Tecnologia em Automação Industrial ELETRÔNICA II .Tecnologia em Automação Industrial ELETRÔNICA

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Tecnologia em Automação Industrial ELETRÔNICA II .Tecnologia em Automação Industrial...

Tecnologia em Automao Industrial

ELETRNICA IIAula 15

Amplificadores Operacionais

Configuraes no-lineares: comparadores

Prof. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

https://giovanatangerino.wordpress.comgiovanatangerino@ifsp.edu.br

giovanatt@gmail.com

https://giovanatangerino.wordpress.com/mailto:giovanatangerino@ifsp.edu.brmailto:giovanatt@gmail.com

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

COMPARAO

Direta: Se valor maior que referncia, ento sada verdadeira.

If V > Vref S=1

Se valor menor que referncia, ento a sada falsa.

If V < Vref S=0

Inversa: Se valor maior que referncia, ento sada falsa.

If V > Vref S=0

Se valor maior que referncia, ento a sada verdadeira.

If V < Vref S=1

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

CIRCUITO COMPARADOR

Aceita tenses lineares como entrada, e fornece uma sada digital que indica quando uma das entradas maior ou menor do que a outra.

No h realimentao ganho em malha aberta (muito alto, normalmente acima de 100.000 sada saturada.

= (+

)

+ >

= +

>

+ =

Sada: Sinal digital Nvel alto ( +Vcc): Quando a entrada no inversora

maior do que a entrada inversora Nvel baixo ( -Vcc): Quando a entrada inversora

maior do que a entrada no inversora

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

CIRCUITO COMPARADOR NO-INVERSOR entrada no-inversora: Vi (Sinal de entrada)

entrada inversora: Vref (Tenso de referncia) Nvel alto: quando a tenso na entrada no-inversora (Vi ) maior do que na entrada

inversora (Vref ).

Nvel baixo: quando a tenso na entrada no-inversora (Vi ) menor do que na entrada inversora (Vref ).

= + , > , <

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

COMPARADOR DE ZERO NO-INVERSOR

= + , > , <

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

CIRCUITO COMPARADOR INVERSOR entrada inversora: Vi (Sinal de entrada)

entrada no-inversora: Vref (Tenso de referncia) Nvel alto: quando a tenso na entrada inversora (Vi ) menor do que na entrada no-

inversora (Vref ).

Nvel baixo: quando a tenso na entrada inversora (Vi ) maior do que na entrada no-inversora (Vref ).

= + , < , >

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

COMPARADOR DE ZERO INVERSOR COMPARADOR DE NVEL INVERSOR

COMPARADOR DE ZERO NO-INVERSOR COMPARADOR DE NVEL NO-INVERSOR

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

COMPARADOR LIMITAR TENSO DE SADA 1 Diodos de entrada: protege o estgio diferencial contra possveis sobretenses ou

sobrecorrentes que possam danificar o CI.

Diodos zener na sada: os nveis de sada ficam limitados pelas tenses de regulao dos diodos Zener, acrescidos de 0,7 volts.

O projetista pode escolher diodos Zener: iguais (as amplitudes positiva e negativa sero iguais) ou diferentes (as amplitudes positiva e negativa sero diferentes)

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

COMPARADOR LIMITAR TENSO DE SADA 2

Mtodo mais aconselhvel pois apresenta menor distoro no sinal de sada

Resistor R2330 para limitar a corrente sobre os diodos

Na segunda figura (com apenas um zener), o nvel de sada compatvel com circuitos digitais da famlia TTL

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

CIs comparadores Exemplos: LM311 e LM339 (National Semiconductors)

LM311 Comparador de alta velocidade de comutao (da ordem de 200ns) Utilizao: elemento de interface para circuitos lgicos Sada compatvel com as famlias lgicas TTL e CMOS Pode trabalhar com uma nica fonte de alimentao de +5Vcc.

LM339 Quatro comparadores independentes encapsulados no mesmo CI No to rpido quanto o LM311 (da ordem de 1300ns) Baixo consumo de potencia

Em qualquer comparador, os pinos de entrada no utilizados devem ser aterrados para evitar instabilidade ou outros distrbios no funcionamento do circuito.

Profa. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino

BIBLIOGRAFIA BOYLESTAD, Robert L. Dispositivos eletrnicos e teoria de circuitos. 11 ed. So

Paulo: Pearson Prentice-Hall do Brasil, 2005.

PERTENCE JR, A. Amplificadores operacionais e filtros ativos. 8 ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

SEDRA, A.S.; SMITH, K.C. Microeletrnica. 4 ed. So Paulo: Pearson Makron Books, 2000.

MALVINO, A,. BATES, D.J. Eletrnica. V. 1. So Paulo: Mcgraw Hill, 2008.

MALVINO, A,. BATES, D.J. Eletrnica. V. 2. So Paulo: Mcgraw Hill, 2008.