Eleazar De Carvalho 14.30 Sala B

  • View
    509

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Eleazar De Carvalho 14.30 Sala B

  • 1. A PREPARAO PARA A GOVERNANA DAS EMPRESAS SMALL CAP, EM INVESTIMENTOS DE FUNDOS DE PRIVATE EQUITY E EM PROCESSO DE ABERTURA DE CAPITAL 21 de Agostode 2008

2. Caminhos para o Crescimento TEMPO TAMANHO DA COMPANHIA ESTRATGIA CRESCIMENTO ORGNICO CRESCIMENTO ORGNICO / FUSES E AQUISIES FUSES E AQUISIES IPO - PARCEIRO ESTRAT GICO(empresa com expertise setorial) - FUNDO DE PRIVATE EQUITY D VIDA CAPITAL PR PRIO - INCIO CRESCIMENTO CONSOLIDAO 3. Mecanismo de Alinhamento de Interesses Empresa Small Cap GOVERNANA CORPORATIVA Investidores de IPOs Fundos de Private Equity Alinhar Interesse dos scios Minimizar Potenciais Conflitos Aperfeioar processo decisrio 4. Alternativas de Captao: IPO

  • A escolha da melhor alternativa de captao depender do momento da Companhia, bem como de seu plano de crescimento

IPO PRIVATE EQUITY

  • Vantagens
  • Acesso a capital sem servio de dvida
  • Comprometimento integral do private equity como scio, agregando valor no processo de crescimento da empresa para garantir retorno superior
  • Expertise em gesto
  • Desvantagens
  • Gesto compartilhada e poder de veto do Private Equity
  • Custo implcito superior, conseqente da participao do fundo como scio do negcio
  • Requer estratgia de sada
  • Vantagens
  • Gera uma fonte perene de recursos
  • Eleva a visibilidade e a respeitabilidade da companhia
  • Cria uma referncia de valor para o ativo
  • Possibilita a monetizao da participao dos acionistas
  • Desvantagens
  • Possvel diluio de controle
  • Custos para abertura e manuteno de listagem em Bolsa

5. Alternativas de Captao: Private Equity IPO PRIVATE EQUITY

  • Vantagens
  • Acesso a capital sem servio de dvida
  • Comprometimento integral do private equity como scio, agregando valor no processo de crescimento da empresa para garantir retorno superior
  • Expertise em gesto
  • Desvantagens
  • Gesto compartilhada e poder de veto do Private Equity
  • Custo implcito superior, conseqente da participao do fundo como scio do negcio
  • Requer estratgia de sada
  • Vantagens
  • Gera uma fonte perene de recursos
  • Eleva a visibilidade e a respeitabilidade da companhia
  • Cria uma referncia de valor para o ativo
  • Possibilita a monetizao da participao dos acionistas
  • Desvantagens
  • Possvel diluio de controle
  • Custos para abertura e manuteno de listagem em Bolsa

6. Adequao s Regras de Governana CorporativaGOVERNANA CORPORATIVA Separao entre objetivos familiares e do negcio Adaptao na Gesto do Negcio Transparncia e Comunicao 7. Fase de Preparao:Adequao s Regras de Governana Corporativa

  • Profissionalizao da Administrao
  • Preparao de herdeiros e sucessores
  • Separao do papel entre o Executivo e o Acionista
  • Criao de plano de incentivo para administrao
  • Reteno e alinhamento dos interesses da administrao com os acionistas

GOVERNANA CORPORATIVA Separao entre objetivos familiares e do negcio Adaptao na Gesto do Negcio Transparncia e Comunicao 8. Fase de Preparao:Adequao s Regras de Governana Corporativa(Cont.)

  • Profissionalizao da Administrao
  • Preparao de herdeiros e sucessores
  • Separao do papel entre o Executivo e o Acionista
  • Criao de plano de incentivo para administrao
  • Reteno e alinhamento dos interesses da administrao com os acionistas
  • Criao de um Conselho de Administrao com Membros Independentes
  • Preparao para receber novo(s) scio(s)
  • Atividades de CEO e Presidente do Conselho separadas
  • Compartilhamento de Decises atravs de Acordo de Acionistas
  • Criao de um Conselho Fiscal

GOVERNANA CORPORATIVA Separao entre objetivos familiares e do negcio Adaptao na Gesto do Negcio Transparncia e Comunicao 9. Fase de Preparao:Adequao s Regras de Governana Corporativa(Cont.)

  • Profissionalizao da Administrao
  • Preparao de herdeiros e sucessores
  • Separao do papel entre o Executivo e o Acionista
  • Criao de plano de incentivo para administrao
  • Reteno e alinhamento dos interesses da administrao com os acionistas
  • Criao de um Conselho de Administrao com Membros Independentes
  • Preparao para receber novo(s) scio(s)
  • Atividades de CEO e Presidente do Conselho separadas
  • Compartilhamento de Decises atravs de Acordo de Acionistas
  • Criao de um Conselho Fiscal
  • Preparao de Informaes Auditadas
  • Publicao de Informaes Financeiras e Operacionais periodicamente
  • Controles Internos e Processos Eficientes
  • Comunicao com os novos acionistas

GOVERNANA CORPORATIVA Separao entre objetivos familiares e do negcio Adaptao na Gesto do Negcio Transparncia e Comunicao 10. Fase de Preparao:Adequao s Regras de Governana Corporativa(Cont.)

  • Profissionalizao da Administrao
  • Preparao de herdeiros e sucessores
  • Separao do papel entre o Executivo e o Acionista
  • Criao de plano de incentivo para administrao
  • Reteno e alinhamento dos interesses da administrao com os acionistas
  • Criao de um Conselho de Administrao com Membros Independentes
  • Preparao para receber novo(s) scio(s)
  • Atividades de CEO e Presidente do Conselho separadas
  • Compartilhamento de Decises atravs de Acordo de Acionistas
  • Criao de um Conselho Fiscal
  • Preparao de Informaes Auditadas
  • Publicao de Informaes Financeiras e Operacionais periodicamente
  • Controles Internos e Processos Eficientes
  • Comunicao com os novos acionistas

GOVERNANA CORPORATIVA Separao entre objetivos familiares e do negcio Adaptao na Gesto do Negcio Transparncia e Comunicao 11. Impacto da Governana Corporativa na Avaliao de Ativos Alto nvel de Governana Corporativa reconhecido pelos investidores, e reflete-se em uma avaliao superior NDICE DE GOVERNANA CORPORATIVA vs. IBOVESPA Fonte: Bloomberg em 15/ago/2008. 12.

  • Anexo

13. Anlise da Parceria com Fundos dePrivate Equity

  • Os fundos dePrivate Equitytrazem um valor agregado importante para companhias em fase de crescimento acelerado

FATORES CRTICOS CRITRIOS DE INVESTIMENTO GERAO DE VALOR PARA O NEGCIO APORTE DE CAPITAL CRESCIMENTO ACELERADO ESTRATGIA CORPORATIVA MODELO DE NEGCIOS GOVERNANA CORPORATIVA CREDIBILIDADE E TRANSPARNCIA VOLUME MDIO INVESTIDO

  • US$ 2060 Milhes

PRAZO PARA DESINVESTIMENTO

  • 3 7 ANOS

RETORNO MDIO REQUERIDO

  • 25% 35% a.a.

ENTRADA

  • Acordo de acionistas
  • Valuation
  • Agilidade

GESTO

  • Gesto compartilhada e poder de veto
  • Definio de estratgia
  • Resoluo de conflitos
  • Velocidade de crescimento esperado

SADA

  • Clusulas de Sada
  • Momento do Private Equity vs.Momento da Companhia
  • Forma: IPO, Transao Negociada