Sustentabilidade Em Urbanismo-paris Rive Gauche

  • View
    242

  • Download
    6

Embed Size (px)

Text of Sustentabilidade Em Urbanismo-paris Rive Gauche

  • SUSTENTABILIDADE EM URBANISMOEstudo de caso:Paris Rive Gauche Centro Universitrio Catlica de Santa CatarinaArquitetura e Urbanismo

    Gesto AmbientalDbora Pereira Dvila

    Jlia Yeda ZontaTamires Ferreira dos Santos

    4 Fase B

  • ZAC

    ZAC (Znes dAmnagement Concert): A Zona de Planejamento Consertado um programa de requalificao urbana. que permite a realizao de grandes intervenes, no previstas nos regulamentos urbansticos normais.

    Est prevista tanto no Cdigo de Obras parisiense (1967), quanto no Cdigo de Urbanismo.

  • Paris Rive Gauche Teve incio na

    dcada de 90e abrangeu uma antiga rea industrial;

    Est localizado entre

    a margem esquerda do Rio Sena e a linha frrea, que ocupa 26 ha da rea total.;

  • Objetivos Revitalizao da rea de 130 ha; Ligar o antigo bairro, at ento inspito, ao Rio Sena; Promover a correta gesto do lixo, da gua, da poluio do solo e da energia;. Gerar emprego e novas moradias,

    sociais e estudantis; Atrair investidores e desenvolver

    a regio como um novo plo econmico;

    1991

  • O programaInvestimento de 3 bilhes de euros entre 1991 e 2015; 26 hectares (260 mil m) de linhas frreas cobertas; 20% da rea para uso residencial (430 mil m) com cinco mil unidades

    distribudas entre unidades para estudantes, de interesse social e da iniciativa privada;

    18% da rea para servios, como escolas (405 mil m); 30% da rea para bibliotecas e universidades (662 mil m e 210 mil m,

    respectivamente); 32% da rea para escritrios (700 mil m), com capacidade para 60 mil

    funcionrios; 10 hectares (98 mil m) de rea verde, com duas mil rvores.

  • O projeto une os quartiers parisienses AUSTERLITZ: - Estao de AusterlitzTOLBIAC: - Biblioteca Nacional da Frana.MASSENA: - Universidade Paris 7

    Setores

  • Compromisso com a SustentabilidadeO projeto, que inicialmente era de preocupao social, passou a ser norteado por

    questes ambientais como: Reduo no consumo de energia com o uso de painis fotovoltaicos; Gesto da gua com reaproveitamento de guas pluviais; Reduo da poluio sonora; Aumento do transporte pblico e menos poluente; Aluguel de bicicletas em pontos estratgicos.

    A SEMAPA (Sociedade de Economia Mista de Planejamento de Paris) procurou o controle do impacto de suas aes sobre o ambiente. Em que exigiu o conhecimento dos impactos das intervenes e controle em termos de reduo do risco de poluio. Estabelecendo a partir de um sistema de gesto ambiental, de acordo com as polticas de Paris, assim, obteve o certificado ISO 14001.

  • Expressa os compromissos da SEMAPA, a fim de ser implementada a partir de trs principais fases do projeto urbanstico: Desenho; A implementao e construo; Apoiar o desenvolvimento de novos bairros.

    GUA:Implementao do projeto de sistema de esgoto sanitrio, destinado a reduzir quantitativamente e melhorar a qualidade das descargas de guas no rio Sena.

    DESPERDCIO:Impe especificaes quanto ao recolhimento de resduos e uma poltica de gesto de resduos na fase de projeto, construo e desenvolvimento de Pariis Rive Gauche.

    Carta Ambiental

  • SOLO E SUBSOLO: Implementao de polticas de preveno de risco de poluio do solo.

    RUDO:Na construo, controles e aes destinados a limitar locais de rudo para os residentes locais. E incentivo aos proprietrios e gerentes de projetos para alcanarem uma alta qualidade de som dos edifcios em relao aos rtulos de alta qualidade ambiental.

    VIAGEM:Compromisso poltico em reduzir o papel do automvel na cidade, atravs de: Reduzir viagens de carro, incluindo funes de destruio no distrito, como lojas,

    servios e residncias; Promover servios atravs da implementao de linhas de nibus e conexes

    com outros centros de transporte;

  • A PAISAGEM URBANA:Aes contendo: Plantaes de alinhamento; Jardins pblicos nas proximidades; Jardins privados.

    GOVERNO:A SEMAPA consulta os moradores e usurios no processo de implementao de projetos urbanos. Alm de desenvolver aes de informaes para eles.

  • As estradas tem a finalidade de promover os diferentes modos de transporte. Como exemplo, passeios de rvores foram construdos junto com a colocao de bancos, tornando lugares reais de convvio.

    As faixas das ruas foram reduzidas para dar espao para ciclovias e uma faixa de estacionamento. E em 2000, houve a implantao de ciclovias e caladas largadas com rvores plantadas.

    Circulao

    Avenue de France

    Fonte:http://professor.ucg.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/2377/mate

    rial/NOVAS%20AGLOMERACOES-PARIS.pdf

  • Sero criados novos jardins pblicos, em que sero em sua maioria, localizados no corao de futuros bairros residncias, onde seu uso ser destinado para os habitantes dessas reas.

    Ao longo da margem esquerda do rio Sena, ser destinada para a criao de espaos pblicos paisagsticos para lazer e passeio. Onde esses espaos permanecem como do Estado e seu desenvolvimento dar a partir de um acordo entre a cidade e o porto.

    Espaos Verdes

  • RefernciasANGELI, Paula A. Lopes. As Operaes Urbanas Consorciadas Como Instrumento de Planejamento Urbano: estudo de caso da cidade de So Paulo SP. Dissertao (Mestre em Urbanismo) Pontifcia Universidade Catlica de Campinas, Campinas, 2011.

    MALERONKA, C.Projeto e Gesto na Metrpole Contempornea: um estudo sobre as potencialidades do instrumento operao urbana consociada luz da experincia paulista. 2010. 212 p.Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade do Estado de So Paulo, So Paulo, 2010.

    http://professor.ucg.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/2377/material/NOVAS%20AGLOMERACOES-PARIS.pdf

    http://www.parisrivegauche.com

    http://au.pini.com.br/arquitetura-urbanismo/176/paris-revi-gauche-urbanismo-sustentavel-116364-1.aspx

  • Agradecemos a ateno!Contatos:

    Dbora P. Dvila - debora.davila@catolicasc.org.brJlia Y. Zonta - julia.zonta@catolicasc.org.br

    Tamires F. dos Santos - tamires.ferreira@catolicasc.org.br