A porca 009

  • View
    215

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Nesta edio, temos as anlises de Cities Skylines, The Order 1886, Tales From Borderlands, Ori And The Bind Florest, UBERMOSH e muito mais!

Transcript

  • A PORCA Ano 1, n 009 Quarta-Feira, 25 de maro de 2015 www.porcaflamejante.com

    ANLISE - THE ORDER 1886

    Analisamos o lanamento mais comentado dos ltimos tempos e o resultado um jogo com um poo de

    potencial no aproveitado, apresentando excelentes ideias e desperdiando quase todas elas...

    Por Liliane Lica, Pg. 2

    ANLISE CITIES: SKYLINES

    Aps SimCity 2013, os gerenciadores de cidades estava precisando de um ttulo de qualidade

    Por Gakuma, Pg. 3

    ANLISE - ORI AND THE BLIND FOREST

    Uma verdadeira obra de arte que salta aos olhos e oferece um desafio justo ao jogador, unindo uma narra-

    tiva bem desenvolvida, jogabilidade difcil mas desafiadora, uma trilha sonora impecvel e uma experincia

    nica que agradar a todos

    Por Allyson Duck, Pg. 4

    ANLISE - TALES FROM THE

    BORDERLANDS: EPISDIOS 1 E 2

    Quando um FPS insano se torna num Pointn Click de excelente qualidade, assinado pela Telltale, claro

    Por Alexandre Xuas, Pg. 5

    TUTORIAL MAGIC -

    O PENTAGRAMA DAS

    CORES

    Por Edknight, Pg. 6

    PORCA ENTREVISTA -

    WALTER MACHADO,

    DEV DE UBERMOSH

    Por LCirilo, Pg. 9

    QUEM GOSTA,

    CRITICA: A GERA-

    O DA AUTO-

    AFIRMAO

    Por Liliane Lica, Pg. 3

    A DESASTROSA SEPA-

    RAO ENTRE CRIA E

    CRIADOR...

    Por Solid Renan, Pg.5

    LORE DE DRANGLEIC -

    PARTE 2 : A FLORESTA

    DOS GIGANTES CADOS

    Por Gakuma, Pg. 8

  • saber mais sobre. Costumo fazer isso com

    todos os jogos, vejo o mnimo possvel sobre

    eles. Ento, anlise o quadro: um jogo de

    um gnero que eu no curto, que no sabia

    muito do que se tratava e que no estava

    esperando com gosto para jogar, ou seja,

    expectativa quase zero. Entretanto preciso

    confessar um fato que deveras me assustou:

    a lista de trofus do jogo. 22, somente de

    ouro ou prata Fiquei preocupada, mas

    resolvi encarar.

    Logo de cara The Order impressiona

    pelos grficos, limpos, bonitos, realstico

    naquele nvel que as pessoas passavam pela

    sala e paravam para ver se era foto, filme ou

    jogo. A passagem das cutscenes para os

    momentos jogveis so quase impercept-

    veis, no h loading praticamente.

    O incio uma espcie de tutorial

    que ensina os comandos bsicos e te insere

    em uma trama que parece bem interessante,

    j na pele do protagonista, Sir Galahad. E a

    voc espera a ao de fato comear, mas

    demora. Aos poucos voc apresentado

    para os comandos de combate. Simples,

    direto e at fcil. E permanece assim durante

    todo o jogo. Um inimigo ou outro mais com-

    plexo pode dar algum trabalho, mas nada

    impossvel.

    Perceber os sons de The Order

    algo que nos faz interessarmos um pouco

    mais pelo jogo. No quesito som o jogo ficou

    excelente. Cada pedao da cidade tem seus

    sons prprios, possvel perceber com clare-

    za sons de armas diferentes, aproximao de

    inimigos, sons ambientes. A msica tambm

    muito bem construda e adequada ao

    perodo.

    A primeira cena de ao acaba

    Fiz uma grande reflexo sobre as

    anlises de jogos h umas semanas a-

    trs, aps o fatdico lanamento do jogo The

    Order e a discusso l era justamente sobre

    as anlises de games.

    A Porca no se auto intitula mdia

    especializada, nos propomos a falar de cultu-

    ra pop em geral com a liberdade que muitos

    veculos por a podem no ter. Diante de

    tudo isso e da tima recepo e repercusso

    que a Porca vem conquistando graas a

    vocs, temos que continuar coerentes com

    nossos propsitos e trazer cada vez mais

    q u a l i d a d e e c o e r n c i a .

    S disse isso tudo porque preciso situar

    como andam as minhas relaes com as

    anlises. No est fcil Quase uma crise

    existencial. XD

    Por isso, pedi permisso aos meus

    chefes e farei as anlises agora com outro

    formato, mas quero testar junto com vocs

    esse novo formato, a vamos ajustando at

    chegarmos em uma opo bacana. Vamos

    tentar primeiro um formato mais relato de

    vida, quase um bate papo sobre como o jogo

    veio at mim e a minha experincia com ele.

    A depois vocs comentam o que acha-

    ram, pode ser? Vamos l, ento!

    O jogo escolhido para o nosso bate

    papo ele mesmo, o famigerado The Order.

    O jogo chegou cerca de uma semana aps

    o lanamento, peguei uma edio especial

    na Amazon americana.

    J havia ouvido falar muita coisa

    sobre o jogo, mas como nunca havia me

    interessado muito (shooter no meu gne-

    ro preferido), conhecia muito pouco, no

    mximo um ou dois trailers. Sem contar que

    odeio spoiler, ento nem fiz questo de

    rpido e, por ter passado com facilidade, me

    animou para a prxima! Da comearam os

    problemas Uma srie de cutscenes, inter-

    rompidas vez ou outra por QTE. Momentos

    importantes do jogo reduzidos a isso. Nas

    inmeras cutscenes voc apresentado a

    uma trama cheia de conspiraes envolven-

    do a Ordem (com uma interessante mitologi-

    a arturiana pouco explorada), rebeldes rebe-

    lados pela cidade, uma Londres catica, e

    seres no humanos presentes nesse mundo

    que a Ordem tenta defender por meio de

    sua filosofia e poder militar. A ambientao

    steampunk ficou muito boa e os mnimos

    detalhes foram levados em considerao na

    construo do mundo, desde roupas, at

    armas, acessrios, prdiosApesar de toda

    essa histria fascinante, a narrativa pouco

    contribui para envolver os jogadores.

    De repente voc encontra um per-

    sonagem famoso no mundo real e a sua

    esperana no jogo se renova! Agora vai!

    Mas no foi O clebre cientista encontrado

    no garante o envolvimento com o jogo

    todo. Ele empolga, pois foi muito bem inseri-

    do na histria, mas no ele o responsvel

    pelo jogo todo, apesar de ser uma pea

    importante na trama.

    Falando em armas, o jogo no tem

    poucas, mas elas no so muito cativantes

    em termos de inovao. Somente duas fo-

    ram bem chamativas para mim neste sentido

    e curti us-las, porm o jogo to linear e

    fechado que ele no te d muitas opes

    para a sua utilizao.

    Bom, pensava eu, ainda h os cole-

    cionveis para dar nimo. So bastantes, a

    maioria fcil de achar, e grande parte tm

    relao direta com o jogo, em especial jor-

    nais, fotos e cilindros fonogrficos, explican-

    do detalhes interessantes da trama. Entre-

    tanto, o jogo no engata, de repente as

    coisas comeam a acontecer muito rpido

    (nas cutscenes mesmo) e fim. Nem a batalha

    final, que por sinal tambm algo que fecha

    a decepo com chave de ouro. O jogo gira

    em torno de 5h 9h, dependendo da sua

    habilidade e da dificuldade escolhida.

    Terminado, fui conferir os trofus

    para fazer o que faltava. Mamo com acar.

    Foi fcil, pensei comigo, nem o desafio de

    platinar ajudou no final das contas porque

    no foi nada desafiador. Depois que a platina

    terminou, fiquei pensando sobre a jogatina e

    fiz um balano geral com as minhas impres-

    ses ps jogo.

    Achei interessante a construo das

    personagens, em especial a atuao das

    mulheres do jogo, colocadas inclusive em

    posies de liderana. O clima steampunk foi

    feito com louvor e gostei do protagonista ser

    um homem mais maduro, mas os outros

    personagens tm um peso muito pequeno

    na trama. No so jogveis e sua atuao

    no cativa.

    No gostei da quantidade excessiva

    de cutscenes e os QTE tm uma inteno

    aparente de causar imerso, mas no aper-

    tar um boto desesperadamente ou arrastar

    o personagem pelo cenrio lentamente que

    vai contribuir para a imerso. Acho que um

    grande erro ver as QTE como forma de te

    colocar na pele do personagem, elas falham

    miseravelmente neste intento. Algumas

    QTEs so colocas em momentos de stealth e

    muitas vezes no tem como voc arrumar

    um erro cometido, a acontecem as mortes

    bobas que te fazem ter mais raiva ainda dos

    QTEs.

    Os trechos de ao so bacanas,

    lembram sim, levemente, Gears of Wars,

    porque partem da mesma lgica, mas no

    sou uma especialista em Gears, ento posso

    ter tido uma impresso errada, preciso

    salvar as devidas propores quando fao

    essa comparao. Caso o jogo tivesse uma

    ao contnua com certeza os jogadores

    estariam mais satisfeitos.

    Gostei da forma como os colecion-

    veis foram construdos e os Easter Eggs ao

    longo do jogo so demais!

    Como disse anteriormente, s duas

    armas me cativaram. A falta de preocupao

    com balas tambm no me agradou. No h

    um local especfico para voc acessar como

    sendo um arsenal ou um QG da ordem,

    acessvel para esse e outros fins que pudes-

    sem ser includos no jogo, como disfarces,

    roupas, itens s usar os recursos com

    sabedoria.

    H algumas ideias muito boas que

    dariam timos puzzles, como uma ferramen-

    ta que abre portas e a utilizao do touch

    pad do controle de PS4 para passar uma

    mensagem em cdigo morse. Custava muito

    ter includo mais cdigo morse? Ou ento

    algum momento de interceptao de mensa-

    gens que voc precisaria decifrar a partir de

    uma referncia e depois retransmitir? So

    tantas as possibilidades que ficamos desani-

    mados s de pensar.