Jornal Integrando _ Ed. Dezembro page 1
Jornal Integrando _ Ed. Dezembro page 2

Jornal Integrando _ Ed. Dezembro

  • View
    215

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Institucional da Integral Engenharia Edição Dezembro de 2009.

Text of Jornal Integrando _ Ed. Dezembro

  • Integral engenharIa Informativo IntegrandoFortaleza, dezembro de 2009

    InformatIvo | Integral engenharIa | ano 1 | edIo 5 | dezembro de 2009

    Fortaleza, dezembro de 2009

    Integrando

    de uma maneira ou de outra os produtos qumicos afetam a vida de todos os seres humanos direta ou indiretamente por se-rem essenciais a nossa alimentao, sade e nosso bem estar. o primeiro passo para um uso seguro de produtos qumicos sa-ber identific-lo quanto aos perigos para a sade, o ambiente, e os meios para seu controle.

    Uma da formas de conhecermos o que h nos produtos qumicos que utilizamos olhando o FISPQ, Ficha de Informao de Segurana de Produto Qumico.

    o que h nas fichas?Identificao do Produto Qumico, Compo-sio do Produto Qumico, Caractersticas Fsicas e Qumicas, riscos de Fogo e explo-so, Informaes sobre Primeiros Socorros, Informaes sobre tratamento de efluen-

    tes, Controles de segurana (ePIs/ ePCs - equipamentos de Proteo Individual e/ou Coletiva)

    manuseioas pessoas que manusearem produtos qu-micos devero ser treinadas para conhecer os riscos atravs da FISPQ e usar os ePIs es-pecficos para cada produto;

    de responsabilidade das reas usurias dos produtos qumicos fazer a etiquetagem, rotulagem e sinalizao desses produtos e de seus locais de estocagem, mantendo as FISPQ nesses locais, alm de garantir que os empregados sejam treinados e conheam a FISPQ de cada produto.

    Para mais informaes, consulte a equi-pe de QSMS ou envie um email para qsms@integralengenharia.com

    cuIdado

    Segurana no uso de produtos qumicos

    NovidadesAlunos do RS criam concreto translcido

    Pgina 2

    durametal S.a. execuo dos servios de constru-o civil de bases de equipamentos e tneis de concreto armado, implan-tao da nova linha de moldar e do retorno de areia para ampliao da unidade industrial.

    Foto da obra 228 - durametal S.a.

    curtas realizadas auditorias Internas nas obras de taubat e arape em novembro. a segunda etapa da auditoria ex-terna de certificao ISo 9001:2008 e PbQP-h Subsetor edificaes acontece-r nos dias 18 e 19 de Janeiro. Iniciada consultoria na rea de Sa-de e Segurana do trabalho, baseada na norma ohSaS 18001, no intuito de desenvolver um sistema de gesto inte-grado: Qualidade, Sade e Segurana.

    Em foco

    a festa de confraternizao do es-

    critrio central da Integral engenharia

    acontecer no dia 18 de dezembro,

    no Full time buffet. desde j, deseja-

    mos a todos um Feliz natal e um novo

    ano repleto de realizaes!

    dia 1 de dezembro - dia mundial de luta Contra a aids. ter o hIV no a mesma coisa que ter a aids. h muitas pessoas soropositivas que vivem duran-te anos sem desenvolver a doena. mais informaes www.aids.gov.br

  • Integral engenharIa Informativo IntegrandoFortaleza, dezembro de 2009

    Seiton um dos Cinco Sensos uma meto-dologia de aplicao da qualidade, conhecida mundialmente como 5S e significa ordena-o, arrumao. definir locais apropriados e critrios para estocar, guardar ou dispor ma-teriais, equipamentos, ferramentas, utenslios, informaes e dados de modo a facilitar o seu uso e manuseio, facilitar a procura e localiza-o de qualquer item.

    Um lugar para cada coisa, cada coisa em seu lugar - a organizao do pessoal reflete na organizao do ambiente. a cola-borao de todos fundamental!

    5S

    Senso do Ms: organizao (Seiton) DIA 01Charles Jackson Silveira (obra 218 Volta do rio)

    DIA 02anderson ngelo Patrcio (obra 223 taubat)DIA 05Francisco orlando Pinheiro nunes (obra 223 taubat)

    aurilene barros Pereira (obra 226 Pecm)DIA 08aristteles leo Prado neto (depsito)hlio nogueira gomes (obra 226 Pecm)DIA 09nilton de Sousa nunes (obra 226 Pecm)Jos Valdir de oliveira (obra 228 durametal)DIA 18Francisco hamilton ribeiro (obra 226 Pecm)

    expedIente: Diretora de QSMS - ruth almeida, Setor de QSMS - Cludia Vieira, Iara ribeiro, Ivana Carvalho e marta nascimento, Designer e Concepo Grfica - liduina Figueiredo, Imagens - arquivo da Integral engenharia / www.sxc.hu DIretorIA

    De QSMS envie fotos, sugestes e informaes de sua obra, para as prximas edies dessa publicao para o e-mail: qsms@integralengenharia.com

    maria do Socorro bezerra lima (obra 226 Pecm)

    DIA 20Francisco aldenildo batista lima (escritrio)Francisco das Chagas de Souza (obra 226 Pecm)

    Vanessa lira angelim (obra 220 So mateus)DIA 21Francisco Pereira Silva (obra 218 Volta do rio)DIA 22Jos erlon ney Chaves Freire (escritrio)DIA 24Isabel Soares do nascimento (obra 226 Pecm)

    DIA 30Charleston heston dias Pereira (obra 223 taubat)

    aniversariantes

    na obra 224, estao de Compresso Vale do Paraba, qualidade, segurana, meio ambiente e sade caminham jun-tas. aliados ao ritmo acelerado da pro-duo, os setores de qualidade e SmS desempenham um trabalho que conta com a ajuda de colaboradores treinados para a execuo de trabalho que priori-zam a sade e a segurana dos colabo-radores, atravs da limpeza, organizao e anlise de risco antes da execuo das atividades.

    a equipe de colaboradores denomina-dos auxiliar de SmS composta por 7

    INTEGRao

    Exemplo de Gesto

    colaboradores que executam atividades como identificao de reas, retirada de material para descarte, isolamento de va-las. alm da atuao dos colaboradores, um outro fator importante o empenho de responsveis de campo: engenheiro dailson, mestres Jorge e edvaldo, encar-regados haroldo, lus Carlos, Paulo, Joo, marcelo e roberto que visam a produo com qualidade no esquecendo da segu-rana e da proteo ao meio ambiente. Material enviado por Ligiane rodrigues tc. Meio Ambiente (obra 224 - Arape)

    os alunos de engenharia civil e arquitetura da Univates (Universidade do Vale do ta-quari), na cidade lajeado (rS), desenvolve-ram no laboratrio de tecnologia da Cons-truo da universidade peas de concreto translcido.

    o material, composto por blocos de concreto transpassados por fibras pti-cas, possibilita a passagem de luz entre os ambientes. a tecnologia tambm permite identificar a silhueta de pessoas ou objetos posicionados entre uma fonte de luz e o bloco. a tecnologia baseada no concreto criado na hungria por volta de 2001.

    Se produzido em larga escala no brasil, o material poderia ser usado para compor paredes de vedao arquitetnicas, com a possibilidade de projetar detalhes diferen-ciados para fachadas, destacando logotipos de empresas e iluminao de ambientes, dispensando o uso de lmpadas.

    NoVIdadES

    alunos da univates-RS reproduzem concreto translcido

    Mais informaes no site http://www.piniweb.com.br/construcao/tecnologia-mate-riais/alunos-da-univates-rs-reproduzem-concre-to-translucido-153607-1.asp Material enviado por Paulo Freire tc. Pla-nejamento (obra 226 - Ute Porto do Pecm)