tutorial tango

  • View
    2.142

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

DEPARTAMENTO DE ELETRO-ELETRNICA COLGIO TCNICO DE CAMPINAS UNICAMP

SOFTWARE

TANGO

Prof. Roberto Angelo Bertoli V2 junho, 00

COTUCA

Software TANGO

2

NDICE11.1 1.2 1.3

GERALOBJETIVO BIBLIOGRAFIA INTRODUO AO SOFTWARE TANGO.

33 3 3

22.1 2.2

ESQUEMA ELTRICOTANGO SCH AJUSTES GERAIS GRADE BIBLIOTECA OPES DE TRABALHO CRIAO DE UM ESQUEMA ELTRICO. CRIAO DE UM COMPONENTE ELTRICO. COMPILAO DE UM ESQUEMA.

55 6 6 7 8 8 15 21

2.3 2.4 2.5

33.1

PLACA DE CIRCUITO IMPRESSOTANGO PCB PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO PROJETO DE UM CIRCUITO IMPRESSO CRIAO DE UMA PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO MANUAL AJUSTES GERAIS AJUSTES GERAIS CRIAO DO COMPONENTE CRIAO DE CIRCUITO IMPRESSO VIA NET LIST. TANGO ROUTE. ENTRAR NO TANGO ROUTE FILES PASSES OPTIONS DISPLAY COLORS ROUTE QUIT

2626 26 26 27 29 36 36 40 47 47 48 49 50 51 51 51 51

3.2

3.3 3.4

4

EXERCCIOS

53

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

3

1

GERAL

1.1 OBJETIVOUso do computador para criao de esquemas eltricos e placas de circuito impresso.

1.2 BIBLIOGRAFIAEsta apostila simplesmente uma referncia para o curso. Para um maior aprofundamento consultar: WESLEY, M. et. alli, Tango: Uma ferramenta poderosa para projetos eletrnicos, Ed. rica. ACCEL TECHNOLOGIES, INC. Manual do TANGO SCH; Manual do TANGO PCB e Manual do TANGO ROUTE.

1.3 INTRODUO AO SOFTWARE TANGO.O TANGO um Software produzido pela ACCEL TECHNOLOGIES largamente utilizado por empresas, universidades, escolas e profissionais autnomos no desenvolvimento de esquemas eletro-eletrnicos e Lay-out de placas de circuito impresso. O TANGO roda em computadores da linha IBM PC, em ambiente Windows (TANGO PRO for Windows) ou ambiente DOS. Tambm possui uma verso educacional, com limitao no tamanho dos esquemas folha A4 e placas com tamanho mximo de 30 polegadas quadradas. O programa composto por trs mdulos: TANGO SCHEMATIC Editor grfico para desenho de esquemas eletro-eletrnicos. TANGO PCB Editor grfico para elaborao do LAY-OUT da placa de circuito impresso. TANGO ROUTE Para efetuar de modo automtico a ligao entre os componentes

ALGUMAS VANTAGENS1. Facilidade de correo ou atualizao 2. Automatizao de comandos 3. Detalhamento, visualizao 4. Forma de armazenamento

ALGUMAS DESVANTAGENS1. Necessidade de um sistema mnimo (microcomputador e o Software)

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

4

2. Conhecimento bsico de como manusear um micro 3. Conhecer o Software 4. Constante atualizao.

EQUIPAMENTO MNIMO NECESSRIOPC 386 Memria RAM com 640 Kbytes Winchester Monitor colorido EGA ou VGA Um Mouse uma impressora ou um Plotter

VISO GERALNa Figura 1 -1 mostrado um fluxograma de funcionamento do geral do TANGO.INCIO GERAO DO ESQUEMA TANGO SCHEMATIC BIBLIOTECA

ESQUEMA ELTRICO CLEANUP

GERAO DO NET LIST

COMPILE

CORREO

RELATRIO DOS ERROS NET LIST BIBLIOTECA TANGO PCB CONTORNO DA PLACA POSICIONAMENTO DOS COMPONENTES GERAO DO LAYOUT

TANGO ROUTE

ROTEAMENTO MANUAL

PLACA DE CIRCUITO

Figura 1 -1

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

5

2

ESQUEMA ELTRICO

2.1 TANGO SCHO mdulo TANGO SCH utilizado para confeco de esquemas eletrnicos. Para entrar no Software basta um clique duplo no cone:

TELA DO TANGO SCHEMATICNa Figura 2 -1 mostrada a tela do TANGO SCH.

Figura 2 -1 Em cada canto da tela existe um Hot Spot, ou seja, um boto de atalho para: Menu - Mostra todos os comandos do sistema Zoom - Mostra uma janela indicada pelo usurio Key: 0ff - Gravao de macro desativada Undo - Desfaz o ltimo comando. O Status Line uma linha no lado inferior da tela, contendo vrios campos com informaes da situao corrente do sistema, da esquerda para direita: Localizao do cursor no eixo X e Y (2.000, 7.500)

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

6

Comando ativo Place: Part ? ativa o Help Largura do Grid (100A) Tamanho da folha (A4) Nome do arquivo de trabalho corrente (BTTGXX.S01) Acima do Status Line est o Palette. O Palette uma linha de comando de acesso rpido aos principais comandos do TANGO. Todos os comandos podem ser ativados via Mouse ou teclado. Com o Mouse basta ir clicando com o boto esquerdo os comandos e opes de interesse. Com o teclado, basta observar nos comandos e opes, as letras sublinhadas. Por exemplo, para ativar o Menu, simplesmente digite a letra M.

OPES DO MENUO Menu apresenta 15 comandos. Cada comando pode ter diversas opes. Copy Current Delete Edit File Info Jump Keys Move Nets Place Post Setup Undo Zoom copiar atributos em uso apagar editar manuseio de arquivo informaes do sistema movimentos na posio do cursor personalizao de teclas de atalho mover componentes interligados inserir ps esquema ajustes gerais desfaz o ltimo comando visualizao

2.2 AJUSTES GERAISAo iniciar o trabalho no TANGO Ajustar a GRADE, BIBLIOTECA e as OPES DE TRABALHO

GRADEMenu - Setup - Grids O Grid (grade) simula um papel quadriculado. A marcao do Grid pode ser por retas ou pontos. Vinculado grade est o Snap, ele obriga sempre o cursor a cair em uma ponto dentro da grade.

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

7

As medidas mostradas pelo sistema est em mils (milsimos de polegada). Existem duas referncias para a coordenada 0,0: Na referncia absoluta a coordenada 0,0 no canto inferior esquerdo. Na referncia relativa a coordenada 0,0 indicada indicada pelo usurio. Como regra, trabalhar com a referncia absoluta e com um Grid de 100 mils. A referncia relativa usada para pequenos detalhes. Na Figura 2 -2 mostrada a caixa de dilogo referente ao comando Setup - Grids

Figura 2 -2

BIBLIOTECAMenu - Setup - Libraries (Biblioteca) - Open (abrir) A grande maioria dos componentes de um esquema eletrnico j esto prontos para uso, armazenados em bibliotecas. O TANGO vem com uma biblioteca de fbrica chamada de Educ.Lib. sempre ao iniciar o TANGO, ela deve ser aberta. Uma vez aberta o TANGO se encarrega de fecha-la ao final do trabalho e reabri-la na prxima seo. A indicao da biblioteca obedece dois requisitos: Path (caminho)- Indicao do caminho completo at a pasta onde se encontra a biblioteca. Por exemplo ! C:\TANGO\. Library - Nome da biblioteca propriamente dito. Por exemplo ! Educ.Lib. Na Figura 2 -3 a caixa de dilogo correspondente ao controle da biblioteca.

Figura 2 -3

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

8

OPES DE TRABALHOMenu - Setup - Options (opes) A Figura 2 -4 mostra as opes de trabalho

Figura 2 -4 Algumas das opes so as seguintes: Sheet Size - No tango educacional s possvel folhas de trabalho em formato A4 ou A. No curso ser utilizado A4 Attribute Heights - Altura dos caracteres alfanumricos dos atributos. Copy Increment - ao copiar um componente ou Wire possvel incrementar o valor do Ref Des ou nome do Wire. Autosave Interval - O TANGO salva o arquivo automaticamente no tempo escolhido, em minutos. Snap To Pins - Quando ativo fora a insero de Wires na ponta do pino. Mantain Connections - Quando ativo, o Wire segue movimento do componente. Orthogonal Modes - A insero dos Wires segue os padres definidos pelo modo ortogonal. Durante a insero o modo controlado pela letra o.

2.3 CRIAO DE UM ESQUEMA ELTRICO.A criao de um esquema eltrico, via de regra, segue o fluxograma da Figura 2 -5.

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

9

A 1 INCIO 6 LIGAR OS COMPONENTES

2 AJUSTES GERAIS

7 EDITAR COMPONENTES

3 ESQUEMA NOVO

4 ABRIR ARQUIVO 8 COLOCAR LEGENDA

5 INSERIR COMPONENTES

9 SALVAR

10 A FIM

Figura 2 -5 A seguir, detalhes de cada fase do fluxograma.

1. INCIOEntrar o TANGO SCH

2. AJUSTE GERAISSeguir as regras de ajustes gerais do item 2.2

3. ESQUEMA

NOVO

Menu - File - Clear (limpar) Para iniciar um novo esquema interessante limpar a rea de trabalho. O comando File Clear faz isto e mantm os ajustes iniciais.

4. ABRIR ARQUIVOMenu - File - Load (carregar) Se o esquema j existe, deve-se usar o comando File - Load para carregar o arquivo do disco no TANGO para edio. Os arquivos do TANGO com esquemas eltricos terminam com a extenso .S01.

Prof. Roberto A. Bertoli

29/06/00

COTUCA

Software TANGO

10

Figura 2 -6

5. INSERO DE COMPONENTESMenu - Place (inserir) - Part (componente) A insero de componentes na rea de trabalho feita a partir do comando Place - Part. A partir do momento que o comando est selecionado, basta clicar com o boto direito do Mouse em qualquer ponto da rea de trabalho que ir aparecer a caixa de dilogo abaixo:

Figura 2 -7 O Type o nome do componente a ser inserido, em geral o nome um mnemnico. Por exemplo o Type de um resistor Res, de diodo Diode, de um capacitor Cap, etc.. Uma observao importante, que o TANGO divide os componentes de um esquema eltrico em Parts, isto porque ele define como componente tudo o que est em um encapsulamento e de Parts os componentes interno que o compe. Por exemplo o SN7400 tem quatro portas Nands dentro do encapsulamento. Cada porta chamada de Part. E neste caso, a diferenciao entre as Parts feita pelas letras A, B, C e D. Naturalmente um resistor tem dentro de seu encapsulamento somente um elemento definido como Part A. O Ref Des o nmero de identificao do componente no esquema. Por exemplo: R1, R2, R3, C1, C2, Q1, Q2, etc. O Value o valor do com