Coleção Conquiste a Rede Flog & Vlog - terra.com.br ?· 7 coleção conquiste a rede – flog & vlog…

  • Published on
    09-Nov-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • Coleo Conquiste a Rede

    Flog & Vlog

  • 2 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Por

    Ana Carmen Foschini Roberto Romano Taddei

  • 3 coleo conquiste a rede flog & vlog

    ndice

    Voc a mdia: saiba como!................................4

    Introduo ............................................................7

    Comunicao por imagens...................................9

    Do pixel para a rede...........................................11

    Veja as minhas fotos ..........................................14

    Da webcam ao vlog............................................17

    Idias para captar bons momentos ..................19

    Retoque nas fotos ..............................................23

    Ordem nas cenas ...............................................25

    Como publicar seu lbum virtual ......................29

    Coloque seu vdeo no ar ....................................31

    Alguns limites nesse mundo livre .....................33

    E agora, mos obra .........................................37

    Glossrio ............................................................38

    Agradecimentos .................................................41

    Os autores ..........................................................42

    Licena ...............................................................43

  • 4 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Voc a mdia: saiba como!

    H uma novidade difcil de ser ignorada. Em todo o mundo, nos pases pobres ou ricos, a mdia tradicional est sendo transformada por um competidor que no existia antes. Esse competidor a prpria sociedade. Tradicionais empresas de mdia, do New York Times NewsCorp, passando pela velha senhora BBC, todas esto tendo de repensar seus modelos de negcio e mesmo seu modelo de redao para competir nos novos tempos.

    Mas como tudo isso foi possvel? Como a sociedade, esse corpo desorganizado e fluido, conseguiu desenvolver ferramentas para mudar para sempre o modo como a informao produzida e disseminada? A resposta a essa pergunta pode ser encontrada na coleo Conquiste a Rede, organizada por Ana Carmen Foschini e Roberto Romano Taddei. Atravs dela, possvel compreender de forma articulada as ferramentas de transformao que esto por trs destas mudanas.

    E no apenas compreender: a coleo Conquiste a Rede, como denota o nome, possui uma dimenso prtica que fundamental. Ela explica em detalhes e traz dicas teis para qualquer internauta interessado em fazer crescer sua presena digital na Internet. Vale notar que a coleo est em sintonia com o esprito de do it yourself que est tomando conta das prticas tecnolgicas desse comeo de sculo.

  • 5 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Nesse sentido, a coleo aborda, por exemplo, o fenmeno dos blogs e sua crescente importncia. De ferramentas utilizada por adolescentes para relatar agruras pessoais, os blogs atualmente desempenham um papel cada vez mais importante, influenciando a poltica, a economia e a prpria idia de formao das notcias.

    Lendo o livro sobre blogs possvel aprender as melhores prticas sobre como tornar um blog dinmico e relevante. As dicas valem tanto para usurios iniciantes, quanto para blogueiros experientes. bom lembrar que ambos autores so jornalistas de currculo no s invejvel mas que compreendem profundamente a dinmica da comunicao na Internet. Em outras palavras, so autores cujo DNA jornalstico j nasceu digital.

    Essa mesma estrutura se repete para os demais temas abordados na coleo: os videologs e fotologs (ferramentas de compartilhamento de vdeos e fotos pela rede), os podcasts (programas de rdio virtuais, feitos para serem ouvidos em qualquer lugar) e a emergncia do chamado jornalismo cidado. Este ltimo, um dos fenmenos mais interessantes e importantes da rede. Jornais inteiros, bem como outros tipos de informativos, so hoje produzidos sob o lema de que todo cidado um reprter. As dicas constantes na coleo ajudam qualquer bom cidado a caminhar no sentido de se tornar tambm um bom jornalista.

  • 6 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Por fim, cumpre chamar ateno para o fato de que os autores puseram em prtica seu lema de faa voc mesmo tambm na modalidade inovadora de lanamento dos livros. No s possvel obter a verso impressa dos exemplares de cada um deles como tambm possvel baixar todo o contedo pela rede. Os autores utilizam uma licena do Creative Commons para distribuir sua obra. Essa licena permite sociedade como um todo, dentre outros direitos, distribuir os livros livremente, desde que seja para fins no comerciais. Tudo dentro do mesmo esprito colaborativo das transformaes e ferramentas que so abordadas na obra.

    Depois de tudo isso, fica o convite ao leitor da coleo para comear a participar de tudo isso que est acontecendo. assim que estamos todos tendo a oportunidade de construir a nova mdia do sculo XXI. Vamos nessa.

    Ronaldo Lemos Diretor do Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundao Getlio Vargas e diretor do projeto Creative Commons no Brasil

  • 7 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Introduo

    Conquiste a Rede um convite para participar do processo de criao coletiva na internet. Com um pouco de conhecimento, cada um de ns pode tornar-se dono de um veculo de comunicao. Convidamos voc a ocupar seu espao nessa plataforma onde vozes de todo o mundo interagem.

    Nesse cenrio, a contribuio de cada pessoa tem valor inestimvel para a troca de conhecimento e os princpios de igualdade. Procuramos apresentar alguns conceitos bsicos para que o controle da comunicao seja compartilhado com cada internauta.

    Ferramentas de publicao acessveis na rede revolucionaram o modo como as pessoas consomem, interpretam, produzem e divulgam informaes. Elas permitem ao internauta deixar de ser um receptor silencioso para tornar-se um criador. Falamos sobre as principais ferramentas que contribuem para a descentralizao da produo: blogs, podcasts, flogs e vlogs.

    Colaborao a palavra-chave e, por isso, o conceito de jornalismo cidado permeia todos os ttulos da coleo. Ocupar seu espao na web significa tambm transformar o jornalismo em uma conversa de um para um, um para muitos e de muitos para muitos.

  • 8 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Algumas questes norteiam a coleo: contribuir para os esforos multilaterais de incluso digital da populao brasileira, apresentar referncias para vrias plataformas de computadores, como PC, MAC e Linux, e sugerir o uso de ferramentas gratuitas, uma vez que participar desse novo universo uma questo de cidadania.

    A coleo pretende reunir informaes e conhecimentos raramente apresentados em portugus. Assumimos o risco de registrar um universo mutante porque acreditamos que a excluso digital vem tambm da dificuldade em navegar sem as referncias necessrias. Colocamos um glossrio simplificado no final de cada ttulo com esse mesmo objetivo..

    A coleo foi concebida para usurios da web em geral, para cidados digitais. Ela quer ser um comeo de conversa para facilitar o acesso a um mundo virtual necessrio para a realizao pessoal e profissional. No pretende esgotar o assunto.

    Ana Carmen Foschini Roberto Romano Taddei

    Agosto de 2006

  • 9 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Comunicao por imagens

    Flogs e vlogs so pginas pessoais que permitem a voc se comunicar por meio de imagens pela internet. Esses blogs de fotos e vdeos participam de uma transformao no universo da comunicao. Com eles, qualquer pessoa pode utilizar a rede para se expressar e conversar com o mundo.

    Sem muitos recursos tcnicos ou financeiros, produtor e pblico interagem, estejam onde estiverem. Voc pode participar dessa revoluo, basta uma cmera digital para se tornar fotgrafo, fotojornalista, videomaker e artista. S depende de voc escolher entre produzir informaes inditas, registrar fatos e momentos de impacto ou flagrantes do dia-a-dia.

    O que une flogs e vlogs o fato de o equipamento digital para produzi-los geralmente ser o mesmo. A maioria das cmeras fotogrficas tambm grava vdeos, cmeras de vdeo podem fotografar e novos modelos de celular e PDAs (computadores de mo) vm com as duas opes. Algumas das noes tcnicas da linguagem visual, alm disso, aplicam-se tanto a fotos como vdeos.

    Voc pode montar duas pginas, uma para fotos, outra para vdeos. Se preferir, crie um blog que rena tudo. O texto est l tambm, no ttulo, legenda e nos comentrios que voc e seu

  • 10 coleo conquiste a rede flog & vlog

    pblico fazem. Diversos servios proporcionam essa integrao, com ferramentas de publicao que mesclam todos os contedos multimdia.

    Nos flogs e vlogs, tambm conhecidos por fotoblogs e videoblogs, quem manda voc, o internauta que publica. Com eles, possvel tambm fazer um podcast, seu canal de distribuio de contedo na rede. Fotocast e videocast aproveitam esse recurso para espalhar imagens mundo afora.

    Para trabalhar e brincar com imagens na internet, voc precisa de um equipamento eletrnico para captar e guardar imagens. Se quiser, tambm pode usar um equipamento analgico e depois transformar o material em sinais digitais com scanners e conversores de vdeo.

    Precisa tambm afinar sua percepo visual, da mesma forma como um msico estuda o repertrio e afina o instrumento antes de um show. Repare em elementos como luz, cores, formas interessantes, ritmos, movimentos, coisas assim, que costumam passar despercebidas. necessrio treinar os olhos para ver o mundo, pois antes de serem enquadradas pela lente, fotografias e vdeos nascem em sua mente, da sensibilidade e do conhecimento.

  • 11 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Do pixel para a rede

    Para comunicar-se melhor, bom conhecer a matria-prima com a qual trabalha na internet quando o assunto so imagens digitais. Elas so formadas a partir de pixels, uma abreviao de picture element (elemento da imagem, em ingls), organizados um ao lado do outro. Se voc estivesse usando tintas, faria milhares de pontinhos com o pincel e conseguiria registrar a realidade como se fosse um equipamento digital. A diferena que os pontos de tinta tm tamanhos variados, enquanto os pixels so uniformes.

    O pixel traz as informaes captadas por sensores do equipamento. O computador usa pixels para reproduzir em uma tela bidimensional o que voc v na realidade em trs dimenses. O nmero de pixels determina a qualidade da imagem digital, seja na impresso em papel, seja na tela de um computador. A qualidade de imagem das cmeras digitais medida em megapixels. Uma cmera de 4 megapixels, por exemplo, divide uma imagem em at 4 milhes de pixels.

    Imagens em movimento so formadas, da mesma forma, por pixels. O movimento vem de uma sucesso de imagens estticas, de vrios quadros ou fotogramas. Funciona como uma seqncia de fotos tiradas uma aps a outra com uma nfima diferena de tempo.

  • 12 coleo conquiste a rede flog & vlog

    A pr-histria dos flogs e vlogs comea com o surgimento das imagens digitais. Em vez de serem registradas em pelcula, as imagens passaram a ser convertidas nos sinais binrios da linguagem dos computadores.

    As experincias pioneiras de converso de sinais analgicos em sinais digitais foram realizadas durante os anos 60. Na dcada seguinte, o primeiro modelo de cmera eletrnica foi patenteado. As fotos em papel ainda reinavam soberanas nos anos 90 quando as primeiras cmeras digitais chegaram ao mercado.

    O sculo 21 comeou com um cenrio diferente: as cmeras digitais tornaram-se to populares que alguns fabricantes fecharam linhas de produo de cmeras analgicas. As pessoas comearam a tirar fotos e fazer vdeos sem pensar duas vezes, sem esperar por um momento especial. Antes da captao digital de imagens, pagava-se por todas as tentativas frustradas e erros, pela produo de todas as fotos ou vdeos, fossem bons ou no. Era mais difcil desperdiar cliques em bobagens e brincadeiras na busca por uma boa imagem.

    A popularizao da internet e do e-mail, com computadores vendidos a preos mais acessveis, foi importante para que as fotografias e o vdeo digital entrassem em nossas vidas como companheiros do dia-a-dia. Comeamos a fotografar nossa mesa de trabalho, o sanduche que preparamos na cozinha, a rua onde vivemos. No se espera mais uma grande viagem, um

  • 13 coleo conquiste a rede flog & vlog

    cenrio especial ou uma data festiva para registrar imagens.

    A revoluo na comunicao pela web tomou flego com ferramentas de publicao muito simples de usar. Tornou-se real a possibilidade de cada pessoa ter um veculo de comunicao na rede, como se cada um montasse a prpria emissora de TV e decidisse sobre a programao. O mundo ganhou muitos autores e cidados jornalistas que, mesmo no sendo profissionais da comunicao, divulgam notcias.

    H momentos em que os amadores so os nicos capazes de obter imagens de momentos importantes. uma questo de estar com equipamento no lugar certo e na hora certa e de ter a presena de esprito de registrar o momento. Foi assim que vimos as imagens do ataque terrorista s torres gmeas do World Trade Center em 2001, o tsunami no Oceano ndico em 2004 e o impacto da exploso de bombas dentro de trens do metr de Londres em 2005, por exemplo.

    As emissoras de TV abriram espao em seus telejornais e na programao, em geral, para imagens feitas por amadores. O fotojornalismo feito por cidados foi rapidamente incorporado grande imprensa. Fotos de amadores tornaram-se corriqueiras at nas manchetes dos grandes jornais e revistas.

  • 14 coleo conquiste a rede flog & vlog

    Veja as minhas fotos

    Voc tem uma foto interessante e quer mostr-la aos amigos. Coloca a foto na internet e avisa todo mundo: Est l, no endereo tal, confira. Em termos simplificados, esse o desejo que move o universo dos flogs. Com um endereo fixo s para voc, no necessrio avisar os amigos a cada atualizao. O interessado seu pblico - pode visitar o flog e verificar se h algo novo. Ele tambm tem a opo de assinar a sua pgina, com um recurso que avisa quando houver novidades.

    O flog divulga suas imagens, cria um espao exclusivo para elas e ainda agrega pessoas. Comea com a exibio de fotos na rede e ganha fora com a formao de comunidades, que conversam por meio de imagens e comentrios. O que d ginga ao ato de mostrar fotos pela web essa possibilidade de conversar com pessoas de outro bairro, cidade, pas ou continente, gente que voc no conhece, ou mostrar suas fotos apenas para quem voc quiser. Tem de tudo nos flogs: troca de informaes, coberturas jornalsticas, ensaios artsticos e amenidades.

    Eles so perfeitos para mostrar imagens de eventos que envolvem um grupo e que no tm ou tm pouco espao nos veculos de comunicao de massa. Se determinada banda toca em sua cidade, os outros fs tm interesse em ver como foi. Se uma tempestade leva os

  • 15 coleo conquiste a rede flog & vlog

    telhados de sua regio, outros moradores e o restante do pas querem acompanhar os acontecimentos.

    Apresentar as fotos por tags (palavras-chave) uma das inovaes incorporadas por vrias das ferramentas de flog. Voc coloca no ar uma foto tirada, por exemplo, no carnaval da Bahia. H infinit...