001. Prova de acomPanhamento I - idaam.com.br .esta prova contém 60 questões objetivas e terá

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 001. Prova de acomPanhamento I - idaam.com.br .esta prova contém 60 questões objetivas e terá

  • SiStema de ingreSSo Seriado SiS 2014

    1. Srie do enSino mdio

    001. Prova de acomPanhamento I

    Confira seus dados impressos neste caderno.

    esta prova contm 60 questes objetivas e ter durao total de 5 horas.

    Para cada questo, o candidato dever assinalar apenas uma alternativa na Folha de respostas.

    Com caneta de tinta azul ou preta, assine a Folha de respostas e marque a alternativa que julgar correta.

    nas questes de Lngua estrangeira, responda apenas quelas referentes sua opo (ingls ou espanhol).

    encontra-se neste caderno a Classificao Peridica, a qual, a critrio do candidato, poder ser til para a resoluo de questes.

    o candidato somente poder sair do prdio depois de transcorridas 3 horas, contadas a partir do incio da prova.

    ao final da prova, antes de sair da sala, entregue ao fiscal a Folha de respostas e o Caderno de Questes.

    14.11.2014

  • 2UEAM1402 | 001-ProvaAcompanhamento-I-1.Srie

  • 3 UEAM1402 | 001-ProvaAcompanhamento-I-1.Srie

    Leia o poema de Gregrio de Matos para responder s questes de nmeros 01 e 02.

    Discreta, e formosssima Maria,Enquanto estamos vendo a qualquer horaEm tuas faces a rosada Aurora,Em teus olhos, e boca o Sol, e o dia:

    Enquanto com gentil descortesiaO ar, que fresco Adnis te namora,Te espalha a rica trana voadora,Quando vem passear-te pela fria:

    Goza, goza da flor da mocidade,Que o tempo trota a toda ligeireza,E imprime em toda a flor sua pisada

    Oh no aguardes, que a madura idadeTe converta em flor, essa belezaEm terra, em cinza, em p, em sombra, em nada.

    (www.itaucultural.org.br)

    Questo 01

    Esse poema exemplifica uma caracterstica marcante da esttica barroca:

    (A) a fugacidade da vida e a recomendao para apro-veit-la.

    (B) a necessidade de controlar emoes e desejos para melhor comportar-se.

    (C) o reconhecimento social do idoso como fonte de sa-bedoria.

    (D) a prtica da corte amorosa como acesso ao reino do cu.

    (E) a crena na continuidade da existncia humana aps a morte.

    Questo 02

    De acordo com o texto, correto afirmar que o eu lrico

    (A) percebe sinais de decadncia j na formosura juvenil de Maria.

    (B) encontra coragem para revelar sua paixo moa.

    (C) recrimina Maria por sua volubilidade, uma jovem que gasta seu tempo a passear.

    (D) compara a juventude a uma flor que, inevitavelmente, perder seu vio.

    (E) um homem j idoso que se vangloria de ter vivido todos os prazeres mundanos.

    Leia a letra da cano Garota de Ipanema, de Vinicius de Moraes e Tom Jobim, para responder s questes de nmeros 03 e 04.

    Olha que coisa mais lindaMais cheia de graa ela meninaQue vem e que passaNum doce balanoA caminho do mar

    Moa do corpo douradoDo sol de lpanemaO seu balanado mais que um poema a coisa mais linda que eu j vi passar

    Ah, por que estou to sozinho?Ah, por que tudo to triste?Ah, a beleza que existeA beleza que no s minhaQue tambm passa sozinha

    Ah, se ela soubesseQue quando ela passaO mundo inteirinho se enche de graaE fica mais lindoPor causa do amor

    (www.viniciusdemoraes.com.br)

    Questo 03

    Assinale a alternativa que faz uma observao correta so-bre o texto.

    (A) A garota da praia de Ipanema sente-se envaidecida, pois tem conscincia do fascnio que exerce sobre o eu lrico.

    (B) A existncia dessa garota que caminha por Ipanema desperta no eu lrico a ideia de que a beleza e o amor amenizam a solido.

    (C) Outros homens tambm observam essa garota de corpo dourado, mas, ao contrrio do eu lrico, eles no se sentem atrados por ela.

    (D) A linguagem utilizada pelo eu lrico para dialogar com essa garota formal e sbria, pois ele deseja impres-sion-la.

    (E) O eu lrico descreve de forma elogiosa essa garota de Ipanema e a compara a outras mulheres igualmente belas.

  • 4UEAM1402 | 001-ProvaAcompanhamento-I-1.Srie

    Questo 06

    Quando se olha uma obra de arte, a primeira pergun-ta a fazer : do que ela trata? Uma vez estabelecido o contedo, voc poder analisar como o artista arranjou os elementos da obra: a composio. Independentemente de ser um retrato, uma paisagem, uma natureza-morta ou uma pintura abstrata, ela tem que funcionar como um todo integrado, no qual outras qualidades pictricas, como cor, luz e sombra, tm papel importante.

    (Andrew Graham-Dixon. Arte: o guia visual definitivo da arte, 2011.)

    Nesse texto, a funo da linguagem predominante a

    (A) emotiva, pois se expe a preferncia do autor por de-terminados estilos de pintura.

    (B) potica, visto que o tema a complexidade de se en-tender uma obra de arte.

    (C) ftica, pois se estabelece um dilogo entre o autor e os leitores leigos em artes plsticas.

    (D) apelativa, pois o autor se expressa por meio de lin-guagem especfica de sua rea de atuao.

    (E) referencial, visto que o texto pretende orientar o leitor sobre como apreciar uma obra de arte.

    Questo 07

    No incomum que as pessoas indaguem:Onde se fala o melhor portugus no Brasil?

    Tal questo

    (A) tem como resposta o estado de Santa Catarina, que guardou em seu modo de falar mais proximidade com o portugus de Portugal.

    (B) parte de um equvoco, porque o nico portugus ver-dadeiro falado em Portugal, circulando no Brasil apenas variedades incorretas.

    (C) falha, pois desconsidera que h vrias pessoas, em vrias regies, que conhecem o portugus erudito.

    (D) expressa a ideia preconceituosa de que a variedade do idioma comumente falada em uma regio melhor do que outra.

    (E) equivalente a perguntar em que lugar os alunos ti-ram notas mais altas em portugus.

    Questo 04

    O predicativo do sujeito atribui uma caracterstica ao su-jeito de uma orao.

    A alternativa que traz destacado um predicativo do sujeito :

    (A) Moa do corpo dourado / Do sol de Ipanema

    (B) Num doce balano / A caminho do mar

    (C) O seu balanado mais que um poema

    (D) O mundo inteirinho se enche de graa

    (E) E fica mais lindo / Por causa do amor

    Questo 05

    Examine a tela do pintor Alvan Fisher (1792-1863).

    (commons.wikimedia.org)

    possvel relacionar essa tela

    (A) s cantigas trovadorescas de amigo, cujo tema prin-cipal o deleite que as pessoas experimentam no campo.

    (B) ao ideal de distanciar-se das cidades Fugere urbem , tpico das stiras de Gregrio de Matos.

    (C) aos sermes de Antonio Vieira, em que ele nega o acesso ao paraso aos indivduos que optam por viver isolados do convvio social.

    (D) ao Arcadismo, que valoriza a vida simples e a proximi-dade entre homem e natureza.

    (E) tranquilidade dos cenrios nas peas moralizantes de Gil Vicente, como O auto da barca do inferno.

  • 5 UEAM1402 | 001-ProvaAcompanhamento-I-1.Srie

    Questo 10

    A palavra que completa corretamente a lacuna numerada no texto

    (A) its.

    (B) his.

    (C) their.

    (D) your.

    (E) her.

    Questo 11

    A primeira frase do texto poderia ser expressa no presente, sem alterar o sentido do texto, como

    (A) Mr. Day is a teacher at a school in a big city in the north of England.

    (B) Mr. Day were a teacher at a school in a big city in the north of England.

    (C) Mr. Day has a teacher at a school in a big city in the north of England.

    (D) Mr. Day had a teacher at a school in a big city in the north of England.

    (E) Mr. Day is going to be a teacher at a school in a big city in the north of England.

    Questo 12

    No trecho do quarto pargrafo When he came back a few weeks later, a palavra weeks precedida por a few para indicar quantidade. Uma outra palavra que tambm pode ser precedida por a few, para indicar quantidade,

    (A) money.

    (B) water.

    (C) time.

    (D) schools.

    (E) information.

    Questo 08

    rvore folha floresta

    Essas trs palavras, pertencentes ao mesmo campo semntico, guardam determinadas relaes de sentido entre si: uma folha uma parte de uma rvore vrias rvores compem uma floresta

    Modificado o campo semntico, a sequncia que, na or-dem em que as palavras aparecem, guarda relaes de sentido semelhantes s da sequncia apresentada :

    (A) homem cabelo multido.

    (B) livro ndice captulo.

    (C) vela pavio fogo.

    (D) aluno escola mesa.

    (E) pas planeta bandeira.

    Leia o texto para responder s questes de nmeros 09 a 12.

    Mr. Day was a teacher at a school in a big city in the north of England. He usually went to France or Germany for a few weeks during his summer holidays, and he spoke French and German quite well.

    But one year Mr. Day said to one of his friends, Im going to have a holiday in Athens. But I dont speak Greek, so Ill go to evening classes and have Greek lessons for a month before I go.

    He studied very hard for a month, and then 10 holidays began and he went to Greece.

    When he came back a few weeks later, his friend said to him, Did you have any trouble with your Greek when you were in Athens, Dick?

    No, I didnt have any trouble with it, answered Mr. Day. But the Greeks did!

    (L. A. Hill. Elementary Stories for Reproduction, 1977.)

    Questo 09

    O texto permite concluir que Mr. Day

    (A) falava grego melhor que francs ou alemo.

    (B) fez um curso noturno quando esteve em Atenas.

    (C) era professor de francs e alemo.

    (D) estudou grego durante muitos anos.

    (E) no conseguiu se fazer entender pelos gregos.

  • 6UEAM1402 | 001-ProvaAcompanhamento-I-1.Srie

    Questo 10

    A forma que completa adequadamente a lacuna numera-da do texto

    (A) soy.

    (B) es.

    (C) eres.

    (D) sois.

    (E) son.

    Questo 11

    Segundo as informaes do texto,

    (A) cachorros pequenos costumam viver mais que os grandes.