Panorama Regional ED 631

  • View
    220

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Panorama Regional, fundado em Paty do Alferes em 15 de maio de 1994, hoje funciona com sua sede na Rua Zelia, 183 - Centro, na cidade de Miguel Pereira, onde possui sua redação o que funciona de 2º a 6-feiras das 9:00 as 18.30hs e aos sábados das 9:00 as 13.00hs. O jornal, que é semanal e ininterrupto há 18 anos, circula nas cidades de Miguel Pereira, Paty do Alferes, Vassouras, Mendes, Eng. Paulo de Frontin, Barra do Pirai, Pirai, Valença, Paracambi e Paraiba do Sul com uma tiragem de 8.000 exemplares

Text of Panorama Regional ED 631

  • 2 Sexta-feira, 16 de Maro de 2007

    Diretora:Patrcia R. L. M. Palma

    Jornalista: Deise terra

    Cidades onde circula:Barra do Pira; Eng.Paulo de Frontin; Japeri,Mendes; Miguel Pereira; Paracambi; Paty do

    Alferes; Valena; VassourasColunistas:J.Evnio Dvila; Jos Luiz Ayres Bastos; GerardoSrgio Guimares Soares; Lourdes Pacheco; LusPacheco; Celso Gonzalez; Cristina Coronha LimaVieira; Joaquim Braga Neto; Marcelo BasbusMouro; Nara Suzarte; Chamyra Nathanael;Anthony Garotinho; Clarisse Garotinho, JooBarbosa; Francisco Carvalheira Neto; Vilma deLuca Autran, Valria Cavalheiro; Nilcia; RuthVianna; Alexandre de Souza, Joedson Brizola.

    NOTA DA REDAO:Os colunistas e colaboradores no tem vnculoempregatcio com o Jornal ou com a Editora. Ostextos assinados ou com pseudnimo no refletemnecessariamente o pensamento do Jornal, sendode inteira responsabilidade do autor. Nodevolvemos fotos, nem originais, sendo publicadosou no.

    O JORNAL PANORAMA REGIONALinforma aos seus le i tores que no seresponsabiliza pela idoneidade, veracidade ouprocedncia dos anncios efetuados por pessoasfsicas ou jurdicas oferecendo aos leitoresprodutos, bens e/ou , serv ios que nocorrespondam ao anunciado valendo-se destejornal para lhes dar confiabilidade.

    Sendo assim, os leitores deveroverificar cuidadosamente se o que pretendem oque consta dos anncios publ icados,especialmente os do caderno de classificados,muitos deles at gratuitos, pois, todos so deinteira responsabilidade dos anunciantes.

    EXPEDIENTE: PANORAMA REGIONAL EDITORADE JORNAIS E REVISTAS, LTDA

    www.panoramaregional.com.brjornal@panoramaregional.com.br

    MIGUEL PEREIRARedao Rua Zlia, 183, Alegria

    CEP: 26.900-000Telefax: (24) 2483-8617SE............

    L pelos idos de janeiro,quando no parava de chover, ficavapensando que se a chuva parassepoderia terminar a pintura externada minha casa, j iniciada, liberan-do a mim e os auxiliares para ou-tras tarefas. A pintura externa eraparte de um plano de restaurar oaspecto geral da casa. Pois bem,como no parou de chover, tivemostodos que ficar conformados e paci-entemente esperar passar a chuva,para prosseguir com aqueles traba-lhos. Ficamos, pois, todos depen-dendo daquele se que acabou porno acontecer, isto , como noparou de chover, a pintura externafoi interrompida.

    Esta boba introduo serveapenas para demonstrar como mui-tas vezes em nossas vidas algunsobjetivos ou metas deixam de acon-tecer por falta do implemento da suacondio. Como vimos no exemploacima, no havia como prosseguire terminar a pintura externa simples-mente porque no parava de cho-ver. E da ?

    lgico que, se no paravade chover, tive que atacar outra dasmetas que faziam parte daquele pla-no inicial, que era o de restaurar oaspecto geral da casa, cujo planono estava totalmente dependentedas chuvas, como por exemplo, areforma da cozinha, a pintura inter-na e outras tarefas pertencentes aomesmo plano. O plano geral no foiinterrompido, mas sim redireciona-do no seu desenvolvimento, semqualquer prejuzo material ou pes-soal, pois enquanto nos dedicamosquelas outras tarefas, consumimoso tempo necessrio para, quandoparasse de chover, pudssemosvoltar, ento, a pintura externa e, fi-

    nalmente, atingirmos o final do pla-no original, como queramos inicial-mente.

    Moral da histria: temos queter um plano. Este plano deve pre-ver todas as suas etapas para serexecutado, incluindo a as alterna-tivas, em cada etapa, para os ca-sos da existncia dos se que vocondicionar a sua execuo. As al-ternativas, tambm previstas, devemou podem contemplar mudanas derumo, mudanas da ordem de exe-cuo, se possvel, e at mesmopequenos momentos de espera,quando necessrio. O que no podeacontecer abandonar, no primeiroobstculo, o plano.

    Se - olha ele a de novo -transportarmos esta pequena liotambm para a poltica, veremos que possvel continuar a trabalhar poraquilo que julgamos seja o nossoplano para restaurar o aspecto ge-ral da casa, se que temos umplano de verdade, cujos objetivos emetas estejam perfeitamente defi-nidos, para, em nosso modo deenxergar a poltica, alcanarmosuma melhoria significativa das con-dies de vida da populao. Seformos capazes de elaborar um pla-no perfeito, no s conseguiremosatrair a sociedade para participar delecomo tambm os polticos bem in-tencionados que, a sua maneira,tm os mesmos objetivos, embo-ra, s vezes, vinculados a um mo-delo poltico antigo e exaurido.

    Se for preciso, s esperara chuva passar e, enquanto isso,cuidar das outras tarefas do nossoplano.

    e-mail:celgonzalez@uol.com.br

  • 3Sexta-feira,16 de Maro de 2007

    Mendes vai estremecer comBaile do Hawai que acontece noHotel Fazenda Boa Esperana.

    Mendes - O Hotel que completa um ano sob nova direo apre-senta amanha, um tremendo Baile do Hava que promete reunir todaa socialite da regio da Serra Azul. Alm da decorao o buffet defrutas promete ser inesquecvel. A equipe do Panorama Regional es-tar presente registrando os melhores momentos para uma matriaespecial na semana que vem confiram mais detalhes em anuncio napgina 09.

    VI Encontro do MotoclubeEu e Ela

    Vassouras De 16 a 18 de maro, o Parque de Exposio deVassouras apresenta o VI Encontro do Motoclube Eu e Ela. A Prefei-tura programou shows para este fim de semana que inclui bandasregionais e atraes de peso. O evento promete reunir mais de 5.000motociclistas de todo o Brasil. A organizao est a cargo do nossoamigo Z Eduardo Salgado. Programa para toda a famlia pois almdas apresentaes sempre tem barracas com novidades do mundodas motocicletas etc... O evento rola do Parque do Trabalhador nocentro da cidade.

    Bela coincidncia da NaturezaPaty do Alferes Com o afastamento por licena mdica do

    vereador Cadinho de Avelar, o suplente Zez da Floresta assumiu avaga na Cmara patyense. Como vereador, Zez, coordenador daAgenda 21 de Paty de Alferes, foi requisitado para assumir a recm-criada Secretaria Municipal de Meio Ambiente, confirmando as previ-ses j divulgadas pelo Panorama Regional. A belssima coincidn-cia que a posse acontecer no prximo dia 22, Dia Mundial dasguas.

    Espao Cultural Aqurio noFlorescer apresenta mais umapalestra com Dr. Luiz Augusto

    Amanh tem palestra ministrada pelo Dr. Luiz Agusto sobre otema Infncia e Adolescncia . E evento acontece do Espao Aquri-os no Shopping Florescer que se transformou no point cultural de MP

    S alegria em Paty. No Lo claro

    Gente chique curtindo as noites da regio

    Lo e Paty recebendo amigos....

    Alcione, Dra Terezinha entre amigas em Brasilia No Artesanato e Cia funcionrio nota 10 daSade de MP

    Em Paty do Alferes com o calor s com Skoll

    Ningum de ferro. Sirlei com a familia

    Luis Alberto da Kativa no MP Bar em MP

  • 4 Sexta-feira, 16 de Maro de 2007

    APAE DE MIGUEL PEREIRAEM RISCO DE FECHAR PEDE

    AJUDA AO PREFEITOROBERTO DE ALMEIDA

    Esta semana o Jornal PanorEsta semana o Jornal PanoramaRegional foi procurado pela Presi-dente da APAE de Miguel Pereira,Tnia Athayde que trouxe a tristenoticia que no s a APAE de Mi-guel Pereira mas como tambmdezenas de APAES no Estado doRio de Janeiro corriam o risco defechar devido falta de repasses daFIA e do Governo do Estado do Riode Janeiro que desde outubro de2006 no repasse sequer um real entidade.

    O assunto que demais im-portante teve at destaque na RedeGlobo que trouxe a equipe do RJTV a Miguel Pereira para entrevistaTnia.

    Na ultima quarta-feira foi feitauma manifestao dos alunos e pro-fessores da APAE de Miguel Perei-ra na Sede da Prefeitura Municipal.O prefeito Roberto de Almeida, seuvice Rubem de Jesus e diversos se-cretrios receberam os manifestan-tes na escadaria da Prefeitura paraouvir suas ponderaes e pedidosde ajuda. Foi lida uma carta por umarepresentante do grupo e logo emseguida o Prefeito Roberto de Al-meida falou e disse ele acredita naAPAE h anos. Alm de serscio contribuinte, no ano passadoencaminhei um projeto que hoje lei (n.2141 ) que est em vigor. Essalei autoriza a PMMP a repassarmensalmente trs mil reais APAE.Hoje a Prefeitura alm de repassaresses trs mil reais mantm em fun-cionamento uma cozinha experi-mental com professor pago pelos

    cofres municipais e ainda dispede um funcionrio da PMMP queest cedido para a entidade. Ro-berto ainda pediu Presidente daAPAE que procure se reunir comas Secretarias de Sade e Desen-volvimento Social para se debatere descobrir meios da Prefeiturapoder ajudar mais a APAE. Notemos muito dinheiro mas dentrodo possvel estamos aqui para aju-dar a todas as entidades que sepreocupam com o bem estar dosmuncipes. Disse Roberto de Al-meida que ainda informou que atsemana que vem a PMMP estarliberando o valor de R$ 6mil reaisreferente aos meses de janeiro e

    fevereiro do convenio j que por pro-blemas de ordem burocrtica essaverba ainda no foi transferida paraa APAE.

    Esta semana a Presidenteda APAE, Tnia Athayde que tam-bm Presidente da Federao dasAPAES do Estado do Rio de Janei-ro estar numa reunio no PalcioGuanabara para tentar renovar o con-venio com o Governo do Estado etentar receber os meses de novem-bro e dezembro. Esses recursospodem salvar diversas APAES noEstado que correm o risco de fecharas portas com isso colocando mi-lhares de crianas especiais sem odevido atendimento.

  • Sexta-feira, 16 de Maro de 2007 5

    Eduardo Paixo continuainvestindo na qualidade de vida

    da populaoPaulo de Frontin - A comu-

    nidade de Morro Azul no pra decomemorar a srie de investimen-tos feitos no bairro pela adminis-trao pblica de Engenheiro Pau-lo de Frontin. O prefeito EduardoPaixo, que est aplicando milha-res de Reais em obras de infra-estrutura urbana em toda a cida-de, mudou a cara de Morro Azul.O bairro ficou mais humanizadoem decorrncia das obras h mui-to necessrias.

    Esta semana a equipe dereportagem do Panorama Regio-nal flagrou o calamento da ruaJoaquim Mendes, n