2.Objetivos gerais ............................................................................................. 7

    2.1. Creche ...................................................................................................... 7

    2.2. Pr-Escolar ................................................................................................ 7

    2.3. ATL ........................................................................................................... 8

    3.Fundamentao das opes educativas ......................................................... 9

    3.1. Creche ...................................................................................................... 9

    3.2. Pr-escolar ................................................................................................ 9

    3.3. ATL ........................................................................................................... 9

    4.Metodologia ................................................................................................. 10

    5.Intenes de trabalho .................................................................................. 11

    5.1. Opes e prioridades curriculares ............................................................... 11

    5.2. Objetivos e estratgias .............................................................................. 11

    5.2.1. Creche ............................................................................................... 11

    5.2.2. Pr-escolar ......................................................................................... 17

    5.3. Previso e intervenientes do processo educativo ........................................... 31

    6.Avaliao ..................................................................................................... 32

    6.1. Creche .................................................................................................... 32

    6.2. Pr-escolar .............................................................................................. 32

    7.Relao com a famlia e outros parceiros educativos ................................... 33

    8.Projetos ....................................................................................................... 34

    8.1. Projetos eco-escola ................................................................................... 34

    8.2. Projeto conviver e partilhar ........................................................................ 34

    9. Tema anual ................................................................................................. 35

    10. Biblioteca .................................................................................................. 36

  • 3

    1. CARACTERIZAO DO CONTEXTO EDUCATIVO

    1.1. Como tudo comeou

    Com o objetivo principal de suprir carncias educativas, sociais e culturais e colmatar

    algumas insuficincias ao nvel do apoio s famlias, surgiu o Centro Recreativo e Cultural da

    Quinta da Boa Vista no perodo ps 25 de Abril de 1974, como resultado de um movimento de

    ocupao protagonizado pela populao local.

    Passados 3 anos e mantendo a inspirao inicial, marcadamente social e comunitria, e, de

    acordo com o enquadramento legal em vigor, foi dado corpo a uma Pessoa Coletiva de Utilidade

    Publica Administrativa, mais tarde transformada em Instituio Particular de Solidariedade Social

    (IPSS) denominada por Centro Social da Quinta da Boa Vista.

    Posteriormente, foi-se procurando melhorar as condies fsicas e pedaggicas da

    Instituio, nomeadamente, enquadrando todos os grupos de crianas por pessoal tcnico

    especializado, respeitando o n mximo de crianas por sala, equipando as salas de material

    didtico e apoiando a formao permanente dos seus funcionrios, para que a resposta

    educativa fosse a mais adequada.

    Trata-se, assim, de uma Instituio sem fins lucrativos, de cariz laico, que se tem

    desenvolvido muito atravs do voluntariado dos seus associados.

    Est associada Unio das Instituies Particulares de Solidariedade Social, participando

    como membro ativo nas suas reunies e Assembleias Distritais.

    Atualmente, a nossa instituio procura responder s necessidades educativas dos seus

    utentes, no descurando a vertente social que esteve na sua origem. Neste momento, so cerca

    de 300 crianas que frequentam a nossa Instituio.

    1.2. Misso, Viso, Valores e Poltica de Qualidade

    Misso: Existimos para cooperar com as famlias e comunidade envolvente na formao e

    desenvolvimento de crianas e jovens no mbito scio-educativo.

    Viso: Pretendemos que a nossa Instituio seja cada vez mais eficiente na execuo da

    misso e que se afirme como uma Instituio de referncia no seio da nossa comunidade:

    internamente com os colaboradores, pais e associados e externamente com todas as entidades

    com que nos relacionamos.

    Valores: So valores fundamentais da Instituio: educar e formar crianas ntegras e

    felizes, solidariedade, igualdade de oportunidades, respeito por todos os que apoiamos e que

    connosco trabalham, profissionalismo e exigncia, esprito de equipa e voluntariado.

    Poltica de Qualidade: Abrange os clientes, os colaboradores, a organizao da prpria

    Instituio e a comunidade envolvente.

  • 4

    Clientes - a Instituio pretende promover o bem-estar e proporcionar o acesso a servios

    de qualidade aos seus clientes.

    Colaboradores - a Instituio pretende promover uma cultura organizacional capaz de

    estimular a motivao, o comprometimento e a formao dos colaboradores.

    Organizao da Instituio - esta pretende cumprir os requisitos legais em vigor nos

    servios prestados.

    Comunidade - a Instituio pretende estabelecer parcerias e promover o contacto com a

    comunidade envolvente.

    1.3. Realidade Envolvente

    O CSQBV est situado em Meleas, numa das zonas limtrofes da Freguesia de Belas

    (Concelho de Sintra), na confluncia com as Freguesias de Rio de Mouro e Algueiro Mem-

    Martins. Localiza-se numa rea de paisagem rural, rodeada de espaos verdes, situada a cerca

    de 1 Km da estao de comboios de Mira-Sintra - Meleas.

    As nossas crianas so principalmente oriundas de meios densamente povoados (Rinchoa,

    Cacm, Mercs e Mem-Martins).

    1.4. Organizao Institucional

    A Instituio constituda por todos os associados em pleno direito de funes. Os rgos

    que dirigem a nossa Instituio so eleitos por mandatos de 3 anos, dividindo-se em

    assembleia-geral, direo e conselho fiscal.

    Assembleia-Geral compete dirigir os trabalhos das sesses das assembleias, onde todos

    os associados propem ideias/projetos e esto envolvidos nas decises e escolhas da e para a

    Instituio. Rene, em princpio, 2 vezes por ano (novembro e maro), e todos os associados

    devem estar presentes.

    Direo compete administrar e dirigir a Instituio, zelar pelo cumprimento das decises

    dos outros rgos e representar a Instituio. Rene mensalmente.

    Ao Conselho Fiscal compete vigiar pelo cumprimento da lei e dos estatutos e, em especial,

    fiscalizar a escriturao e dar parecer sobre o relatrio de contas e oramento elaborados pela

    Direo.

    O desempenho de qualquer cargo nos corpos gerentes no remunerado e voluntrio e

    pode ser exercido de qualquer associado que seja eleito em assembleia-geral.

  • 5

    1.5. Organograma

    1.6. Recursos Fsicos

    O CSQBV tem um espao exterior excecional e nico na zona, com potencialidades para

    proporcionar riqussimas experincias em termos de desenvolvimento global das crianas e

    jovens. Possui um ringue, parque infantil, jardins imensos, uma zona com animais de quinta