Resumo sxsw 2014

  • Published on
    18-Nov-2014

  • View
    587

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

So 14 slides com os principais temas, as tecnologias mais legais e as maiores lies deixadas para as marcas. Tudo vindo diretamente do nosso time que esteve em Austin, e agora traduzido para o portugus.

Transcript

<ul><li> 1. SXSWBitesomelhordoSXSW2014mastigadopravoc. </li> <li> 2. 2 Bem, mais um ano se passou e o louco (e muitas vezes confuso) mundo do SXSW continuou a exponencialmente encher nossos crebros com o que h de melhor e mais recente em matria de tecnologia e comportamento humano. No entanto, ao contrrio de anos anteriores que se concentravam nos mais novos e descolados aplicativos, este ano o grande tema foi centrado em nossa reao a todas as recentes inovaes tecnolgicas que entraram em nossas vidas. Os grandes palestrantes deste ano foram Julian Assange e Edward Snowden, ao invs dos CEOs de empresas de tecnologia de anos anteriores. Alguns podem at dizer que o pndulo oscilou desta maneira para dar s pessoas uma trgua da sobrecarga tecnolgica, j que este foi o primeiro ano que vimos muitas aulas de ioga e meditao, oferecendo aos participantes do festival um intervalo de tudo! </li> <li> 3. 3 Veja aqui algumas das nossas maiores concluses prontas pra levar, e o que elas significam para as marcas. Claro, todo mundo sai do SXSW pensando ento, onde isso tudo vai nos levar? O que o (no to distante) futuro reserva? Para comear, podemos todos esperar que a tecnologia se torne mais intuitiva e multifacetada, com mais capacidade de raciocnio para melhorar nossas vidas e experincias. Pense em sugestes intuitivas, previses, aprendizagem automtica e sentidos similares aos humanos. Com a tecnologia incorporvel (embeddable technology) evoluindo a cada minuto, j estamos vendo sensores sendo incorporados ao corpo, reduzindo a distncia entre nossa pele e o mundo externo. Com dispositivos transcendentes, as pessoas podem levar suas nuvens consigo, de seus telefones para seus carros e outros dispositivos inteligentes, o que significa que a expectativa por experincias sem emendas (e muitas vezes no lineares) com marcas vai continuar crescendo. no horizonte: a prxima evoluo da tecnologia Este ano vimos robs, palestras com astronautas ao vivo do espao e carros conectados com anlise preditiva, que podem alertar os motoristas sobre buracos, velocidade para fazer curvas e at dar recomendaes personalizadas de direo. E, com prottipos de carros que dirigiro a si mesmos, talvez, apenas talvez, ns no estejamos to longe do futuro dos Jetsons e Marty McFly, no fim das contas... </li> <li> 4. os grandes temas </li> <li> 5. 5 Todos ns temos o desejo de tornar nossas vidas mais fceis, mais simples e melhores, e a tecnologia e a inovao digital continuam apontando os caminhos para resolver muitas dessas necessidades. Para usar essas inovaes e colher seus benefcios, nos tornamos geradores ambulantes de dados, consciente ou inconscientemente entregando nossas informaes para empresas e marcas.Nos melhores cenrios, nossos dados so usados para ajudar a criar experincias mais envolventes, motivar nossa ao e criar relacionamentos melhores e mais personalizados, que levem lealdade. No entanto, em vez de se concentrar nesses benefcios, este ano inmeras palestras deram foco ao lado escuro dos dados e preocupaes sobre sua segurana. Por um lado, ns, como usurios, precisamos entregar os dados e informaes sobre ns mesmos para ajudar a criar experincias melhores. Anunciantes e plataformas querem usar isso para criar uma forma de segmentao melhor, Tema #1: espreitando nas sombras: o lado negro da tecnologia, de snowden segurana o que isso significa para as marcas? Conforme as pessoas esto ficando cada vez mais atentas sobre seus dados e como eles esto sendo usados, as marcas precisam fazer tudo o que podem para que elas se sintam seguras, sendo abertas e transparentes. Deixe-as saber que voc tem seus dados, e faa tudo o que puder para que elas se sintam confortveis e seguras, tanto quanto valorizadas e reconhecidas. Afinal de contas, elas so seres humanos, no nmeros, e quando voc se lembra de trat-las como tais voc constri a base necessria de qualquer relacionamento: confiana, a nica coisa que pode nos salvar diante da dvida. mensagens mais relevantes e solues mais preditivas, que os faam se certificar de que so top of mind nos momentos mais oportunos. No entanto, como vimos, nas mos erradas, o uso indevido de dados pode ser extremamente problemtico (basta pensar na enorme falha de segurana de dados da Target, recentemente). Infelizmente, como Snowden e outros discutiram, as ferramentas que estamos usando no so projetadas com a segurana em mente em primeiro lugar, criando assim modelos conflitantes e deixando as pessoas se questionando sobre o quanto demais, e se entregar seus dados realmente vale a pena. Na realidade, uma empresa, a DataCoup, est colocando indivduos diretamente no comando de seus dados, ajudando as pessoas a vend-los diretamente a empresas em troca de algo, com o objetivo de criar um relacionamento aberto, transparente e mutuamente benfico. </li> <li> 6. 6 Enquanto a segurana de dados foi um dos principais temas, a questo da privacidade provou ser to importante quanto. No entanto, este tema era menos sobre o uso indevido de dados e mais sobre a reao das pessoas quanto permanncia de dados, incluindo nisso as suas implicaes quanto a julgamentos e consequncias quando exibidos de forma no intencional. Dada a permanncia dos dados em redes sociais como o Facebook, observamos um aumento radical de plataformas como Snapchat, Whisper, Secret, O que isso significa para as marcas? As marcas no podem (e no devem!) se intrometer em conversas privadas. No entanto, se as marcas forem capazes de encontrar maneiras de serem convidadas sendo mais criativas e relevantes, sem ficar como intrometidas, h potencial para se destacar e ganhar a ateno. A iris encontrou uma maneira inteligente para a Dominos se envolver com as pessoas no app de paquera Tinder, encorajando os usurios a deslizarem para a direita para saborosas promoes no Dia dos Namorados. O importante , se voc s tem 6 segundos (ou menos!) para comunicar, melhor que eles valham a pena! Tema #2: anti-social media Confide e Wicker que permitem que as pessoas se envolvam umas com outras sem medo de estar criando um contedo que vai segui-los para sempre. Estes aplicativos abordam claramente o desejo das pessoas de limitar o que compartilham ou, melhor ainda, conseguir completo anonimato. Afinal, nem toda selfie precisa viver para sempre. O Cloak o ltimo a entrar em cena, na verdade, ajudando as pessoas a evitar amigos no mundo real com base em suas interaes em social media. Estamos falando de anti-social media! </li> <li> 7. 7 Tecnologias vestveis e incorporveis (sejam ingeridas ou, como uma tatuagem, com um chip menor que um centavo que pode se comunicar com objetos), ambas, fizeram grandes aparies neste ano, no s com pessoas usando Google Glass. Vimos sensores de atividades cerebrais, sensores em roupas, incorporados na pele e at plulas que tiram fotos por todo seu corpo, ou melhor ainda, liberam doses de medicamentos quando seu corpo sente que necessrio. Embora seja apenas uma questo de tempo at que nossos corpos inteiros se tornem uma tela interativa, e apesar do fator cool, pra ns, parece que isto ainda mais um hype do que uma realidade imediata. Legal em teoria, no entanto ainda h um longo caminho a percorrer antes de se tornar algo para a massa. Caso em questo: o Google Glass pesado, com uma interface de usurio desajeitada, portanto, podemos esperar que ele leve mais 3-5 anos, at que seja realmente til. At vermos uma integrao mais natural (seamless), temos um caminho a percorrer. Algo que temos em nosso radar, porm, o Ring, um dispositivo muito menos intrusivo, que reconhece gestos com os dedos, o que permite ao usurio escrever mensagens de texto, simplesmente desenhando as palavras no ar. A mesma dinmica permite ao usurio acessar aplicativos desenhando formas no ar. Por exemplo, desenhando uma colcheia musical voc poderia acessar o seu player de msica, enquanto desenhar uma forma de envelope lhe permitiria acessar o seu e-mail. Por outro lado, temos a sensao de que (apesar do potencial fator assustador) os incorporveis (embeddables) podem decolar mais cedo, uma vez que eles so menos intrusivos visualmente. Sensores-Tatuagem j esto sendo usado por atletas para ajudar a prevenir leses e fornecer recomendaes sobre a forma de atingir os nveis de desempenho ideais. Eles estaro disponveis at 2015, com a capacidade de colocar dados valiosos diretamente em um telefone celular e na nuvem. O que isso significa para as marcas? Apesar de ainda no estar no ponto de mudana da curva de adeso de tecnologias, h algumas poucas marcas comeando a entrar nesta rea agora. Por exemplo, a empresa NuMetrex da Adidas j est fazendo sutis que rastreiam o ritmo cardaco, e podem enviar informaes diretamente para o aplicativo MiCoach. Nossa opinio? Mantenha a simplicidade; emesmo as melhores intenes podem fracassar se passos demais estiverem no caminho. Com tanto potencial, as marcas que forem capazes de colocar a experincia em primeiro plano, e fazerem a tecnologia de um modo que seu uso seja sem barreiras, integrado vida das pessoas, sero as marcas em torno de quem o pblico vai gravitar. Tema #3: vestveis, incorporveis &amp; at comestveis! </li> <li> 8. 8 O ex-lder de produtos da Google Wallet, Mark Freed-Finnegan, previu um futuro em que teremos menos e menores lojas e, provavelmente, menos estoque. . Para ilustrar seu ponto de vista, podemos observar a Williams Sonoma cujas vendas em e-commerce aumentaram em 50% este ano, e est comeando a fechar lojas. Em vez de usar suas lojas para merchandising, eles esto usando o espao para se concentrar mais na experincia de marca, com aulas e demos. H muitas maneiras de melhorar a experincia dos compradores, algumas no to difceis quanto outras. Por exemplo, e se cartes bancrios pudessem ser usados como identificaes de consumidores em vez de cartes de fidelidade? Bem, acontece que com a nova startup Index, eles podem. A Cako, uma confeitaria em So Francisco, est pegando dados de carto de crdito para criar contas para os clientes, dando recomendaes personalizadas baseadas em compras anteriores. Claro que a tendncia da segurana de dados pode ter algumas implicaes aqui, mas caber aos varejistas resolver isso de uma maneira que faa com que as pessoas se sintam confortveis. A Bitcoin tambm foi um tema quente deste ano, com as pessoas falando sobre sua potencial evoluo na medida em que varejistas comearem a aceit-la como pagamento. No entanto, sem qualquer regulamentao ou compreenso em massa para responder s preocupaes de segurana, pode demorar um pouco mais para uma aceitao cultural generalizada. Dentro de lojas de tijolo e argamassa, vimos muita conversa e raiva sobre as possibilidades de atingir os consumidores em mais lugares com o iBeacon (tecnologia baseada em micro localizao). No entanto, enquanto h um grande potencial para as marcas e varejistas criarem mensagens contextualmente relevantes, para fazer economia, ganhar cupons e receber lembretes, ns temos preocupaes sobre o nmero de passos necessrios que sero necessrios at que as pessoas se envolvam (fazer download dos aplicativos, aceitar as permisses, etc ), bem como o potencial de as marcas exagerarem no spam. S necessria uma m experincia para as pessoas a se desligarem e no quererem mais se envolver. O QUE ISSO SIGNIFICA PARA AS MARCAS? Acreditamos que a loja do futuro ser aquela que continue a criar a melhor experincia atravs de design de experincia, tecnologia preditiva e o bom e velho servio ao consumidor. Quanto a marcas dentro dessas lojas, com potencialmente menos espao, elas precisaro ser mais criativas para encontrar canais de distribuio relevantes. A palestra de Thrillist sobre Contedo e Comrcio pode mostrar o caminho do futuro, com as editoras procurando fontes de receita atuando como intermedirias entre marcas e contedo. Clique aqui para ver como eles fizeram isso com JackThreads &amp; TidePods . Tema #4: reinventando o varejo </li> <li> 9. 9 A tendncia mais promissora do SXSW deste ano girou principalmente em torno do potencial para as marcas de terem um papel ativo na vida das pessoas para melhor, com a ajuda da tecnologia, particularmente atravs do mobile. Como Biz Stone, co- fundador do Twitter e do recm-anunciado Jelly, afirmou, a verdadeira promessa da sociedade conectada que as pessoas se ajudem. A parceria da MasterCard com o World Food Program foi um exemplo de como uma marca assumiu uma causa social e est gerando um impacto positivo ao mesmo tempo em chega a toda uma nova base de audincia. A marca est arrecadando fundos para o WFP e fornecendo dinheiro para refugiados comprarem comida atravs de cartes pr-pagos digitais e celulares. A premissa que deix-los pagar pela comida deste maneira est ajudando-os a reconstruir o seu senso de dignidade e de se tornarem parte da sociedade que se apresenta a eles. O Oxfams Pink Phone project no Camboja foi outro exemplo, em que as mulheres rurais receberam telefones celulares antigos, que lhes permitiram acessar a informaes para ajudar na agricultura de subsistncia. Tambm vimos o hacking de celulares para o bem, com livros didticos sendo entregues em naes africanas via celular. O QUE ISSO SIGNIFICA PARA AS MARCAS? medida em que o mundo se torna mais plano e as pessoas se tornam mais conectadas e mais envolvidas com as marcas, as marcas precisam repensar suas vises de Responsabilidade Social Corporativa para Responsabilidade Social Comunitria.Em alguns casos, as marcas podem precisar repensar seu modelo de negcio (pense na TOMs), ou ser ousadas em suas crenas e o que elas representam (Patagonia). De qualquer forma, as marcas que forem capazes de se tornarem parte integrante de suas comunidades, com abertura, honestidade e transparncia sero as que as pessoas iro gravitar em volta. Tema #5: bem social: estamos todos juntos nessa Estamos num ponto na histria humana em que essa noo de pblico e privado, lucro e sem fins lucrativos est comeando a se embaralhar. - Manoj Fenelon, PepsiCo </li> <li> 10. tecnologias que nos deixaram de boca aberta </li> <li> 11. 11 Experincias imersivas e interativas esto prontas para as massas com os culos de realidade virtual 4D Oculus Rift. A HBO criou uma exibio de Game of Thrones em 4D usando o Oculus Rift para apresentar a nova temporada da srie, onde as pessoas podiam entrar no mundo dos Starks. Es...</li></ul>