Salva Surf

  • Published on
    28-Mar-2016

  • View
    214

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Curso de salvamento especialmente direccionado para surfistas. Contedos programticos.

Transcript

  • surf salva

  • 1

    CONTEDOS PROGRAMTICOS

    1. SIEM Sistema Integrado de Emergncia Mdica

    2. Resgate em meio aqutico para vtimas conscientes

    3. Resgate em meio aqutico para vtimas inconscientes

    4. Trauma em meio aqutico

    5. SBV Algoritmo de Suporte Bsico de Vida

    6. PLS Posio lateral de segurana

  • 2

    PROVVEL QUE, O

    IMPROVVEL ACONTEA!

    O SIEM trata-se de um conjunto de entidades que cooperam com um

    objetivo: prestar assistncia s vtimas de acidente ou doena sbita. Essas

    entidades so a PSP, a GNR, o INEM, os Bombeiros, a Cruz Vermelha

    Portuguesa, os Hospitais e Centros de Sade, ISN-Marinha, (testemunhas).

    O INEM o organismo do Ministrio da Sade responsvel por coordenar

    o funcionamento, no territrio de Portugal Continental, do SIEM. O

    sistema comea quando algum liga 112 - o Nmero Europeu de

    Emergncia. O atendimento das chamadas cabe PSP, nas centrais de

    emergncia. Sempre que o motivo da chamada tenha a ver com a sade, a

    mesma encaminhada para os Centros de Orientao de Doentes

    Urgentes (CODU) do INEM.

    Sempre que o CODU aciona um meio de emergncia procura que o

    mesmo seja o que est mais perto do local da ocorrncia,

    independentemente da entidade a que pertence (INEM, Bombeiros ou

    CVP).

  • 3

    AGUEIROS - RIP CURRENT - CORRENTES CRUZADAS

    Todos os anos, a causa maioritria dos salvamentos foi devido a este

    fenmeno, o que revela o seu perigo e risco.

    Felizmente a maioria deles, tiveram um final feliz. Mas nem sempre

    assim.

    As Rip Current, conhecido na regio como Agueiros, so

    zonas/correntes de mar muito perigosas para o banhista.

  • 4

    A gua encontra sempre o seu equilbrio prprio, isto , aps vrias ondas

    rebentarem na praia, a gua retoma pelo local que causa menos

    resistncia. Isto a corrente de Agueiro (Rip Current).

    Resumidamente, a gua retoma para o mar como se tratasse de um

    canal (corrente).

    Praticamente impossvel de regressar para o areal por essa corrente, a

    soluo manter a calma, nadar paralelo costa e nunca contra a

    corrente, posteriormente nadar para terra.

    Porm, nunca hesite em pedir socorro caso sinta dificuldade.

    Estas correntes para alm de perigosas so difceis de reconhecer.

    Para identificar um Agueiro tente observar:

    1. Cor da gua, acastanhada devido ao arrastamento da areia no

    fundo;

    2. Espuma na superfcie da gua, que se estende alm da

    rebentao;

    3. Deslocamento de materiais e destroos flutuantes;

    4. Ondas maiores e mais frequentes dos dois lados;

    5. Tremura numa zona da gua, quando a gua volta est lisa.

  • 5

    O banhista deve tentar sempre verificar a existncia de agueiros e as

    condies do mar em geral antes de entrar na gua para sua prpria

    segurana.

    Poder e dever sempre recorrer aos Nadadores Salvadores para estes

    indicarem quais as melhores e seguras zonas para banhos.

    SBV SUPORTE BSICO DE VIDA

    Qualquer um de ns pode salvar uma vida ou pelo menos tentar que as

    funes vitais se mantenham estveis at chegada dos meios tcnicos e

    humanos mais qualificados.

    Na cadeia de sobrevivncia cujos elos se representam, cada um

    complementa o outro e o xito do seguinte depende da boa realizao do

    anterior.

    O Suporte Bsico de Vida envolve uma srie de procedimentos e tcnicas

    a realizar, que visam garantir que as funes vitais se mantenham estveis

    ou pelo menos atrasem o tempo em que os danos se tornem irreversveis.

  • 6

    Assim, desde muito jovens deveramos saber quais os passos de activao

    do Sistema Integrado de Emergncia Mdica SIEM, saber como nos

    confrontar perante uma vtima inconsciente, que manobras se devem

    realizar para manter as funes vitais at chegada do socorro

    especializado.

    O objectivo ensinar gestos que possam salvar uma vtima em situao de

    afogamento / paragem crdio-respiratria.

  • 7

    ALGORITMO SUPORTE BSICO DE VIDA PARA VTIMAS

    DE AFOGAMENTO

    1 Segurana

    2 Estado de conscincia

    3 Permeabilizar Via Area

    4 Verificar Respirao (10 seg.)

    5 A Respira!!! PLS 112

    5 B No respira!!! 5 Ventilaes

    6 3 x 30 CTE: 2 Ventilaes = 1 minuto SBV

    7 Ligar 112

    8 30 Compresses Torcicas - CTE

    9 2 Ventilaes

    10 Relatar dados da ocorrncia

  • 8

    NO IMPORTA QUEM SALVA,

    O IMPORTANTE SALVAR!

  • 9

    ATENO: Contra indicado para vtimas de trauma!!!

    Puxe a testa da vtima para trs, de modo a que a garganta fique direita.

    Assim, as vias respiratrias manter-se-o desimpedidas, o que permite

    que a vtima respire livremente

  • 10

    surf salva

  • 11

  • CursoISN_PPSC_ConteudosProgramaticos_CapaCursoISN_PPSC_ConteudosProgramaticosCursoISN_PPSC_ConteudosProgramaticos_ContraCapa