Automao residencial

  • View
    587

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Automao residencial

  1. 1. CENTRO DE EXCELNCIA EM TECNOLOGIA E MANUFATURA MARIA MADALENA NOGUEIRA SENAI CETEM BETIM Tcnico em Mecatrnica Eder Marciano Erick Souza Henrikesen Silva Luiz A. Oliveira Marcelo Flix Tharine Camargos AUTOMAO RESIDENCIAL DOMTICA BETIM 2015
  2. 2. Eder Marciano Erick Souza Henrikesen Silva Luiz A. Oliveira Marcelo Flix Tharine Camargos AUTOMAO RESIDENCIAL DOMTICA Trabalho apresentado disciplina de Projetos, do Centro de Excelncia em Tecnologia e Manufatura Maria Madalena Nogueira SENAI CETEM Betim. Orientador: Renan Eustquio. BETIM 2015
  3. 3. Eder Marciano Erick Souza Henrikesen Silva Luiz A. Oliveira Marcelo Flix Tharine Camargos AUTOMAO RESIDENCIAL DOMTICA Trabalho apresentado disciplina de Projetos, do Centro de Excelncia em Tecnologia e Manufatura Maria Madalena Nogueira SENAI CETEM Betim. ________________________________________________ Renan Eustquio (Orientador) SENAI CETEM Betim Betim, 15 de maio de 2015.
  4. 4. Este trabalho dedicado aos nossos familiares e amigos que sempre estiveram ao nosso lado e nos deram apoio para chegarmos at aqui. Dedicamos a Deus por sempre ter nos guiado para o caminho certo.
  5. 5. AGRADECIMENTOS Gostaramos de agradecer a todos os professores que por esta turma passaram e compartilharam momentos e conhecimentos. Agradecer aos membros da pedagogia e gerncia de ensino pelo suporte dado. Agradecer tambm aos nossos colegas turma que desde o inicio tiveram conosco facilidades e dificuldades, mas que venceram e chegaram at aqui. Agradecemos tambm o empenho de cada componente deste grupo para a execuo deste trabalho, que mesmo com as dificuldades do dia-a-dia, conseguimos finaliz-lo.
  6. 6. "De nada valem as idias sem homens que possam p- las em prtica." [Karl Marx]
  7. 7. RESUMO A utilizao de sistemas automatizados cada vez mais notria na vida moderna. Hoje, casas e prdios j contam com sistemas integrados de controle que possibilitam a realizao de inmeras atividades e, em alguns casos, sem haver a necessidade da presena fsica. Os sistemas automatizados tm o custo elevado e poucas pessoas tm acesso a tais tecnologias. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivos, demonstrar que possvel utilizar um sistema residencial automatizado com baixo custo com uma programao voltada internet. Nosso projeto visa demonstrar a utilizao da automao residencial no acionamento da iluminao interna e externa, controle do porto de entrada e do sistema de ventilao, utilizando a plataforma Arduino Mega 2560. Palavras-Chave: Domtica, Automao Residencial, Arduino Mega 2560.
  8. 8. ABSTRACT The use of automated systems is increasingly evident in modern life. Today, houses and buildings already have integrated control systems that allow the realization of numerous activities and , in some cases , without the need of physical presence. Automated systems have high costs and few people have access to such technologies. Thus, this paper aims to demonstrate that it is possible to use an automated home system with low cost provide programs to the Internet. Our project aims to demonstrate the use of home automation in the drive for indoor and outdoor lighting , entrance gate control and the ventilation system using the Arduino Mega 2560 platform. Keyword:Home Automation, Arduno Mega 2560.
  9. 9. SUMRIO Introduo 10 1. Automao Residencial - Domtica 11 1.1. Qual a sua utilidade 14 2. Referencias Tcnicas: Plataforma Arduino 16 2.1. Hardware 16 2.2. Software 18 3. O Projeto 20 3.1. Como Funciona 21 3.2. Ligaes de Comando e Controle 21 3.3. Acionamento Remoto e Manual 22 3.4. Elementos Comandados 22 3.5. Montagem 23 3.4. Viabilidade Prtica 23 4. Viabilidade Econmica 23 5. Impactos Sociais e Ambientais 24 6. Relatrio de Gastos 25 Consideraes Finais 27 Referncias Bibliogrficas 28
  10. 10. 10 INTRODUO Com a automao residencial o que se objetiva a total integrao da rede de dados com os sistemas de entretenimento multimdia, internet e segurana de uma residncia. Isso obtido atravs de um projeto nico que envolve infra- estrutura, dispositivos fsicos (fixos e/ou mveis) e softwares de controle cuja meta garantir ao usurio a possibilidade de controle e de acesso sua residncia distncia, dentro ou fora da mesma. O papel da automao residencial vai alm do aumento da eficincia e qualidade de vida, ele est intimamente ligado ao uso eficaz da energia e dos demais recursos naturais, sendo importante para a economia e para o meio ambiente, tendo assim um impacto social positivo. O uso da Domtica est em expanso e cada vez mais acessvel. Apesar de ainda no ser to popular no pas - o que gera alto custo para utilizao dos benefcios -, hoje possvel fazer a incorporao de recursos simples da automao residencial e com baixo custo.
  11. 11. 11 1. AUTOMAO RESIDENCIAL OU DOMTICA O termo Domtica um neologismo resultante da juno da palavra latina Domus (casa) com Robtica (controle automatizado de algo). Estes termos se referem automatizao e o controle aplicado residncia, utilizando-se de equipamentos que dispem de capacidade de comunicar-se interativamente entre si e com capacidade de seguir as instrues de um programa previamente estabelecido pelo usurio da residncia e com possibilidades de alteraes conforme seus interesses. A automao residencial migrou-se dos conceitos utilizados em automao industrial. Porm, em virtude da diferente realidade entre o uso dos dois tipos de arquiteturas, tm sido criadas tecnologias embarcadas (dedicadas) para ambientes onde no se dispe de espao para grandes centrais controladoras (CLPs) e pesados sistemas de cabeamento. No entanto, nas residncias no so necessrias lgicas complexas e dispositivos que controlam os processos iguais a de uma linha de produo industrial, porm requer diversos tipos de interfaces, configuraes diferentes, equipamentos com aspectos e acabamento melhorados de acordo com a caracterstica de cada cliente. Na dcada de 70 lanado nos EUA o protocolo X-10, utilizando uma tecnologia PLC (Power Line Carrier) sendo os primeiros mdulos inteligentes que utilizava a rede eltrica como canal de comunicao entre diversos dispositivos (lmpadas, ar condicionado, sistemas de alarmes, etc.), possibilitando o controle remoto destes dispositivos sem haver a necessidade de alterar a infra-estrutura eltrica da residncia. No mercado, existe uma gama enorme de produtos X-10, de diversos fabricantes. Pela sua caracterstica bsica, o sistema X-10 recomendado para aplicaes autnomas, no integradas. Uma de suas limitaes de operar apenas funes simples tipo liga/desliga e dimerizao de luzes. um sistema de fcil implantao, pois no precisa de interveno na estrutura da residncia. Em contrapartida, torna-se um sistema instvel, visto que a rede eltrica pode ocasionar comportamentos falhos dos componentes seja por duplicidade de fase, falta de energia ou descargas eletromagnticas. Outro empecilho para sua utilizao em larga escala sua baixa integrao com os demais sistemas automatizados que utilizam cabeamentos dedicados (udio, vdeo, alarmes).
  12. 12. 12 Com a popularizao dos computadores pessoais (PCs) na dcada de 80, os computadores passaram a ser utilizados como central de automao, mas logo foram percebidas suas desvantagens de utilizao, como o elevado consumo de energia devido necessidade de manter o computador ligado constantemente e a centralizao do controle que pode vir a ser falho e comprometer o funcionamento de todo o sistema automatizado. A partir desses problemas parte-se para o desenvolvimento de dispositivos dedicados atravs da utilizao de microprocessadores e microcontroladores e da excluso dos PCs. Porm, o final da dcada de 90 o grande responsvel pela vasta gama de novidades para o mercado de automao residencial. Algumas conquistas tecnolgicas incorporadas ao nosso dia-a-dia, como o telefone celular e a internet, despertaram no consumidor o gosto pelas facilidades que o uso destas tecnologias trouxeram. No Brasil, apesar de ainda ser pouco conhecida e divulgada, pelo conforto e comodidade que pode proporcionar, a Domtica promete vir a ter muitos adeptos, face ao crescente nmero de novos projetos que visam utilizar estas solues de automatizao na construo civil. Mais que o simples uso da tecnologia, a automao residencial, procura atender os aspectos tecnolgicos que possam trazer mais acessibilidade, conforto, economia e segurana ao usurio. Embora este seja um panorama otimista para o Brasil, preciso atentar para algumas condies que podem dificultar o ritmo deste esperado crescimento. Entre as principais, esto: Falta de conhecimento especfico dos projetistas: percebe-se um crescente interesse de arquitetos e projetistas pelo tema, no entanto muitos ainda se mostram inaccessvel s novidades e nem sempre contribuem positivamente no processo de melhoria dos projetos de infra-estrutura; Ausncia da cultura da automao residencial entre os usurios finais, o que prejudica a percepo dos seus reais benefcios. Para afastar estas incertezas e reforar os aspectos positivos da automao residencial, empresas brasileiras e profissionais tm se empenhado num trabalho de
  13. 13. 13 esclarecimento, divulgao e inovao, trazendo benefcios para este emergente mercado. Existem hoje no mercado, sistemas que oferecem vrios tipos de recursos e cabe ao usurio escolher a programao que atenda melhor s suas necessidades. Agregar e alterar funes aos equipamentos de segurana, de home theater e todos os eletrodomsticos da casa so algumas dessas programaes. Todos os dispositivos podem ser acionados pela mesma interface, seja ele um controle remoto, telefone ou voz. Podem tambm, ativar a programao assim que identificarem o usurio ou receberem ordens pelo telefone simulando algum em casa, acendendo uma luz ou abrindo as persianas. O equipamento de segurana pode emitir avisos sonoros e visuais ou discar os nmeros dos servios de emergncia quando detectar algum intruso ou qualquer outro tipo de perigo no interior da resi

Recommended

View more >