Aula 3 algoritmos

  • View
    24.056

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Introdução á algoritmos

Text of Aula 3 algoritmos

  • 1. Lgica e Algoritmos Prof . Jossandro Balardin

2. Um algoritmo representa um conjunto de regras para a soluo de um problema. Exemplo: Uma receita de bolo Definio dos ingredientes e suas quantidades Execuo das instrues Algoritmos 3. Da mesma forma, em programao, o algoritmo especifica com clareza e de forma correta as instrues que um software deve conter para que, ao ser executado, fornea resultados esperados. Algoritmos 4. Em primeiro lugar, deve-se saberqual o problema a ser resolvido o seu objetivo. Da deve-se extrair todas as informaes a respeito desse problema (dados e operaes), relacion-las com o conhecimento atual que se tem do assunto, buscando eventualmente informaes de outras fontes. Algoritmos Modelagem do problema 5. Depois, sabendo como resolver o problema, a tarefa consiste emdescrever claramente os passos para se chegar sua soluo . Os passos por si s no resolvem o problema. necessrio coloc-los em umasequncia lgica . Algoritmos Especificao do algoritmo 6.

  • Ler atentamente o enunciado, destacando os pontos mais importantes;
  • Definir os dados de entrada;
  • Definir o processamento (transforma dados de entrada em dados de sada);
  • Definir dados de sada;
  • Construir o algoritmo;
  • Testar o algoritmo realizando simulaes.

Mtodo para construo de Algoritmos 7.

  • Um motorista que necessita efetuar a troca de um pneu furado segue uma sequncia de passos:
  • Verifica qual pneu est furado
  • Posiciona o macaco para levantar o carro
  • Pega o estepe
  • Solta os parafusos
  • Substitui o pneu furado
  • Recoloca os parafusos
  • Desce o carro
  • Guarda o macaco e o pneu furado

Algoritmos 8. Tipos de Algoritmos

  • Descrio narrativa
  • Pseudocdigos ou Portugus Estruturado
  • Fluxograma ou Diagrama de Blocos
  • Diagrama de Chapin ou Diagrama Nassi-Shneiderman ou Diagrama N-S

9. Descrio Narrativa Utiliza linguagem natural para especificar os passos a serem seguidos para a resoluo do problema. Exemplo:Somar trs nmeros Passo 1 Receber os trs nmeros Passo 2 Somar os trs nmeros Passo 3 Mostrar o resultado obtido 10. Para pensar!

  • Faa umaDescrio narrativade:
  • Como fazer um sanduiche?
  • Como participar da aula de algoritmos?

11. Pseudocdigo, Portugus Estruturado ou Portugol Significa falso cdigo.Utiliza linguagem intermediria entre linguagem natural e linguagem de programao. utilizado para organizar o raciocnio lgico a ser seguido para resoluo de um problema. 12. Exemplo:Somar trs nmeros Algoritmo Soma Var a, b, c, soma: inteiro Inicio Ler (a, b, c) soma a + b + c Escrever (soma) Fim Utilizar Identao Pseudocdigo, Portugus Estruturado ou Portugol Escrever ou Escreva ou Mostrar Ler ou Leia Pode ser := Identificao do algoritmo Declarao de variveis Corpo do algoritmo 13.

  • Todo algoritmo representado por um pseudocdigo dever ser, primeiramente identificado.
  • Para se identificar ou nomear um algoritmo recomenda-se:
  • No utilizar espaos entre as letras. O caracter underline ( _ ) pode ser utilizado.
  • No iniciar o nome com algarismos (nmeros).
  • No utilizar palavras reservadas como var, se,
  • No utilizar caracteres especiais como ?, *, @,
  • No utilizar nomes iguais para representar variveis diferentes.
  • Ser sucinto e utilizar nomes coerentes.

Pseudocdigo, Portugus Estruturado ou Portugol Essas recomendaes tambm so vlidas para a identificao das variveis. 14. Tipos de Dados: Inteiro para nmero inteiros positivos ou negativos. Real para nmeros com casas decimais, positivos ou negativos. Lgico ou booleano poder receber verdadeiro (1) ou falso (0). Literal, texto ou caractere poder receber letras, nmeros e smbolos. Obs. Os nmeros armazenados em uma varivel cujo tipo de dado literal no podero ser utilizados para clculos. Pseudocdigo, Portugus Estruturado ou Portugol 15. Exerccios

  • Faa umaDescrio narrativae aps crie um algoritmo emPseudocdigo
  • Especificar um algoritmo para calcular e exibir na tela a rea de um tringulo de base b e altura h, em que os valores de b e de h so fornecidos pelo usurio via teclado.
    • A = (b * h)/2

Passo 1 pedir para o usurio digitar os valores de b e h Passo 2 Calcular a rea s usando a frmula s = (b * h)/2 Passo 3 Exibir o valor de A na tela Algoritmo Area Var a, b, s: real Inicio Ler (a, b) s (b * a)/2 Escrever (s) Fim 16. Exerccios Faa umaDescrio narrativae aps crie um algoritmo emPseudocdigo b)Compraram-se 30 canetas iguais, que foram pagas com uma nota de R$ 100,00, obtendo-se R$ 67,00 de troco. Quanto custou cada caneta? Passo 1 Pegar os valores 30, 100 e 67 Passo 2 Subtrair 67 de 100 e dividir o resultado por 30 Passo 3 Mostrar o resultado final Algoritmo Caneta Var x, y, z, valor: real Inicio x 30 y 100 z 67 preco (y z)/x Escrever (preco) Fim 17. Exerccios Se x possui o valor 15 e forem executadas as seguintes instrues: x x + 3 x x 6 x 3 * X Qual ser o valor armazenado em x? 18. um tipo de algoritmo que utiliza smbolos grficos para representar as aes ou instrues a serem seguidas. considerado um algoritmo universal por usar figuras. Fluxograma ou Diagrama de Blocos E atribuio de valores de dados de dados do algoritmo 19. Fluxograma ou Diagrama de Blocos Exemplo:Somar trs nmeros Ler (a,b,c) soma