Projeto Curricular de Agrupamento

  • View
    227

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Projeto curricular de agrupamento para o ano letivo 2012/2013.

Text of Projeto Curricular de Agrupamento

  • 2012/ 2013

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    2

    NDICE

    1 PREMBULO 5

    2 INTRODUO 6

    3 CARATERIZAO DO MEIO 7

    3.1 Caraterizao Scio Econmica e Cultural 7

    3.2 Enquadramento Legal 8

    3.3 Estrutura do Agrupamento 8

    4 MODELO CONCEPTUAL 9

    4.1 Articulao 9

    4.2 Objectivos 10

    4.3 Finalidades 10

    5 ORGANIZAO ESCOLAR 11

    5.1 Constituio das Turmas 11

    5.2 Horrio de Funcionamento das Escolas 14

    5.2.1 Ensino Pr-Escolar 14

    5.2.2 1 Ciclo do Ensino Bsico 15

    5.2.3 2 Ciclo do Ensino Bsico 16

    5.2.4 3 Ciclo do Ensino Bsico E Ensino Secundrio 17

    5.3 Matriz Curricular 17

    5.3.1 Ensino Pr-Escolar 17

    5.3.2 1 Ciclo do Ensino Bsico 19

    5.3.3 2 Ciclo do Ensino Bsico 20

    5.3.3.1 Apoio ao Estudo 21

    5.3.4 3. Ciclo do Ensino Bsico 21

    5.3.5 Ensino Secundrio 22

    5.3.5.1 Lnguas e Humanidades 23

    5.3.5.2 Cursos de Cincias E Tecnologias 24

    5.3.5.3 Curso de Artes Visuais 25

    5.3.5.5 Cursos Profissionais 26

    5.3.6 Outras Ofertas 26

    6 ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR 26

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    3

    6.1 Actividades de Enriquecimento Curricular/Projectos (3Ciclo/Secundrio) 28

    6.2 PTE Plano Tecnolgico Para a Educao 28

    7 CRITRIOS PARA A DISTRIBUIO DO SERVIO LECTIVO 29

    8 COMPONENTE DE APOIO FAMLIA/ PROLONGAMENTO DE HORRIO

    29

    9 ORGANIZAO PEDAGGICA 30

    9.1 Competncias Gerais 30

    9.1.1 Ensino Pr-Escolar 30

    9.1.2 1 Ciclo do Ensino Bsico 33

    9.1.3 2 E 3 Ciclos do Ensino Bsico e Ensino Secundrio 36

    9.2 Competncias Transversais 36

    9.2.1 1 Ciclo do Ensino Bsico 36

    9.2.2 2. E 3 Ciclos do Ensino Bsico 37

    9.3 Estruturao dos Apoios A Alunos com Necessidades Educativas Especiais 38

    9.3.1 Ensino Pr-Escolar 39

    9.3.2 1, 2 E 3ciclos do Ensino Bsico e Ensino Secundrio 39

    10 AVALIAO PEDAGGICA 40

    10.1 Modalidades da Avaliao 40

    10.2 Critrios Gerais de Avaliao 41

    10.2.1 Alunos Abrangidos Pela Modalidade de Educao Especial 42

    10.2.2 Forma de Participao dos Pais E Encarregados de Educao 42

    10.2.3 Forma de Participao dos Alunos 42

    11 CRITRIOS DE AVALIAO DO ENSINO PR-ESCOLAR ANO LECTIVO

    2012/2013 43

    11.1 Pr-Escolar 43

    11.2 Critrios Gerais de Avaliao 1 Ciclo Do Ensino Bsico/Ano Letivo 2012/2013 52

    11.2.1 Percentagem a Atribuir na Avaliao s Diferentes reas Curriculares 54

    11.3 2 Ciclo do Ensino Bsico 55

    11.4 3 Ciclo do Ensino Bsico 71

    11.5 Secundrio 96

    11.6 Grupo de Educao Especial 119

    12 ESTRUTURA/CRITRIOS DE AVALIAO CURSOS DE EDUCAO E

    FORMAO (CEF) 122

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    4

    12.1 Tipologia Dos Cursos 122

    12.2 Estrutura Curricular 122

    12.3 Critrios de Avaliao Cursos De educao e Formao 124

    13 PROFISSIONAIS ESTRUTURA/CRITRIOS DE AVALIAO 136

    13.1 Estrutura Curricular 136

    13.2 Modalidades de Avaliao 137

    13.3 Critrios de Avaliao Cursos Profissionais 138

    14 CRITRIOS DE AVALIAO OFERTA COMPLEMENTAR 148

    15 APOIO AO ESTUDO 2 CICLO 149

    16 ORIENTAES PARA A ELABORAO DOS PLANOS DE TURMA 150

    17 PLANO DE FORMAO 152

    18 ARTICULAO COM O PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 152

    19 AVALIAO DO PROJECTO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO 152

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    5

    A Educao um processo social, desenvolvimento.

    No a preparao para a vida, a prpria vida.

    Jhon Dewey

    1 PREMBULO

    O Decreto-Lei n 139/2012, que procede introduo de um conjunto de alteraes na

    estrutura curricular, define o currculo como um conjunto de contedos e objetivos

    que, devidamente articulados, constituem a base da organizao do ensino e da

    avaliao do desempenho dos alunos () tendo como referncia os programas das

    disciplinas e reas curriculares disciplinares, bem como as metas curriculares a atingir

    por ano de escolaridade e ciclo de ensino.

    Compete escola definir estratgias de concretizao e desenvolvimento do currculo,

    em consonncia com o Projeto Educativo.

    O Projecto Curricular de Agrupamento implica a construo e a fundamentao de

    propostas, a tomada de decises, a avaliao de resultados e uma permanente

    readequao de processos por parte das escolas e dos professores. Valoriza igualmente o

    questionamento dos papis e das tarefas curriculares dos professores e das equipas

    educativas, a avaliao, a diferenciao pedaggica, as competncias transversais e as

    essenciais em cada componente curricular e ciclo de ensino.

    A construo de um projeto sempre uma declarao de intenes que visam integrar-

    se numa prtica. O desenvolvimento deste projecto curricular deve, por isso, ser sujeito

    a um processo contnuo e rigoroso da avaliao das metas, da aplicao das medidas e

    dos resultados obtidos para que, de modo justificado e consequente, se proceda aos

    ajustamentos julgados necessrios.

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    6

    2 INTRODUO

    O Agrupamento de Escolas de Pinhel integra todos os nveis de educao escolar

    estabelecidos na Lei de Bases do Sistema Educativo.

    O Decreto-lei 139/2012, de 5 de Julho, acima referido, estabelece como principal

    objetivo a implementao de um Currculo Nacional, de acordo com os seguintes

    pressupostos: diferenciao, adequao e flexibilizao. O Currculo Nacional refere-se s

    aprendizagens que se deseja que sejam feitas pelos alunos, com vista consecuo de duas

    finalidades principais:

    a) Resposta s necessidades e exigncias da sociedade;

    b) Satisfao das necessidades do desenvolvimento e da realizao individual dos

    alunos.

    Neste contexto, no Projecto Curricular de Agrupamento que a comunidade educativa

    assume as suas prioridades curriculares, desenhadas de acordo com o currculo nacional e

    com as particularidades de cada escola. As estratgias de desenvolvimento, adequao e

    diferenciao do Projeto Curricular de Agrupamento ao contexto de cada turma, so

    concretizadas no Plano da Turma, a desenvolver pelos professores titulares, em articulao

    com o Departamento 1. CEB, ou pelo Conselho de Turma, consoante os ciclos.

    Tendo em conta as funes sociais da escola, a diversidade dos contextos sociais e a

    heterogeneidade dos alunos, deve reconhecer-se a importncia de flexibilizao do currculo,

    o que implica:

    a) Adequao dos contedos e dos processos educativos s particularidades do

    contexto e s caractersticas especficas dos alunos;

    b) Definio dos papis curriculares da escola e dos professores na tomada de decises

    sobre questes centrais do desenvolvimento curricular.

    Identificadas as metas e os contedos considerados essenciais no currculo nacional, a

    diferenciao manifestar-se- nas metodologias, nos materiais didticos, no tempo, nos

    espaos educativos e nos grupos de alunos.

    A gesto flexvel do currculo assim entendida, requer:

  • Projeto Curricular de Agrupamento

    Agrupamento de Escolas de Pinhel

    7

    Um bom conhecimento dos alunos, colocados no centro das preocupaes dos

    professores ao planificarem a sua prtica curricular;

    A explicitao das particularidades da escola, entendida no sentido mais abrangente,

    e a clarificao dos pressupostos comuns no Projecto Curricular de Agrupamento e

    nos Plano da Turma.

    Uma regular cooperao entre os professores dos mesmos alunos, assumindo os

    conselhos de turma um maior protagonismo na adequao do currculo s

    necessidades, interesses e caractersticas dos alunos;

    Salientando que foi do contexto em que este Agrupamento de Escolas est inserido que

    surgiram as problemticas evidenciadas no Projeto Educativo, poder-se- referir que a grande

    meta deste Projecto Curricular o de lhe dar uma resposta eficaz no mbito do

    desenvolvimento curricular.

    3 CARATERIZAO DO MEIO

    3.1 Caraterizao Scio Econmica e Cultural

    Geograficamente, Pinhel situa-se no interior do distrito da Guarda. A situao

    geogrfica de Pinhel, que h centenas de anos contribuiu para o seu enriquecimento,

    contribuiu hoje e h muitas dcadas a esta parte para a sua estagnao, despovoamento e

    empobrecimento. O Pinhel de hoje , essencialmente, uma cidade de servios, conhecendo-se

    como principais empregadores a Cmara Municipal e todas as escolas, desde o Pr- Escolar ao

    Ensino Secundrio.

    Com um passado histrico to rico, contrasta o presente. A indstria no se enraizou e,

    desta forma, a mo-de-obra procura em outras partes do concelho e distrito o seu sustento.

    Permanece, apenas, uma agricultura subsidiria.

    As freguesias que pertencem zona de influncia do Agrupamento esto, portanto,

    inseridas num meio essencialmente rural, fornecedoras de mo-de-obra para a construo

    civil, servios, industrias e outras, sediadas no concelho de Pinhel. De forma geral, o nvel

    social, econmico e cultural baixo, verificando-se algumas situaes crticas.

  • Projeto Curricular